Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos fetiches » Alisando o entregador

Alisando o entregador

Publicado em 18/06/2021 por Gi????

Alisando o entregador

Pode parecer um fetiche bobo, porém  para mim a um começo  pois sou timida demais.

Toda semana minha mãe  compra aqueles galões  de vinte litros de àgua na padaria perto da casa e sempre o mesmo entregador. Ela costuma compra no domingo então  meu pai recebe no portão  e trás  para o apartamento. Moro em prédio  pequeno de quatro andares, sem elevador no segundo andar.

Ultimamente o galão  esta durando e acabando durante a semana, meu pai ou mãe  deixa o dinheiro e fala para comprar na padaria, o entregador deixa o galão  em cima da pia e vai embora, quase não  fala. Faz três  semanas esses entregador esta vindo durante a semana.
Sempre tive o fetiche de me fazer de bobinha ingênua  e dar em cima de homem mas velho. Depois de pensar muito resolvi realizar esse fetiche.
Na terça-feira  ele veio entregar o galão  de agua e deixou no mesmo lugar antes dele falar “Bom dia” pegar o dinheiro e ir embora perguntei o nome dele.

Ele respondeu e falei que ele deveria ser muito forte porque carregava o galão  pesado. Ele riu e disse que estava acostumado. Ele tem seus quarenta e poucos anos, corpo normal, moreno de sol, cabelo começando  a ficar grisalho e nordestino.
Continuei a puxar assunto e falei que ele era forte novamente e tentei levantar o galão  e disse que conseguia nem mexer do lugar. Ele riu novamente. Paguei o galão  e quando ele me deu a nota fiscal peguei alisei o braço  dele falando novamente que achava ele muito forte e depois fiquei apertando. Ele só  ficava com risinhos de canto de boca e eu disse seu braço é  “duro’, aí, ele riu gargalhando.
Ele levantou a manga da camisa forçou o braço  e falou ai sou forte como um touro. Me fiz de boba e perguntei “Touro? Porque?”. Ele respondeu deixa pra lá  e insistir alisando o braço  dele e ele so riu novamente de canto da boca e não  respondeu.
Ele perguntou minha idade, se tinha namorado, se pai e mãe  estavam trabalhando etc.

Respondi tudo que ele perguntou de forma bem bobinha alisando o apertando o braço  dele. Tomei coragem e passei a mão  por dentro da camisa dele e disse você  tem pêlos, ele riu muito novamente levantou um pouco a camisa e disse “Cuidado BB e nao alisa os homens quando vier na sua casa porque perigoso. Não  devia nem está  falando e deixando voce me tocar BB ta tudo muito perigo.” Eu me fiz de sonsa e falei ” Não  vou tocar e fala com ninguém  só  achei você  forte. Igual meu pai não  posso abertar os músculos  do meu pai. É  errado.” Ele riu novamente e “? BB e cuidado, nem todo mundo é  legal como eu.” Eu disse sim e completei “Legal e forte. Vou chamar você  de touro pode?” Ele riu e muito e disse “Pode BB”.
Ele falou tenho que ir BB fiz cara de triste e ele disse que tinha que trabalhar e pediu meu Whatsapp. Passei meu whatsapp e abracei ele, foi embora.
Essa situação  toda nao durou 10 minutos, foi muito rápido . Parece bobeira, mas fingir ser bobinha e ingênua  dando em cima dele me fez sentir tao bem. Ele não  me enviou nenhuma mensagem no whatsapp. Hoje vou pedir alguma coisa na padaria para ficar me oferecendo de forma boba pra ele. Espero que seja ele o entregador de hoje e nao outro.

2858 views

Contos relacionados

O jardineiro ????????

O jardineiro da minha casa se chama Reginaldo... Moreno, alto e atraente...Ele vem aqui duas vezes por semana. Nunca tinha reparado nele até um certo dia. Percebi o quanto era forte, atraente,...

LER CONTO

Comendo o cu da mulher do meu cunhado

Meu cunhado é um homem complicado, sua mulher, branca, pernas grossas, cabelo curto, bonita e com uma bunda enorme, minha mulher falou que o irmão reclamava que não transavam mais, então surgiu...

LER CONTO

Casal submisso goza na minha mão – I

Conto erótico  Casal submisso goza na minha mão - I  , em áudio. O telefone tocou, e olhando quem ligava já me enervei. - Já falei para não me ligar por aqui. - Desculpa, desculpa, ...

LER CONTO

BDSM – Dominação & Submissão – Gozei como uma Cadela

BDSM – Dominação & Submissão – Gozei como uma Cadela (acrónimo para a expressão Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo)   Sou a Sheila, morena que...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos