Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos traição » Loucura com o enteado

Loucura com o enteado

Publicado em 14/11/2023 por Larissa

Contos eroticos Loucura com o enteado , em áudio.

Loucura com o enteado

Loucura com o enteado

Por mais safado que possa parecer esse meu relato é verdadeiro.

Tenho 42 anos e meu namorado tem 55, ele tem um filho bem gatinho de 18 aninhos que é um tesão, já estou com meu namorado há mais de 7 anos, vi Rodriguinho (meu enteado) ir se tornando um pedaço de mal caminho, desde os 16 anos que percebo ele me olhando quando estou de biquíni ou com alguma roupa mais a vontade , no início achava que era apenas impressão minha mas com o tempo vi que ele estava sempre me observando, devo confessar que a transa com seu pai não me deixa completamente saciada apesar de gostar de gozar gemendo alto. Certamente Rodriguinho já tinha escutado nossas transas. Com o passar do tempo percebi que o menino sempre arrumava um jeito de encostar em mim, um esbarrão, uma passada por trás de leve, etc…. e isso começou a mexer com a minha libido, ver um menino cheio de energia me desejando teve um efeito imediato em mim, meu namorado até se assustou em como fiquei mais safada na cama. Passei a fantasiar que estava dando pro filho enquanto era comida pelo pai, as vezes tinha que me segurar pra não chamar ele pelo nome do menino.

Certo dia fizemos um churrasco e Rodriguinho estava com uma namoradinha lá, os homens de sunga e as mulheres de biquini , modéstia a parte sou bem bonita, tenho seios turbinados com os mamilos rosinhas, malho direto e com isso meu corpo é bem torneado, bumbum arrebitado com uma marquinha bem pequena e uma xoxotinha toda lisinha. Nesse dia estava muito calor e comecei a beber uns drinks que foram me deixando alegre, vi que Rodriguinho e a namoradinha estavam se pegando na piscina e o não consegui tirar os olhos do volume que estava na sunga dele, confesso que estava com inveja da menina. Em certo momento fomos tirar uma foto e Rodriguinho ficou atrás da namorada mas como ela estava ao meu lado sua mão roçava de leve em meu bumbum, cheguei a ficar com a buceta piscando e pensei “é hoje que meu namorado vai ter que me fuder com vontade”. Bem o churrasco foi rolando até que a namorada do meu enteado foi embora, certamente ele estava com tesão acumulado e essa seria a minha chance , como estava “facinha” pela bebida fiz algo que seria completamente inconcebível , chamei meu enteado pra me ajudar a pegar algo dentro do apartamento, saímos da piscina e fui andando na frente só de biquini e o puxando pela mão, não conseguia pensar direito, estava com muito tesão mas não podia assustar o menino, entramos no apartamento e fomo pra cozinha, abri a porta da geladeira e ele ficou parado ali ao lado, só de sunga (lindo), fingindo procurar algo me abaixei e quando me virei estava com o rosto na direção da sua sunga, olhei pra cima e ele estava calado me olhando, um olhar diferente, não sabia se era assustado, surpreso ou com tesão. Sem pensar muito fui me levantando mas apoiando a mão por seu corpo e quando ficamos frente a frente o beijei sem falar nada, nesse momento ele retribuiu o beijo e me apertou forte contra seu corpo, senti seu pau duro me encoxando e sua mãos apertando meu bumbum, puxando o biquini pra cima, minha buceta piscava e estava enxarcada, não tínhamos muito tempo então decidi mostrar a ele como era uma mulher mais experiente e me abaixei enfiando a mão por dentro da sunga, quando senti o pau dele na minha mão eu enlouqueci, estava quente e duro, bem diferente do pai. Olhei pra cima e ele estava olhando vidrado como se aquilo fosse um sonho, coloquei o pau na boca e comecei a chupar como se fosse o sorvete mais saboroso do mundo, ele chegou a bambear as pernas e falou que eu era louca, que aquilo era um sonho, que nunca tinha sido chupado tão bem! Senti que ele respirava forte e seu pau pulsava dizendo que iria gozar , neste momento me levantei , apoiei na bancada da pia e falei “vem meu gatinho, me come”!, o menino meteu sem pena e em poucas bombadas eu gozei e ele tb. Foi um gozo tão forte que tive que morder a mão pra não gritar. Saímos dali de volta pro churrasco e meu namorado não percebeu nada. Depois deste dia passei a dar pro pai e pro filho.

Ajude a manter a página Club Dos Contos Eroticos, faça uma doação em PIX [email protected], SUA AJUDA É MUITO IMPORTANTE.

1963 views

Contos relacionados

AH! CUNHADINHA.

NAS NOITES DE FUTEBOL COM OS AMIGOS, MAY IA PARA A CASA DA MÃE ME FAZENDO PASSAR LÁ PARA PEGAR E EM ALGUMAS VEZES DORMIAMOS POR LÁ E NUMA DESSAS ACORDEI NÃO ENCONTRANDO MAY NA CAMA E...

LER CONTO

No carro com Jenny

Venho aqui com mais uma história com minha amante Jenny... Há alguns anos atrás Jenny trabalhava a noite... Até às 22 horas... E minha mulher também trabalhava a noite... ou seja eu tinha uma...

LER CONTO

Sou uma esposa putinha.1

Sou uma esposa putinha(1) Resolvi cruzar as pernas e deixar a minha coxa aparecendo. Ele não titava os olhos e vez ou outra passava a mão no pau por cima da bermuda. Discaradamente, ele...

LER CONTO

amigao do meu marido

o que venho a relatar aqui e real so os nomes que foram trocados por varias questao que nao vem ao caso falar por aqui mas vamos aos fatos sou casada tenho 32 anor, e meu marido 45, temos 10 anos de...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos