Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

MINHA IRMÃ?

Publicado em 08/10/2022 por charlinhos

DEPOIS DE UM TRENEBROSO INVERNO ACHEI RUIM QUE AS COISAS COMEÇARAM A MELHORAR PORQUE JÁ NÃO PODIA MAIS APROVEITAR PARA ALISAR O CORPO DE MINHA MAMÃE DISCRETAMENTE DEIXANDO QUE SENTISSE MEU CACETE COM FOME DE BOCETA ESFREGAR EM SUAS PERNAS E BUNDA E PASSAR AS MÃOS DISCRETAMENTE EM SUA BOCETA, POR CIMA DAS ROUPAS E CLARO, ALÉM DE ALISAR SEUS SEIOS, EM ALGUMAS VEZES COM O ROSTO, PORQUE REFEITA DA RECEM SEPARAÇÃO COMEÇOU A VIVER NOVAMENTE ME DEIXANDO ENCIUMADO PORQUE SAIA VEZ OU OUTRA VOLTANDO TARDE COM CHEIRO DE BEBIDA.

ESTAVA DECIDIDO A METER A PICA NAQUELA DELICIA DE MULHER, PORQUE SE DAVA PARA OUTRO COMO SUSPEITAVA DEPOIS QUE DEIXOU MEU PAI, ME SENTIA TAMBÉM NO DIREITO DE COMER E ASSIM TRABALHAVA NESTA QUESTÃO NÃO PERDENDO AS ESPERANÇAS PORQUE PARECENDO SABER DISSO, MAMÃE ME EVITAVA, POREM ESTAVA NOTORIO QUE NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE NÃO MEESCAPARIA.

NUMA TARDE ENQUANTO OUVIAMOS MUSICA E TOMAVA CERVEJA DEIXAVA MAMÃE VER O VOLUME DE MEU CACETE ESTUFANDO O CALÇÃO COM ELA ENGOLINDO SECO FLAGRANDO ELA VEZ OU OUTRA OLHANDO PARA ELE, QUANDO SENTEI DE SEU LADO SENTINDO O CORAÇÃO A MIL, AO ABRAÇA-LA NADA FEZ QUANDO PUXEI ELA PARA MIM, QUANDO IA DIZER ALGO CALEI ELA COM UM BEIJO GOSTOSO EM SUA BOCA QUENTE ENQUANTO DESABOTOAVA SUA BLUSA, POREM QUANDO METI A BOCA EM SEU SEIO ELA ME SEGUROU ME PARALISANDO COM SEU OLHAR ME DIZENDO QUE ERA MELHOR NÃO… QUANDO DEI POR MIM ESTAVA DE PÉ COM O CACETE NA MÃO BEM PROXIMO AO ROSTO DELA FALANDO ALTO MOSTRANDO COMO ELA ME DEIXAVA E REPONDENDO A OFENSA QUE NEM LEMBRO QUE FIZ A ELA, ME FALOU QUE NÃO ERA NENHUMA PUTA COMO A ACUSAVA E QUE O HOMEM QUE ESTAVA SAINDO ERA MEU PAI.

VENDO MINHAS LÁGRIAMAS CAINDO MORTO DE VERGONHA, QUANDO IA SAINDO ELA ME SEGUROU PELA MÃO ME PUXANDO PARA ELE ME CALANDO COM UM DOS MELHORES BEIJOS QUE JÁ GANHEI NA VIDA E ALISANDO MEU CACETE FALOU EM MEU OUVIDO QUE FICASSE QUIETO PORQUE O MAXIMO QUE PODIA FAZER POR MIM ERA ISSO; E ABAIXANDO METEU MEU CACETE NA BOCA COM MUITA DESTREZA NÃO SABENDO SE MAMAVA OU SEGURAVA MINHAS MÃOS ME FAZENDO ENCHER SUA BOCA DE PORRA, QUE ENGOLIU TUDO NÃO PERDENDO UMA SÓ GOTA E SE DESPEDINDO FALEI QUE SÓ DEIXARIA ELA IR PORQUE SABIA QUE NÃO IA FICAR SÓ NISSO ENTRE NÓS.

PARA MIM MEU PAI PARECIA UM ESTRANHO ME DEIXANDO COM RAIVA QUERENDO MATAR ELE AINDA MAIS QUANDO BEIJAVA MAMÃE COMO NUNCA BEIJOU NA MINHA PRESENÇA, ALÉM DE ALISAR SEUS SEIOS E PASSARA A MÃO EM SUA BOCETA E BUNDA COMO ME DIZENDO QUE ELA ERA DELE.

porno telegram

PARA MINHA ALEGRIA, TRISTEZA E DECEPÇÃO EM POUCOS DIAS COMEÇARAM AS BRIGAS O QUE ME DAVA ESPERANÇA PORQUE EM ALGUM MOMENTO TERIA A CHANCE DE CONSOLAR MINHA MÃE SENDO SABIDO ENTRE NOS QUE TENTARIA ALGO MAIS, TRISTEZA PORQUE MINHA MAMÃE SOFRIA MUITO COM ISSO E DECEPÇÃO PORQUE A VADIA SEMPRE PERDOAVA ELE.

NUMA TARDE EM QUE ELE SAIU COM OS AMIGOS PARA BEBER COMO DE COSTUME, MINHA MÃE QUIS IR ATRÁS DELE E SÓ A LEVEI PORQUE IA DE QUALQUER JEITO ENCONTRANDO ELE HORAS DEPOIS NUM FORRÓ NO BAR DE UM AMIGO NOSSO, POREM QUANDO ESTAVAMOS ENTRANDO DE MÃOS DADAS COM TODOS OS TARADOS OLHANDO PARA MINHA MÃE QUE NO AUGE DE SEUS QUARENTA E SEIS ANOS, COM CORPO CURVELINEO, ESGUIO E PERFEITO TODOS OLHAVAM PARA ELA ME DEIXANDO ORGULHOSO PORQUE USAVA UMA SAINHA RODADA DEIXANDO O VEZINHO DO FIO DENTAL APARENTE EM SUA BUNDA, CAMISA ABERTA AMARRADA QUASE MOSTRANDO OS SEIOS PORQUE ESTAVA SEM SUTIÃ, QUANDO AVISTOU MEU PAI ENCOSTADO AO BALCÃO COM UMA MOÇA NEGRA COLADA NELE, ELA NÃO ME DEIXOU IR ATÉ ELE ME PUXANDO EPAL MÃO PARA DANÇAR E COMO SOMOS EXIMIOS DANÇARINOS, DEMOS UM SHOW NO SALÃO, ELA MAIS AINDA PORQUE NO REBOLADO A SAINHA SUBIA DEIXANDO SUA BUNDA A MOSTRA SÓ NÃO MOSTRANDO A CALCINHA PORQUE ESTAVA ESCONDIDA ATOLADA NELA.

MAMÃE SÓ QUERIA SABER DE BEBER E DANÇAR, QUANDO MEU PAI SUMIU FINGI NÃO VER ELA PROCURANDO ELE COM OS OLHOS ENQUANTO ME ACABAVA APROVEITANDO DE SEU CORPO QUENTE E SUADO, QUANDO ELA VIU MEU PAI SEMISENTADO COM A NEGRA ESFREGANDO O BUNDÃO EM SEU CACETE COM ELE SEGURANDO A PELA CINTURA, QUANDO BEIJOU OUTRA, PARAMOS PORQUE A MUSICA ACABOU, POREM QUANDO IAMOS SAINDO ONDE TENCIONAVA LEVAR MINHA MÃE EMBORA DALI, COMEÇOU UMA MUSICA ROMANTICA DO TIM MAIA, MAIS QUE DEPRESSA ELA ME ABRAÇOU DEITANDO A CABEÇE EM MEU OMBRO E ENQUANTO DANÇAVAMOS LENTAMENTE ONDE APROVEITAVA PARA ALISAR SUAS COSTAS INDO COM AS MÃOS EM SUA BUNDA, COMO NÃO ESBOÇOU NENHUMA REAÇÃO FUI LEVANDO ELA PARA OS FUNDOS DO SALÃO ONDE OUTROS CASAIS SE PEGAVAM GOSTOSO PORQUE ESTAVA BEM ESCURO NAQUELA PARTE, MAIS QUE DEPRESSA DESAMARREI A BLUSA DE MAMÃE DEIXANDO SEUS SEIOS LIVRES E SEM IMPORTAR COM OUTROS NOS OLHANDO, INCLUSIVE UMA NOVINHA QUE ‘SOFRIA’ NAS  MÃOS DE UM VELHO TARADO, ENCOSTEI MAMÃE NA PAREDE SÓ LARGANDO NOSSAS BOCAS PARA BEIJAR LAMBER E MORDER SUA ORELHA E PESCOÇO DESCENDO ATÉ SEUS SEIOS ALISANDO UM DEIXANDO EXPOSTO ENQUANTO MAMAVA O OUTRO, COM ELA SEMPRE DE OLHOS FECHADOS QUANDO SUGUEI FORTE DO JEITO QUE VI MEU PAI FAZENDO NELA UMA VEZ, ELA PIROU ARREGALANDO OS OLHOS ASSUSTANDO PORQUE GEMEU ALTO VIRANDO A CABEÇA PARA TRÁS, QUANDO ESPALMOU MEU CACETE TIRANDO O PARA FORA ALOJANDO NO MEIO DE SUAS PERNAS ME FAZENDO ESFORÇAR DEMAIS PARA NÃO GOZAR, PRINCIPALMENTE QUANDO A GLANDE ALISA SEUS LÁBIOS QUENTES E MOLHADOS, QUANDO FEZ ISSO PELA TERCEIRA OU QUARTA VEZ, AO SE AJEITAR MELHOR APOIADO UM DOS PÉS NUMA CAIXA DE GARRAFA A GLANDE ACERTOU A ENTRADA DE SUA BOCETA COM ELA SOLTANDO UM GRITINHO E ME OLHANDO DANDO PARA VER MEDO, EXCITAÇÃO E PAVOR EM SUA CARA, ME MANDOU PARAR ESCONDENDO O ROSTO EM MEU PEITO PEDINDO CHORAMINGANDO QUE NÃO FIZESSE ISSO COM ELA, NÃO ALI, POREM NADA PUDE FAZER PORQUE MEU CACETE ESCORREGOU PARA DENTRO DE SUA BOCETA QUE PARECIA AGARRAR ELE PRENSANDO O PARECENDO NÃO QUERER LARAGR NUNCA MAIS, QUANDO A GLANDE BATEU EM SEUS ÚTERO ELA FECHOU AS PERNAS ME SEGURANDO PELO COLARINHO ME MANDANDO FICAR QUIETO PORQUE ERA GRANDE DEMAIS PARA ELA, POREM ENQUANTO SENTIA A TEXTURA, QUENTURA E MACIEZ DE SUA BOCETA APERTANDO MEU CACETE COMO QUE MORDENDO ELE, NÃO CONSEGUI SEGURAR UMA ESPORRADA FENOMENAL COM ELA AGARRANDO EM MIM ME CHAMANDO DE LOUCO ENQUANTO SEU CORPO ESTREMECIA, QUANDO ME BEIJOU PARECENDO QUERER ME DEVORAR, COMEÇOU UM REBOLADO CADENCIADO ME DEIXANDO ENVERGONHADO PORQUE AS PESSOAS COMENTAVAM SOBRE NÓS, QUANDO IA FALAR PARA PARAR E SAIRMOS DALI, MAMÃE ME CHAMOU DE FILHO DA PUTA ME MANDANDO FICAR QUIETO PORQUE IA GOZAR NOVAMENTE, POREM ANTES MESMO DE SE REFAZER DO TERCEIRO ORGASMO ME EMPURROU DEIXANDO TODOS VEREM SEUS SEIOS ENQUANTO SE RECOMPUNHA E LEVANDO ELA PARA O BANHEIRO NÃO ME DEIXOU ENTRAR JUNTO, ACHO QUE POR CONTA DAS PESSOAS QUE NOS OLHAVAM NA CARA DURA.

UMA ETERNIDADE DEPOIS MAMÃE SAIU ME PUXANDO PELA MÃO SEM IMPORTAR COM OS COMENTARIOS E INDO ATÉ MEU PAI QUE NÃO SABIA ONDE POR A CARA, DEU UM SORRISINHO SEM GRAÇA PARA ELE PEDINDO A CHAVE DE CASA E OS CARTÕES, ALÉM DE PEGAR TODO O DINHEIRO QUE ELE TINHA NA CARTEIRA, ANTES DE SAIR FALOU ALTO QUE TUDO O QUE ACONTECU ALI FOI CULPA DELE E QUE SE TIVESSE VERGONHA NA CARA NUNCA MAIS OLHAVA NA CARA DELA.

NAQUELA NOITE MAMÃE NÃO ME DEIXOU FICAR COM ELA SE TRANCANDO NO QUARTO DANDO PARA OUVIR LONGE SEU CHORO, QUANDO ACORDOU DE MANHÃ JÁ TINHA PREPARADO UM BELO DESJEJUM, COM AJUDA DE NOSSA FUNCIONÁRIA E ENQUANTO COMIA MOSTRANDO ESTAR MUITO FAMINTA ME FALOU QUE NÃO FOSSE TRABALHAR PORQUE QUERIA QUE ACOMPANHASSE ELA NAQUELE DIA, QUANDO ME PEDIU PARA ME ARRUMAR PORQUE IA TOMAR UM BANHO RAPIDO E JÁ SAIAMOS, DE NADA ADINATOU CHORAR, PEDIR, IMPLORAR PARA QUE NÃO FIZESSE AQUEILO COM ELA, POREM QUANDO COLEI ELA NA PAREDE E ENTREI SE DÓ EM SUA BOCETA TENDO QUE ABAFAR O ESCANDALO QUE FAZIA EM BEIJOS ARDENTES MAMÃE ME PROMETEU O MUNDO E JÁ MOLINHA COM MEU CACETE AINDA ATOLADO NELA ME FALOU QUE NUNCA GOZOU TANTO ASSIM NA VIDA E ENQUANTO LEVAVA ELA NUA EM MEUS BRAÇOS PARA SUA CAMA, SABIA QUE SEUS NÃOS ERA MAIS DE CHARME PORQUE QUANDO METI A BOCA EM SUA BOCETA LISINHA E JÁ MELADA DANDO PARA SENTIR MINHA PORRA ESCORRENDO DELA, MAMÃE REVIRAVA OS OLHOS IMPLORANDO PARA QUE METESSE LOGO PORQUE DESEJAVA GOZAR MAIS EM MEU CACETE, QUANDO COLOQUEI ELA DE  QUATRO E ENTREI ATÉ QUASE AS BOLAS EM SUA BOCETA, ELA PIROU REVELANDO QUE MEU PAI NUNCA COMEU ELA ASSIM ALEGANDO QUE SÓ AS PUTAS FAZEM SEXO DE QUATRO E QUANTO MAIS MAMÃE GOZAVA, MAIS QUERIA GOZAR TANTO É QUE QUANDO PEDIU ARREGO, ISSO PORQUE FIZ ELA GOZAR GOSTOSO CHUPANDO E ENFIANDO A LÍNGUA TAMBÉM EM SEU CU ELA ME MANDOU PARAR E COM A CHEGADA DA TARDE ELA ME FEZ PROMETER ESPERAR O TEMPO DELA PORQUE NUNCA DEU O CUZINHO PARA NINGUÉM ME BEIJANDO TRENAMENTE QUANDO FALEI QUE ERA UMA HONRA PARA MIM SER O PRIMEIRO E NOS BEIJANDO COM ELA ME ABRAÇANDO TERNAMENTE QUANDO JUREI QUE NUNCA NA VIDA IRIA DECEPCIONAR ELA, DORMINDO AGARRADINHOS COMO NAMORADOS.

FAZEM TRÊS ANOS QUE VIVEMOS COMO MARIDO E MULHER E ENTRE NOSSOS FAMILIARES SÓ SUA MÃE SABE DISSO, POREM OPIOR DISSO É QUE ELA SUSPEITA ESTA GRAVIDA, PIOR PORQUE ELA ESTA QUASE ME CONVENCENDO A DEIXAR ELA TRANSAR COM UM AMIGO EM COMUM PORQUE ASSIM TERÁ DESCULPAS PARA FALAR QUE O FILHO É DELE.

SEI QUE ISSO IRÁ ACONTECER O QUE ME DEIXAR DOIDO DE CIUMES PORQUE NOS AMAMOS DEMAIS, PARA PIORAR MINHA MÃE NÃO SABE QUE SEI QUE ESTA INSENTIVANDO SUA MELHOR AMIGA A ME PEGAR E ISSO ME DEIXA MAIS TRISTE PORQUE SERVIRÁ DE DESCULPAS PARA ELA DÁ PARA OUTRO O QUE ACHO QUE VAI SER DIFICIL SEGURAR.

2115 views

Contos relacionados

Depravações de um casamento V

Dentro de mais ou menos três horas a bela jovem Leilane estará se casando com Afonso, vice-prefeito da cidade de Serena. Ela está se maquiando com ajuda de Celena, ume bela mulher de amplos quadris...

LER CONTO

MEU PRIMO com rola GROSSA.

Primo da rola grossa Para, amor! Parece que você só pensa nisso!     Valéria reclamava afastando as mãos libidinosas do Gustavo, seu marido. Nós o chamamos de Guto, desde...

LER CONTO

Gosto de ser a submissa do meu padrasto

Gosto de ser a submissa do meu padrastoMeu padrasto tem 53 anos, branco vermelho de sol, 170 de altura mais ou menos, muito peludo e corpo magro.Ele está  casado com minha mãe  faz mais de...

LER CONTO

o sogro e a nora

   Quando Marli e Alberto foram morar com o sogro, após cinco anos de casamento onde durante três anos tentaram serem pais.Mas ao não conseguir engravidar sua esposa. Ele...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 1 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos