Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Heterossexuais » Transmissão ao vivo 2

Transmissão ao vivo 2

Publicado em 10/02/2024 por Fernando Moreno

conto erotico Transmissão ao vivo 2 2024

Uma das coisas que eu e Roberta tínhamos combinado, era que independente se gozasse ou não iriamos fazer no mínimo uma hora e meia de transmissão. Como já tínhamos brincado bastante com o público que estava assistindo, já estava quase na hora de fecharmos a live. O que, para ganharmos mais tempo, ela pediu para colocar a câmera bem perto do meu pau. O que já entendi de imediato, sentei na beirada da cama, posicionei a câmera um pouco por cima de mim, focando bem no meu pau. Pelo notebook, deu para ver qual a melhor posição iríamos ficar. Deitei em cima de uns três travesseiros para ficar um pouco auto, para poder olhar o que viria pela frente. Ela arrumou o travesseiro debaixo do joelho dela, se posicionou no meio das minhas pernas e começou a me chupar, e com o boquete que ela começou, punhetava meu pau e batia sobre o rosto dela.

Essa cena foi um espetáculo, o que fez meu pau ficar meia bomba, mas não tão flácido, ela não ligou e me chupava, tirava a cabeça do meu pau para fora e ficava ali brincando com o meu pau, alguns internautas, começou a comentar que duvidava se ela conseguia deixar ele duro de novo, o que ela prontamente respondeu:

─Vocês têm dúvida? Vamos ver então.

Isso foi com um gás para ela ficar ali por minutos brincando com o meu pau, e uma coisa que ela fez e isso realmente me excitou foi não ter nojo. Ela cuspia sobre a cabeça do meu pau, deixando bem molhado e depois metia a boca e limpando ele todinho. Fez isso por diversas vezes, e eu comecei a amar essa cena. Uma das coisas que vou confessar a vocês é que adoro levar uma chupada no saco, e foi justamente o que ela fez, como se estivesse lendo minha mente, se abaixou um pouco mais e começou a chupar meus ovos, engolindo ele todo com a sua boca delicada, porém muito safada, o que fez ela bater novamente o meu pau sobre seu rosto, e olhando bem nos meus olhos começou a me provocar dizendo:

─Nossa, que cassetete delicioso, parece que ele está querendo ficar duro de novo, ai que delícia, bate na minha cara, bate.

Isso para mim era uma motivação maravilhosa, só sei que quando percebi, meu pau está duro de novo, e isso foi o motivo dela olhar para câmera e dizer:

─Eu disse a vocês que conseguiria deixar ele duro de novo!

Assim, ela continuou mamando minha rola, dessa vez deixou a cabeça dele para fora e começou a judiar de mim, passando o dente de leve sobre o meu pau, o que me fazia recolher, assim ela ria olhando para mim. Mas mesmo assim cuspia sobre meu pau e depois limpava-o , olhando dentro dos meus olhos, como se estivesse dizendo, “que pau delicioso”.

Eu, sem perder muito tempo e querendo aproveitar, que meu pau ficou duro novamente, coloquei ela debruçada na beirada da cama e já comecei a enfiar na buceta dela, algo que fez ela soltar um gemido e dizer:

─Calma, cachorro, assim você vai me rasgar, ai caralho.

Foi o mesmo de dizer para mim.

─Mete mais forte, porra.

Segurei-a pela cintura e comecei a bombar com força e rápido. Só que percebi que a câmera não estava pegando legal, ajeitei ela um pouco abaixo dela para que pudesse mostrar meu pau entrando na buceta dela, e comecei a bombar novamente, mais dessa vez não diminui a velocidade, cada vez que meu corpo batia sobre o dela, dava para perceber a cama batendo com força na parede, o que começou a me deixar mais excitado ainda.

Ela me empurrou para voltar na cama e voltou a me mamar, pegou o plug anal, melou de gel lubrificante, e mostrou para os que estavam nos assistindo. Ela enfiou o plug anal no cuzinho dela, depois disso pegou o vibrador que tinha comprado e enfiou na buceta também. Olhando para mim, disse:

─Se você aguentar, vou encerrar essa live com você fudendo meu cuzinho.

O que realmente amei, mas fiquei me perguntando, aguentar o quê?

Ela voltou a me chupar e me punhetar, mais dessa vez mais forte e mais rápido, o que vou confessar a vocês, ao ver essa cena me deu vontade de dar um tapa na cara dela, e por impulso acabei batendo na cara dela, e segurando ela pelo pescoço, apertei com uma certa leveza, porém o suficiente para ela sentir. Dei um beijo na boca dela e enfiei meu pau novamente, mais dessa vez mostrando para ela que eu iria ficar no controle.

Enfiei meu pau na boca dela e comecei a meter, como se estivesse fudendo a buceta dela. E entre uma estocada e outra, eu dava uns tapas no rosto dela, o que fez ela pedir para bater mais forte. Ao  invés de bater no rosto dela, fiz de uma maneira que eu pudesse alcançar o plug anal que estava no rabo dela, e comecei a tirar e ponhar, o que fazia ela gemer e apertar minha perna e enfiar meu pau mais fundo ainda sobre sua garganta. Ficamos assim por um bom tempo. O que não saía da minha cabeça era, que quando pegasse aquele cuzinho, ia meter tanto, que não iria ter dó dela. Mais vou deixar essa continuação para a próxima, e você, meu querido leitor, já fez algum vídeo (mesmo não tendo postado?). Ou já teve vontade de fazer uma transmissão ao vivo?

149 views

Contos relacionados

A afilhada dos meus pais

Conto erótico A afilhada dos meus pais em áudio. Mais um conto real pra vocês Essa é dos tempos de pagode. Meus pais eram padrinhos da filha dos nossos vizinhos que moravam do outro lado da...

LER CONTO

Gláucia, o retorno

Mais um conto real pra vocês Depois de um dia cansativo, consegui pegar um ônibus não tão cheio e finalmente estava voltando pra casa. Em certo ponto, subiu no ônibus uma pessoa conhecida....

LER CONTO

Bateria nota 10

Mais um conto real pra vocês Em 2011, depois de voltar pro Carnaval, conheci Alessandra. Uma negra gordinha com uma bunda enorme, muito gostosa. Alê saía na bateria da escola de samba onde eu...

LER CONTO

Minha 1a gordinha

Mais um conto real pra vocês. Depois de muito relutar, praticamente por obrigação, comprei um celular. Meus irmãos já tinham os seus aparelhos, mas eu não queria ser encontrado. Então meu pai...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 1 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos