Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

NOSSA MADASTRA!

Publicado em 29/11/2022 por charlinhos

SOZINHOS EM CASA DEPOIS DA ESCOLA, COMEÇAMOS A BRINCAR DE CASINHA ONDE MINHA IRMÃ GEMEA ERA A MAMÃE, EU O PAPAI E NOSSA IRMÃ MENOR NOSSA FILHA. SENTIA O CACETE PARECENDO FERRO DE TÃO DURO QUANDO BEIJAVA MINHA IRMÃ, POREM NO AUGE DA INOCENCIA NÃO PASSAVA DISSO TENDO QUE TOMAR BANHO GELADO PARA ME ACALMAR. NUMA MADRUGADA ACORDEI ASSUSTADO PARECENDO OUVI ALGUÉM CHORAR E INDO BEBER AGUA VI MINHAS IRMÃS ESPIANDO NOSSA MÃE E SEU NOVO HOMEM CHEGANDO A DAR DÓ DE MAMÃE, COM MINHA IRMÃ ME CHAMANDO DE BOBO ME MANDANDO FICAR QUIETO AO VER NOSSA MÃE PELADA NA CAMA DE QUATRO COM O CARA ENFIANDO AQUELE CACETÃO NELA, POREM O QUE ME DEIXOU DESLUMBRADO FOI VER SEUS LINDOS SEIOS SENDO ESFREGADOS NA CAMA ENQUANTO O CARA METIA NELA COM SEU GEMIDO TOMANDO O AMBIENTE. CONFESSO QUE IA SAIR DALI QUANDO MINHAS IRMÃS SE OLHARAM E ME SEGURANDO MINHA IRMÃ MENOR TIROU A CALCINHA E SE INCLINOU A MINHA FRENTE COM MINHA IRMÃ GEMEA TENDO QUE ME AMEAÇAR NÃO ME DEIXANDO FUGIR E ME LEVANDO PARA TRÁS DELA, QUANDO PINCELOU MEU CACETE NA BOCETINHA MELADA DE NOSSA IRMÃ, QUANDO FEZ ISSO PELA TERCEIRA O QUARTA VEZ, NÃO FOSSE O ESCANDALO QUE MAMÃE FAZIA, TERIA NOS OUVIDO QUANDO METI NUMA SÓ ESTOCADA O CACETE QUE ENTRO GOSTOSO NA BOCETA DE MINHA IRMÃ E ENQUANTO MINHA IRMÃ GEMEA CONTINUAVA OLHANDO NOSSA MÃE, MINHA IRMÃ ME LEVOU PARA O QUARTO SEM ME DEIXAR SAIR DELA E MESMO ENCHENDO SUA BOCETA DE PORRA, CONTINUOU GEMENDO PORQUE SENTIA O CACETE CADA VEZ MAIS DURO DENTRO DELA CHEGANDO A FORMIGAR E JÁ PRONTO PARA GOZAR NOVAMENTE NOSSA IRMÃ ENTROU AS PRESSAS NO QUARTO ME ARRANCANDO DE CIMA DELA NOS MANDANDO ARRUMAR RÁPIDO PORQUE O PAU HAVIA FECHADO ENTRE MAMÃE E SEU NOVO HOMEM, QUE AO GOZAR CHAMOU PELO NOME DE NOSSA IRMÃ NÃO TENDO COMO NEGAR QUE ELE HAVIA FEITO MAL PARA NOSSA IRMAZINHA. A CONFUSÃO DAQUELA NOITE NÃO FOI NADA COMPARADA QUANDO NOSSO PAI FICOU SABENDO DO ACONTECIDO E SÓ NÃO ESPANCOU MAMÃE PORQUE VOVÓ INTERVEIO E ASSIM FOMOS MORAR COM NOSSO MÃE E NOSSA MADASTRA, COM NOSSA MÃE PODENDO NOS VER DUAS VEZES POR MES. TUDO ESTAVA INDO BEM, FORA A SAUDADE QUE SENTIAMOS DE NOSSA MÃE, ATÉ AQUELA TARDE EM QUE CHEGUEI DO CURSINHO MAIS CEDO E DE ESPREITA VI NOSSA MADASTRA ENSINANDO COISAS PARA MINHAS IRMÃS COM A GEMEA SÓ DE CALCINHA ME DEIXANDO MARAVILHADO COM SEUS SEIOS QUE MAIS PARECIAM PERAS E A MENOR NUA DANDO PARA VER SUA BOCETA SALIENTE COM OS LÁBIOS ESTUFADOS PARA FORA ENQUANTO A DA OUTRA IRMÃ ERA FECHADINHA. QUANDO MINHA IRMÃ GEMEA INTERROMPEU O BEIJO QUE NOSSA MADASTRA DAVA EM SUA BOCA, NOSSA IRMÃ MENOR AGARROU ELA LASCANDO UM BEIJO FENOMENAL NELA CHEGANDO A DERRUBAR ELA NA CAMA E COMO VADIA QUE ERA, SEM LARGAR A BOCA DA MADASTRA TIROU SEUS SEIOS PARA FORA SE FARTANDO DE CHUPA-LOS SOB ORIENTAÇÃO DE NOSSA MADASTRA QUE GEMIA DE OLHOS FECHADOS ALISANDO O CORPINHO DE MINHA IRMAZINHA. QUANDO MINHA IRMÃ SENTOU NA BOCA DA MADASTRA, EM POUCOS MINUTOS ELA REBOLAVA GOZANDO COMO PUTINHA QUE ERA E NUM DESSES CAIU DEITADA COM A MADASTRA CHAMANDO NOSSO PAI AVISANDO QUE ELA JÁ ESTAVA PRONTA PARA ELE E ESTARRECIDO, VENDO A MADASTRA TENDO TRABALHO PARA CONVENCER MINHA IRMÃ GEMEA A OLHAR DEIXANDO A DE OLHOS ARREGALADOS AO FALAR QUE A PROXIMA ERA ELA, BASTOU ALISAR MEU CACETE PARA A PORRA ESPIRRAR LONGE COM OS GEMIDOS DE MINHA IRMAZINHA TOMANDO O AMBIENTE ENQUANTO NOSSO PAI METIA O CACETÃO EM SUA BOCETINHA. ESTAVA ENCOSTADO NA PAREDE TENTANDO RECUPERAR O FOLEGO E OS PENSAMENTOS EM ORDEM QUASE SENDO FLAGRADO POR MINHA IRMÃ GEMEA QUE SAIU AS PRESSAS DALI INDO SE TRANCAR NO QUARTO COM NOSSA MADASTRA DESISTINDO DE TENTAR CONVENCE-LA A ABRIR A PORTA VINDO PARA MIM AO ME VER ENTRAR SEM SABER QUE FINGIA TER ACABADO DE ENTRAR. VIVIA DE PICA CONSTANTEMENTE DURA SÓ EM LEMBRAR ESSE FATO, POREM O QUE ME FRUSTOU MUITO FOI NOSSO PAI ACEITAR NOSSA IDA PARA A CASA DE NOSSA MÃE O QUE ME DEIXOU PUTO DA VIDA PORQUE PARECIA SER PECADO O FATO DE PENSAR NO ACONTECIDO, PARA PIORAR A MULHER DE PAPAI NÃO SAIA MAIS LÁ DE CASA SE TORNANDO MUITA AMIGA DE NOSSA MÃE E JÁ LOUCO DE TESÃO E PUTO DE RAIVA PORQUE MINHA IRMÃ NÃO DEIXAVA MINHA IRMÃ FICAR SOZINHO COMIGO DE JEITO NENHUM, POR OUTRO LADO TINHA MEDO DE IR PRA CIMA E DEIXAR SABER QUE SABIA DE TUDO, E ISSO ME COMRROMPIA, ATÉ AQUELA TARDE EM QUE NOSSA MÃE CHEGOU NUMA ALEGRIA ENCANTADORA SEM IMPORTAR COM O BEIJINHO RÁPIDO QUE DEU EM MINHA BOCA PORQUE VIREI QUANDO IA ME BEIJAR O ROSTO E SE TRANCANDO NO QUARTO COM A AMIGA, CORRI PARA O QUARTO DE MINHA IRMAZINHA SÓ PENSANDO EM METER A PICA NELA, PORQUE SE NOSSO PAI COMEU SENTIA QUE TAMBÉM PODIA E ASSIM QUE ABRI A PORTA FIQUEI PARALISADO CONTEMPLANDO ELA DEITADA DE BUNDINHA PRA CIMA COM A CALCINHA MOLDANDO SUA DELICIOSA BOCETA, POREM QUANDO TIREI O CACETE PRA FORA ENQUANTO TOMAVA CORAGEM PARA IR PRA CIMA DELA, NOSSA IRMÃ GEMEA CHEGOU NA PORTA ME CHAMANDO BRAVA AVISANDO QUE QUERIA CONVERSAR COMIGO QUE SÓ RESOLVI ATENDE-LA PORQUE NOSSA IRMAZINHA ACORDOU ME DANDO UM LINDO SORRISO JUNTO COM UMA PISCADINHA, RIDNO QUANDO FIZ SINAL QUE JÁ VOLTAVA, POREM ASSIM QUE ENTREI NO QUARTO DE MINHA IRMÃ GEMEA ELA ME AGARROU ME PRENSANDO NA PORTA ME CALNDO COM UM BEIJO QUE ME TOCOU A ALMA ME FAZENDO TOMAR CORAGEM QUANDO ALISOU MEU CACETE SOLTANDO UM UAU BABAFADO ENQUANTO INTENSIFICAVA O VOLUME DO BEIJO E LARGANDO NOSSAS BOCAS POR UM BREVE MOMENTO FALOU QUE JÁ NÃO AGUENTAVA MAIS ME PEDINDO PARA METER NELA ME FAZEDO JURAR QUE TERIA CUIDADO. MINHA IRMÃ ME FEZ GOZAR EM SUA BOCA COM POUCAS CHUPADAS EM MEU CACETE QUE TENTAVA COLOCAR SEM SUCESSO TODO NA BOCA, QUANDO DEITOU ABRINDO AS PERNAS ME DEIXANDO MARAVILHADO QUANDO LEVANTOU A SAIA JUNTO COM A BUNDA PARA TIRAR A CALCINHA, TEVE QUE GRITAR COMIGO PEDINDO CALMA QUANDO METI A BOCA EM SUA BOCETA QUE ABRIU COM SUAS MAÕZINHAS ME MANDANDO CHUPAR CHEGANDO A DAR MEDO DO ESCANDALO QUE FAZIA CHEGANDO A MIJAR EM MINHA BOCA QUANDO GOZOU E INSTINTIVAMENTE DEITANDO EM CIMA DELA AJEITEI O CACETE EM SUA BOCETA QUE PEGAVA FOGO COM ELA AINDA TREMULA REVIRANDO OS OLHOS, QUANDO ESTICOU O CORPO JOGANDO EM DIREÇÃO AO MEU CACETE, ABAFEI SEU GRITINHO COM BEIJO QUE NOS TOCOU A ALMA E ME XINGANDO ME MANDANDO SAIR DELA, AO MESMO TEMPO QUE ME MANDAVA ENTRAR MAIS, QUANDO A GLANDE BATEU NO FUNDO DE SUA BOCETA ELA PIROU ME OBRIGANDO A QUASE SUFOCAR ELA TAPANDO SUA BOCA COM AS MÃOS ENQUANTO ELA CHEGAVA LEVANTAR MEU CORPO AO EMPINAR O QUADRIL JOGANDO A BOCETA EM MEU CACETE E JÁ MOLINHOS DE TANTO PRAZER, QUANDO ELA MORDEU MINHA ORELHA SE AGARRANDO MAIS EM MIM ME PEDINDO PARA GOZAR PORQUE NÃO AGUENTAVA MAIS, SEGUREI SUAS PERNAS ABERTAS NO AR METENDO COMO DOIDO, POREM ELA GOZOU INTENSAMENTE QUANDO AS COLOQUEI NOS OMBROS E FUI MAIS PARA DENTRO DELA, NÃO TENDO COMO EVITAR O ESCANDALO QUE FEZ CHEGANDO A DESFALECER NUM ORGASMO ÉPICO EM MINHA PICA QUANDO ENCHI SUA BOCETA DE PORRA. DEPOIS DE UM BANHO RÁPIDO COM ELA NÃO DEIXANDO NEM TOCAR MAIS EM SEU CORPO, SAI PRIMEIRO DO BANHO DEITANDO EM SUA CAMA ONDE APAGUEI, SONHANDO QUE VOAVA NUMA LEVESA PLENA SENTINDO CALAFRIOS QUANDO DAVA VOOS RAZANTES E NUM DESSES ACORDEI ASSUSTADO COM ELA CHUPANDO MEU CACETE, POREM QUANDO A VI DEITADA AO MEU LADO DORMINDO GOSTOSO CHEGANDO A RONRONAR, ME DEI CONTA QUE ERA NOSSA IRMAZINHA QUE ME OLHANDO COM CARA DE PUTINHA SE AJEITOU SENTANDO EM MEU CACETE NÃO ADIANTANDO EM NADA MEU PEDIDO INSISTENTE PARA NÃO FAZER ESCANDALO E CAVALGANDO NUM REBOLADO ENLOUQUECEDOR TENDO QUE TRABALHAR MUITO PARA ME FAZER ENCHER SUA BOCETA DE PORRA E CAINDO AO MEU LADO PARA NOS BEIJAR, CHAMOU NOSSA IRMÃ DE BOBA QUANDO FALEI QUE ELA NÃO ME DEIXOU METER EM SUA BOCETA EMBORA FIZESSEMOS UMAS COISINHAS E NÃO FOSSE A MULHER DE NOSSO PAI SEGURAR MAMÃE TENDO TRABALHO PARA CONVENCE-LA, TERIAMOS TOMADO UMA BOA COÇA PORQUE NOS PEGOU DORMINDO PELADOS E NOSSOS GENITAIS MELADOS DENUNCIARAM NOSSA TRANSA COM ELA PEGANDO NO PÉ DA MINHA IRMÃ GEMEA QUE JURAVA NÃO TER VISTO NADA POR ESTAR DORMINDO. POR SORTE A AMIGA DE NOSSA MÃE CONVECEU ELA A NÃO FAZER NADA, ALÉM DE CONVERSAR CONOSCO ONDE FOI DESMASCARADA POR NOSSA IRMAZINHA FICANDO SEM SABER O QUE FAZER QUANDO ELA FALOU QUEM ERA ELA PARA COLOCAR MORAL EM NOS, PORQUE ESTA TENDO CASO COM A MULHER DE NOSSO PAI.?

2091 views

Contos relacionados

TITIOS

ACORDEI CHORANDO ASSUSTADA LEMBRANDO DE MAMÃE NAQUELA CAMA DE HOSPITAL QUERENDO ESTAR AO LADO DE PAPAI QUE PASSAVA NOITES COM ELA QUANDO TITIA ME SOCORREU ME LEVANDO PARA SEU QUARTO ME FALANDO QUE...

LER CONTO

madame sthephiane

Madame Stephanie uma francesa radicada a anos no Brasil, era sem dúvida alguma a maior cafetina daquela época. Vangloriava-se de nunca decepcionar seus clientes , pois com seu poder de...

LER CONTO

Um pedido para minha mãe, será que ela aceitou?

Eu confesso que durante minha adolescência brotou um tesão enorme pela minha mãe, isso ocorreu devido eu ver ela transando com meu pai. Quando eu vi ele transando me deu muita raiva e tesão, no...

LER CONTO

De Volta As Origens

A cada curva da estrada o coração palpitava batendo mais forte, os pensamentos voavam pela cabeça, um misto de agonia e  ansiedade tomava conta dela,  como seria recebida?, como seria este...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 2 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos