Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Cornos » TAMIRES A MESTIÇA E SIMONE A ESPOSA RUIVA

TAMIRES A MESTIÇA E SIMONE A ESPOSA RUIVA

Publicado em 20/11/2023 por Snebur

Conto erotico TAMIRES A MESTIÇA E SIMONE A ESPOSA RUIVA em áudio

Conto erotico TAMIRES A MESTIÇA E SIMONE A ESPOSA RUIVA em áudio 

Conto erotico TAMIRES A MESTIÇA E SIMONE A ESPOSA RUIVA em áudio

Meu nome é Tamires, 42 anos, sou descendente de japoneses, mestiça como dizem, 1,75m, do meu pai que é alto puxei as pernas longas e coxas fortes, bunda empinada e cintura de pilão, pus silicone pois meus peitos eram pequenos em relação a minha altura, barriga negativa pois sou viciada em abdominais e agachamentos e da minha mãe puxei os traços nipônicos sem ter os olhos puxados, dizem que pareço as heroínas de mangá, era professora mas passei em um concurso público com salário muito bom, independência financeira depois de muito esforço, meu marido Luiz Carlos 48 anos, 1,80, cabelos levemente grisalhos e tem uma empresa de licitação, somos casados ha 20 anos temos uma filha de 20 que namora e estavamos precisando de umas férias, no final de 2021 resolvemos sair de Londrina PR onde moramos e ir de carro até SC, Camboriú, Itapema, ir sem destino, ficar em hotéis, pousadas, pois só ia assumir meu posto em meados de fevereiro.
Nossa vida sexual estava em declínio, rotina e stress, meu marido sempre falava de que desejava me ver outro me comendo, e agora queria experimentar outra rola e ou outras emoções.
Chegamos em Camboriú de manhã, dormimos em um hotel para chegarmos descansados, eram nove horas e vimos um quiosque já movimentado e paramos, alugamos guarda sol e duas cadeiras, passei protetor e pedimos água de côco e cerveja, no quiosque e tomando sol, mais casais, os solteiros dormem até mais tarde, pensei comigo, eram mais menos 10 horas chegou um casal, uma mulher ruiva alta de parar o transito e o que parecia ser seu marido muito bonito também, o pessoal do quiosque prontamente ajeitou o guarda sol e as cadeiras bem perto da gente. Eles nos comprometeram com sorrisos e bom dia, ela mais extrovertida e simpática já perguntou se éramos da cidade ou turistas, falei que eramos de Londrina PR e eles de São José do Rio Preto SP, nossos maridos se apresentaram e ela pediu para juntarem os guarda sóis para ficarmos de bate papo, pedimos cervejas.
Nos simpatizamos de cara, elogiei sua beleza e ela a minha.
– Tamires, você além de bonita é gostosa e gargalhou, me pediu para ficar de pé e falou para o marido, olha Carlos que lindeza de mulher e me fez virar, fiquei envergonhada pois sei que tenho um capô de Fusca tremendo, mesmo usando biquíni forrado, e devolvendo a brincadeira virei ela também, para meu marido ver, olha Luiz e tem quase cinquentinha falei baixinho, eles riram e percebi que também estavam se dando bem.
Falei para ela das nossas férias, do concurso, ela me abraçou feliz pela minha conquista e as horas foram passando, quando vi eram 13 hrs e falei que tinha de ir.
– Porque tão cedo Tamires??
– Temos que almoçar e procurar um hotel, chegamos agora de manhã e não conhecemos a cidade nem hotéis que caibam no nosso orçamento, queremos achar um médio, nem espelunca nem muito chick rs.
– Não Tamires, espere.
Ela chamou seu marido e foi falar com ele em particular ele fez movimentos com a cabeça afirmativo.
– Tamires e Luiz, temos um convite para vcs, também estamos de férias e ficaremos o mês todo, fiquem com a gente em nosso apartamento, afinal como a Tamires falou são só três dias que pretendem ficar em Camboriú, vocês aconomizam com hotel e ficaremos felizes por isso, né amor??
– A casa é de vcs, temos quartos sobrando.
Eu olhei para o Luiz surpresa pelo convite, por termos acabado de nos conhecer.
– Tamires, não sei mas vi que vcs se deram bem, você decide querida.
– Aí Simone nos pegaram de surpresa com esse convite, onde fica seu apartamento?
Ela me virou para a avenida pôs o braço sobre meu ombro e apontou.
– Aquele ali no quarto andar.
Do outro lado da avenida bem em frente.
Eu a abracei e agradeci.
Nossos peitos se tocaram e gostei, ela me de dois tapas na bunda.
– Bicha gostosa.
Olhei para ela e ri.
Já que estão com fome, vamos almoçar e depois levamos suas malas.
Fomos no restaurante em frente da praia ao lado do apartamento, Luiz pediu a conta e Carlos já havia pago pelo Pix
– Hoje eu paguei amanhã é você ok.
Luiz pegou o carro e pôs na garagem, quando pegavamos a mala.
– Tamires, quando a esmola é demais o santo desconfia não acha??
– Não acho Luiz, saímos para viajar e acontecer coisas boas e o que está acontecendo é bom, não seja pessimista, vamos nos divertir.
O apartamento era luxuoso, lindo, quando entrei no quarto que nos deram, fiquei imaginando o dela, tomarmos um banho e fomos para a sala, eles estavam tomando vinho e nos ofereceram, a vista era linda, terminamos a garrafa de vinho, nunca bebi um vinho tão bom.
Carlos:
– Vamos descansar um pouco, uma cochilada a tarde é ótimo, a noite tem um bar ótimo para dançar, eu e Simone gostamos de lá.
Luiz:
É para isso que estamos aqui, para nos divertir Carlos e mais uma vez obrigado pelo convite.

Simone me deu um beijo, descansem meus amores e se levantarem antes de nós fiquem a vontade.
Eram seis da tarde quando acordei pus um shortinho e uma blusinha, Luiz ficou me olhando.
– Lembra qual era nosso objetivo dessa viajem?
– Sim?
– Qual?
,- Ver você dando para outro.
– Mudou alguma coisa?
– Não.
– Então relaxa porque estamos com sorte, se acontecer ninguém sai perdendo, porque ela é divinamente linda, concorda??
– Tem razão amor.
Ele me deu um beijo e deu um tapinha no meu capô, apertei seu pau rindo.
Simone estava na cozinha mexendo nas panelas, quando me viu.
– Tamires deixa eu ver uma coisa.
Chegou perto, tocou na minha buceta.
– Estava curiosa, vc é grande e dá impressão que tem um bucetao, mas suas pernas que são longas e da essa impressão.
Eu disse:
Abaixe seu shortinho, ela abaixou.
– Tem a bucetinha mais linda, imaginei ela rosinha assim como é e lisinha assim, primeira vez que toco em uma posso?
– Pode amor.
Nos beijamos.
Primeira vez que faço isso Simone, é bom.
– Eu é a segunda, a primeira foi com a Jéssica, depois te conto como foi, agora me ajuda, quero fazer um caldo para nós, bem leve, se vamos sair para dançar e beber vamos fortalecer nosso corpo, afinal essa noite pode ser longa rs
Você além de ser uma mulher linda é inteligente.
– Obrigada amor.
Na cozinha todos tomamos o caldo nutritivo e Carlos chamou Luiz para ir comprar mais vinho que o estoque estava pouco.
Simone me levou ao seu quarto, era enorme, dois espelhos grandes, e a cama era enorme, ela abriu o closet e nunca vi tantas roupas e sapatos.
– Tamires hoje vou te produzir.
Não pense que quero te mostrar que sou melhor mas gosto de agradar e fazer feliz as pessoas que gosto.
Vou deixar essa mestiça alta e sexy a mais gostosa da noite.
Mas o lugar é chick assim, o Luiz não tem roupa para isso não.
– Não homem é básico, sapatênis ou tenis, bermuda ou calca esporte, de boa.
O que isso Simone.
– Meus brinquedos, quero dizer nossos, chicotinho, plugue anal, amiguinho da nossa primeira DP.
– Você já fez DP com isso, Simone?
– Já fizemos sem isso kkkk
– Dois homens??
– Claro.
– Nossa, deve ser bom.
– Nunca fez Tamires.
– Nunca fizemos ménage, mas queremos.
– Então é hoje hein, vamos deixar eles bem malucos de tesão, seu marido é bem charmoso, ele tem pau grande?
– Grande, grande não é, uns 17/18, mas é grosso, um pouco rs
– Então vou dar o cuzinho para ele.
– Ah ele gosta, e seu marido é grande.
– Hoje você vai sair na vantagem se for falar em tamanho, tem 20 cm.
– Hum, bom saber, mas vou dar o cu não hein.
– Será rs, vamos ver, 3,4.cm não muda nada kkkk, no meu já entrou 22 doeu mas foi bom kkkk
– Nossa,. você é experiente Simone e seu marido sabe?
– Ele estava junto, ele sempre esteve junto, depois te conto rs agora vai tomar banho e volta aqui.
Eles chegaram, entraram no e nos pegaram só de calcinha enfiada no rabo, Luiz foi tomar banho e se trocar e Carlos foi no outro banheiro.
Quando eles voltaram, foram beber whisky na sala.
Cheguei primeiro na sala os dois ficaram de boca aberta, era um vestido verde com abertura na pernas longas do lado direito, dava a impressão que eu estava sem calcinha, sandálias de salto, um belo decote que valorizavam meus seios e as costas nuas, ela chegou depois com um vestido rosa, caía sobre sua anca, quando andava os músculos superiores da bunda segurava o vestido e ela tinha que ajeitar para baixo, seus seios com bicos grossos ficavam apontando para frente, batom vermelho e sandálias de salto amarradas até a altura da panturrilha.
Chegamos ao bar, eles muito bonitos, sentamos em frente a pista, em cadeiras almofadadas, pediram wisky e nós coquetéis, dançamos a noite toda trocando de maridos, eu Simone conversamos, éramos paqueradas com olhares de desejo.
– Tamires como é a primeira vez de vcs, quando chegar em casa vou levar seu marido pro meu quarto e vou deixar vcs dois na sala, não se preocupe com nada, deixe acontecer, o Carlos vai ser legal.
Chegando no apartamento todos estávamos meio altos, Simone me beijava e tirava minha roupa e ficamos só de calcinha e salto alto, eu chupava seus peitos e ela os meus, até que ela me empurrou no sofá, pegou Luiz e levou para o quarto, fiquei eu e Carlos que não falou nada, somente abriu seu zíper e deixou sair sua tora dura, me deu um beijo e puxou minha boca em direção ao seu pau, beijei e peguei olhando para seus olhos, era grande e a cabeça roxa, eu fui engolindo até onde deu e voltei me engasgando, me tocava na buceta até que gozei, me abriu as pernas e foi colocando devagar até que entrou tudo, eu mordia os lábios, quando vi Luiz estava do meu lado com Simone batendo punheta nele e falando.
– Veja Luiz sua esposa gozando em outro pau, olha como ela tá feliz.
Tirou a mão do pau dele e veio sugar peitos e morder meus mamilos,
Venha Luiz beijar sua esposa e falar que a ama mesmo no pau de outro, ele veio.
– Te amo amor.
– Amor, também te amo é muito gostoso amor ter um pau diferente dentro de mim bom, ele tá me fodendo gostoso amor, ele tá fazendo eu gozar gostoso amor, me beija amor, tô gozando Ahhhhh Ahhhhh, que gostoso é o pau dele Luiz, que delícia.
-Deixa eu pegar no seu pau amor, como tá duro, Carlos goza dentro de mim Carlos, me faz gozar nessa rola de novo enquanto meu marido bate punheta na minha cara, soca Carlos, soca, vem meu punheteiro.
Simone pegou no pau do meu marido.
– Deixa eu te ajudar nessa punheta seu corninho, goza na nos peitos dessa safada goza.
Luiz urrou e gozou nos meus peitos e boca enquanto Carlos enchia minha buceta de porra.
Puxei Carlos e falei, deixa eu limpar você e puxei Luiz para ver.
Olha amor, vou deixar limpinho e beijei meu marido com o gosto de porra.
Puta que pariu Tamires, parabéns ao casal e vc também Carlos, fudeu legal nossa amiga.
Luiz se sentou cansado da gozada.
Simone:
Eu não gozei mas tô feliz, vamos nos lavar e tomar uma cerveja, vcs estão suados com cheiro de porra.
Depois no quarto de banho tomado, perguntei para Luiz o que achou da experiência.
Ele respondeu com a mesma pergunta.
– O que você achou Tamires?
,- Não sei se você está ou vai ficar bravo, mas eu adorei e nunca senti tanto tesão e você também, você gozou muito, sua porra tava até mais branca e grossa, não estou entendendo, achei que tinha sido legal para você também.
– Mas a Simone eu não comi!!
– Não comeu porque gozou uma vez e cansou de tanto gozar, bobão, fica de cara amarrada que não vai comer ninguém mesmo, amanhã tem mais e se formos espertos ficaremos mais dez dias fudendo gostoso e economizando com hotel, e seja grato, eles são super legais.
– Tem razão o Carlos esta sendo uma ótima pessoa.
– Sem falar que me fudeu gostoso, um coroa com saúde rs, amor essas férias tem tudo para ficar nas nossas memórias.
– Sim, é novo tudo que está acontecendo, muito rápido mas confesso que gostei de ver você espetada e gozando, e Simone é super alto astral.
– Que bom que gostou meu corninho fresco, vamos nos divertir que a vida é curta, daqui a pouco termina nossas férias e as responsabilidades voltam. Boa noite.
– Boa noite amor, te amo.
**********************************

Acordei cedo bem disposta e feliz, Luiz ficou na cama e Simone já estava na cozinha preparando tapioca.
– Dormiu bem Tamires, parece que sim, está com uma cara ótima!?
– Nossa Simone, que delícia foi ontem, minha pirikita tá inchada ainda rs, Carlos foi ótimo, vc é demais.
– E o seu marido, ficou bem?
– Hum, vamos dizer que pela primeira vez sua mulher em outra rola gozando como gozei deu uma assustada nele, mas confessou que gostou de ver.
– Táh, ele tá dormindo?
– Sim.
– Toma café aí, vou acordar ele de uma forma especial rsrs
Ela acordou Luiz com o melhor boquete da vida, Luiz me contou feliz depois.

Simone disse depois de que todos tínhamos tomado café da manhã.
– Hoje arrumem um programa para vcs, Tamires e eu vamos passear por aí, nos depilar, e andar pela praia, chegaremos no final do dia.
Carlos e Luiz concordaram e sairam dizendo que iam jogar sinuca e tomar cerveja, não era meio dia ainda.
Simone e me levou ao seu quarto pois queria me dar um biquíni novo que ainda não tinha usado.
– Táh, vai ficar lindo em você, sua cavala potrancuda.
Quando fiquei nua, ele me empurrou na cama e começou a beijar, foi sugando meus seios, beijando minha barriga e tocou com a ponta da língua minha buceta e me acariciava com o dedo, depois foi enfiando, um, depois dois, relaxei e deixei rolar, logo estava sentindo um tesão enorme que ergui meu quadril e puxei sua cabeça de encontro a minha buceta inchada e gozei puxei ela e a beijei e falei pertinho no seu ouvido..
– Sua safada, você é completa.
– Nós somos mais completas que eles amor.

Tomamos banho e pus o biquíni verde que ganhei.
– Simone não dá para usar, apesar de ter forro ele é fininho e olha como fica na frente e atrás é apenas uma tira.
– Humm, foi isso que imaginei, um lindo capô e quando você anda com essa bunda dura e empinada é sucesso total.
Ela pos um laranja que combina com seus cabelos ruivos que ficou lindo na sua buceta gordinha depilada, na parte de cima tampava quase que somente seus mamilos grossos.
Vestidinhos até o meio das coxas e sandálias de praia, saímos em seu carro.
Andamos pela orla olhando o movimento, os quiosques e resolvemos estacionar e ir caminhando, recebíamos olhares e leves cantadas, afinal uma mestiça de olhos grandes e uma ruiva de olhos azuis juntas não é tão normal, vimos um restaurante e entramos, percebemos dois garçons disputando o atendimento e rimos, pedimos duas tulipas de chopp e perguntei.
– Simone, a quanto tempo você e Carlos vivem assim, liberais?
– Não faz muito tempo, uns cinco anos, olha vou te passar no seu whatsapp um relato que é praticamente um conto erótico, foi o próprio Carlos que escreveu, guarde e leia depois.
Recebi e o título era A ESPOSA RUIVA, mas ela pediu para que eu lesse depois junto com o Luiz, os nomes claro estavam trocados mas o relato era fiel, queria ler de curiosa que sou, mas pedimos o almoço.
Depois falei do meu desejo de ver aqueles brinquedos que vi no closet e minha fantasia de fazer uma DP.
– Tamires, te prometo que você vai fazer sua DP, você gostou da rola do Carlos?
– Poxa ele foi bem Simone, gostei muito, mas quero fazer com dois pirocudos, meu sonho é fazer com meu marido ao lado.
– Depois veja o relato e da forma como aconteceu rsrs, vai ficar com inveja kkkkk
– Sua safada.
– Sou mesmo e meu marido adora, mas não vou falar tudo rsrs.
Depois passeamos por uma galeria, mai para nos exibir rs, comprei um presente para Luiz, eram três da tarde.
– Tamires vamos para a praia e mostrar nossa rabo e seu capô rs.
Pegamos o carro e paramos perto de um quiosque grande com um bom movimento, pr
pegamos duas cadeiras e guarda sol, ficamos de biquíni e passamos protetor, minha chana parecia inchada o clima de verão mexe com o líbido, eu tinha muito tesão.
– Simone quero andar na praia tô com tesão e quero que vejam meu capô e minha raba.
– Vamos caminhar sua tarada, estou assim também.
Recebemos vários olhares, Simone batia em minha bunda para tirar a area, e eu fazia o mesmo só para provocar sem ser muito vulgar.
Voltarmos e sentamos em uma mesa e pedimos chopp e uma porção pequena, logo vieram três homens e sentaram na mesa ao lado, veio dois chopp e o garçom falou que era cortesia da mesa dos rapazes, bebemos e Simone os chamou, eram todos na faixa dos 30 anos, bonitos e bom papo, estavam de férias e tinham terminado a faculdade, portanto amigos de longa data, Erik, Ramon e Felipe, viram que eramos casadas, mas nos cantavam mesmo assim rs e nos divertimos com isso, Erik que estava ao meu lado me falou no ouvido com sua voz grave.
– Vc é a mulher que faria de tudo para ter na cama, pede pro seu marido ceder você para mim.
Eu ri e dei um beijo no rosto e dei meu celular na sua mão.
– Lindo, hoje mesmo vou falar com ele, põe seu contato aí.
Passei minhas unhas sobre sua coxa e apertei seu volume.
Simone no meio de Ramon e Felipe fez o mesmo, bebemos vários chopp e o tempo passou rápido e eram 10 horas, Simone falou que era hora de irmos, eles ficaram decepcionados, Simone tirou uma selfie de todos juntos e fomos para casa.
Chegamos e Carlos e Luiz estavam bebendo whisky na varanda, Carlos perguntou:
– Demoraram, íamos ligar preocupados.
– Eu e Tamires passeamos na praia mostrando nossa raba e por fim estávamos bebendo chopp com três jovens que conhecemos, batemos papo mas ficaram sabendo que eramos casadas rs e vcs?
Jogamos sinuca e ficamos no quiosque em frente.
Abracei Luiz que estava um pouco bêbado e fomos tomar banho, quando ele viu o biquíni
– Você foi com esse biquíni na praia.
– Fui.
– Amor você deve ter deixado os homens loucos, deixa eu ver atras.
Me virei.
– Você é gostosa demais amor.
E foi tomar banho.
Enquanto ele tomava banho fui ler o relato que Simone me passou (A ESPOSA RUIVA), Luiz me viu com a mão na boca meio espantada.
– Que foi Tamires.
– Luiz leia esse conto erótico enquanto tomo banho.
Quando voltei Luiz estava com o pau duro fora da cueca.
– Poxa amor, fiquei com tesão, que casal cúmplice.
– Gostoso né amor?
– Eu gostei do conto.
– Sabe quem escreveu? Carlos seu amigo de sinuca rs e tudo aí e real, aconteceu mesmo.
– Poxa!!
Aproveitei de seu tesão, e sentei no seu pau gostoso e falava no seu ouvido.
– Amor eu quero fazer DP e dois homens me sujando de porra o corpo todo e você me ajudando, você me ajuda amor.
Seu pau inchava dentro de mim.
– Ajudo amor, você quer?
– Tudo que quero amor, vou arrumar dois gostosos pra me comer e você filmar pra gente assistir juntos tá? Você autoriza meu bem?
– Autorizo sua safada.
Eu já tinha gozado, sai e pus seu pau na boca e chupava olhando com cara de safada.
– Então goza tudinho na minha boca meu corninho.
Engoli seu pau até o fundo da garganta até sentir seus espasmos de prazer e sua porra, limpei tudo e passando a língua do saco até a cabeça.
Dei um beijo apaixonado e ele dormiu.
Fui até Simone e Carlos e dei beijos de boa noite, pois estava cansada da noite anterior e do passeio,

**********************************
Luiz e Carlos na manhã seguinte;

– Carlos é verdade que você escreveu o conto A ESPOSA RUIVA?
– Simone me disse que passou para a Tamires, e aí gostou, é um relato verdadeiro.
– Gostei muito, fiquei excitado, mas você gosta dessa situação Carlos??
– Luiz amo minha mulher e gosto de sexo e sei que ela gosta muito mais, então achei mais inteligente curtir com ela, do que ela ter desejos, me trair ou até me deixar, então pensei;
“Melhor um prato de pudim dividido do que um prato de merda sozinho”
– Nunca pensei nisso, dessa forma.
– Mas pensar é bom Luiz.
*********************************Carlos gosta de churrasco e sugeriu irmos em uma churrascaria, adoramos a idéia um rodízio de carnes de vez em quando é bom, andamos de carro por uma hora até chegar, era um lugar lindo, tipo tradição gaúcha, eram argentinos, uruguaios e claro brasileiros, esperamos meia hora por uma mesa.
Comemos um belo churrasco, nossos maridos beberam cervejas, tomamos água somente, uma de nós ia dirigir na volta.
Na volta com Simone dirigindo, vimos uma placa com a uma seta indicando para a direita.
“Hotel Fazenda” a 15 kms
Com a inscrição “+18” em destaque, Carlos e Luiz no banco de trás não viram.
– Onde estão indo, pegaram o sentido contrário, disse Carlos.
– Vimos a placa de um hotel fazenda, vamos ver como é, eu disse, é perto só 15 kms.
Entramos a direita saindo da estrada e andando mais uns 800 metros, o hotel era todo fechado por cercas vivas e bem arborizado, descemos indo até a recepção.
Duas recepcionistas lindas no balcão nos atenderam.
Viemos conhecer o hotel disse Simone, Camila a recepcionista loira informou.
– Sejam bem vindos, podemos lhe mostrar nossas hotel mas não temos vagas no momento.
Bem já que estamos aqui nos mostre Camila, eu disse, e a seguimos.
Camila foi nos informando.
Nosso hotel é para casais e também solteiros, em um clima liberal, mas não é permitido nudes total, somente topless nas áreas comuns, temos quartos no piso térreo e no primeiro andar.

Abriu a porta que dava acesso as piscinas e aos quartos dos dois lados, tinham mulheres semi nuas e homens em traje de banho transitavam nos corredores ou estavam nas piscinas, uma grande onde pessoas bonitas tomam sol e outra com cascata e um bar com bancos ao redor do balcão.

Camila continuou:
– As regras são simples, respeito mutuo em um clima de descontração, sexo só é permitido nos quartos, o que acontece lá dentro não nos interessa rs, temos chalés maiores para até 4 casais, lá mais ao fundo, vamos que te mostro.
Eram chalés distante uns 300 mts, para quem deseja mais privacidade, mas não vimos por dentro pois estavam ocupados mas Camila nos mostrariam fotos recentes, no fundo uma linda visão das montanhas onde dava para ver o pôr do sol.
Camila continuou nos mostrando o restaurante, onde é servido o café da manhã, almoço e janta com tudo incluso na diária e todas as noites tem festas temáticas com música e dança e shows contratados, humor e afins.
Ficamos maravilhados com a beleza e o grandeza do hotel, Carlos perguntou quando teriam vagas.
– A única data que temos mais próxima é para segunda e é aquele chalé grande para 4 casais.
Nos mostrou fotos do interior, dois banheiros, 4 camas, dois sofás e duas poltronas e no parte de trás um jardim com vista para as montanhas com cadeiras almofadadas, era rústico mas lindo demais.
Pedimos o cartão do hotel e o endereço do site, agradecemos Camila e voltamos.
Chegamos no apartamento e fomos tomar um banho, pusemos roupas leves sem nada por baixo e homens bermudas, ficamos na grande sala e na sacada, eles bebendo whisky é nós vinho.
Eram 10 da noite, já estávamos bem alegres pela bebida quando Luiz perguntou para Carlos.
– Aquele relato das primeiras aventuras de vcs, você gravou mesmo Felipe e Marcos com Simone?
Ele olhou para Simone que deu seu conhecido sorriso safado, ele riu.
– Sim, como te falei foi tudo real, gravei sim.
– Poxa rs, você tem, gostaríamos de ver rsrs.
– Bem é uma coisa nossa, mas se Simone autorizar, disse olhando para ela.
– Amor, eu me senti uma atriz porno e nunca mostramos para ninguém, eles são íntimos agora, você até comeu a mulher dele rs, pega lá e espelha na TV para vermos todos juntos.
– Tem certeza Simone?
– Claro rs
Então vamos ver no nosso quarto.
A cama é grande como falei, deitamos juntos e ele projetou na TV.
Eram quase 90 min de gravação, fomos ficando excitados, Luiz tirou seu pau e fiquei acariciando,
Simone me beijou e foi descendo sugando meus seios até chegar na minha buceta que estava encharcada vendo aqueles dois paus gostosos fudendo ela, tirei o pau de Carlos que também estava duro e fiquei punhetando os dois, gozei na boca dela, ela veio e colocou o pau do meu marido na boca e eu chupava Carlos, ela sentou no pau de Luiz e eu no de Carlos e ficamos quicando, até ela saiu e chamou Carlos para a beira da cama sentou nele deixando seu rabo exposto e falou para meu marido.
– Vem meu querido, sei que ficou com vontade de comer meu cuzinho também vendo vídeo, põe nele bem gostoso.
Luiz vendo aquele cuzinho rosado, lambia e ela gemia, pegou seu pau e colocou a cabeça com Carlos parado esperando Luiz a penetrar com tudo, estava super tarado, quando entrou, fiquei atrás deles vendo aquelas picas fudendo seus buracos.
– Me fode Luiz, fode meu cuzinho enquanto meu marido chupa meus peitos fudendo minha buceta, goza gostoso no meu rabo.
Luiz pegou forte nas ancas e acelerou, urrou quando gozou dentro dela a chamando de puta, eu me tocava na buceta toda molhada vendo tudo aquilo, ela saiu do pau de Carlos.
– Agora Thamires, faça meu marido gozar bem gostoso como fiz com seu marido, sentei de costas descia e subia, gozei e depois senti a explosão de jatos dentro de mim.
Estávamos exaustos, fomos nos lavar e quando voltamos eles já bebiam outra dose felizes.

Falei para Luiz.
– Não vimos o filme todo de tanto tesão que ficamos, mas quero fazer isso também com você filmando, eu já tenho o macho que quero.
– Quem??
– Erik.
– Quem é Erik?
– Um dos tres que eu e Simone ficamos conversando no quiosque ontem.
Simone disse mas como vamos achar eles Thamires?
– Eu tenho o número dele, dei meu celular e ele pos nos contatos.
– Ah sua safada rs
Luiz:
Não o conhece direito e muito menos eu.
Simone:
– Eu tirei uma selfie.
Pegou o celular, o mostrou nós duas em volta deles.
– São uns gatos, vejam.
– Erik, Ramon e Felipe rs
Carlos e Luiz ficaram se olhando pensativos.
Aí eu disse:
Amor, vamos fazer assim, vamos ligar para o Erik e marcar no mesmo quiosque amanhã a tarde, vcs ficam conhecendo eles, se rolar rolou, pode ser que nem estejam mais na cidade, pode ser excitante tudo isso.

Luiz olhou para Carlos e lembrou
“Melhor um pudim dividido do que um prato de merda”

– Tudo bem Carlos?
– Por mim tudo bem Luiz.

Vocês são maravilhosos e os abraçamos juntas.
Fomos comer pois deu fome em todos e fomos pros nossos quartos.
Com Luiz pus uma roupa sexy e ligamos para o Erik e pus no viva voz.
– Erik?
– A deusa mestiça?
– Sim kkkk, está podendo falar,
Achei que não estavam mais na cidade??
– Sim, estou no apartamento de boa, vamos embora na quarta.
– Lembra do pedido que me fez?
– Sim, desde ontem penso em você, sei que é casada e tudo mas difícil não pensar em você.
– Então, falei com ele.
– Sério, ele aceitou?
– Não rs, calma garoto, mostramos a selfie que minha amiga tirou e combinamos e ir no mesmo quiosque que encontramos vcs três ontem, eles querem conhecer vcs primeiro, se rolar rolou, se não fica a amizade, tudo bem?
– Então vcs duas e nós três?
– Não Erik, nos quatro e vcs três.
– Mas eles são….
– Não kkkk não são gays kkkkkk
– Ah tá rs
– Olha, fui sincera com meu marido, tanto que ele está aqui do meu lado na cama, não nos conhecemos direito, mas falei que gostei de vc, de vcs na verdade, tudo depende de maturidade.
– Poxa fico feliz pela confiança, de nossa parte, acabamos de nos formar em medicina e Felipe em fisioterapia, homens responsáveis.
– Então até amanhã meio dia, pode ser?
– Combinado então Thamires, ligue a câmera, deixa eu te ver um pouco.
– Vou falar com meu marido ver se ele deixa. rs
Pode amor?
Ele pegou o celular e pediu para ficar de pé só de calcinha e ligou a cam me exibindo e Erik estava nu com pau na mão, era grande e cabeçudo.
– Boa noite Erik
– Boa noite a vcs e vlw viu.

Amor, você está de pau duro de novo rs, mas só vou dar para você depois de dar pro Erik rs, está suspenso até segunda ordem, sossega amor e dormimos abraçados.
– Boa noite corninho!
– Boa noite safada!
“Mas está gostando né!”
********************************

Chegamos no quiosque meio dia apresentei Carlos e Luiz, bebemos cervejas e pedimos porções para beliscar, nossos maridos deixaram eles a vontade e gostaram pois contavam piadas e falaram de vários assuntos de forma bem tranquila, o calor era forte e quando deu seis da tarde, Simone chamou Carlos para fora do quiosque e logo voltou.
Não gosto de ficar muito no sol, apesar do protetor, falei com o Carlos e porque não vamos para o nosso apartamento, vcs garotos compram umas cervejas e ficamos por lá, a vista é linda e a brisa é bem fresca.
Todos aprovaram de imediato.
Cerveja na geladeira, Simone indicou uma ducha para tirar o suor, estavam de chinelo e bermudas e para tirarem a camiseta eu e ela de biquíni minúsculo andando pelo Ap, não aguentando de vontade peguei Erik pela mão e falei baixinho no ouvido do meu marido.
– Amor, você me autoriza levar o Erik pro quarto?
Ele assentiu e o beijei.
Obrigado amor e Erik falou vlw Luiz.
Depois de meia hora Luiz entrou no quarto eu estava com pau atolado na chana.
Olha amor, eu sentada nesse cacete e já chupei ele muito, tirei a buceta, dá uma olhada no tamanho amor, ela gozou e o levou de volta para sala nua e puxando ele pelas mãos, todos ficaram olhando a cena, pôs ele sentado e sentou de costas para ele, chamou Ramon para perto, tirou o pau para fora e punhetou, se abaixou e pôs na boca, fez o mesmo com Felipe, sentado em Erik chupava as duas rolas na nossa frente, deixamos ela comandar o show, ela gozou e ficou de joelhos com as três rolas ,punhetando e chupando, ela viu a pau de Ramon bem duro, por ele no sofá e sentou com sua buceta toda melada, olhou para trás e chamou Erik para por no seu cuzinho.
Quero vcs dois me fudendo gostoso e depois é você Felipe, amor pega o celular e grava amor tudo, o pau de Ramon era grande como o de Erik só que a cabeça do pau de Erik era mais grossa ele foi colocando e ela gemia.
– Aí Erik devagar meu bem.
Erik forçou e entrou a metade.
Puta que pariu, tá doendo Erik, mas não pára, coloca Erik.
Até que entrou tudo e os dois sacos se encontram, Felipe se punhetava e foi a lado e colocou na boca, ela estava em total êxtase, dava para ver seu corpo arrepiado, eles socaram bastante, Erik tirou só para ver seu cu aberto e colocou de novo, ela urrava e gozou várias vezes.
Ela saiu dos paus duros e se ajoelhou de frente aos três.
– Seus putos, quero o leite de todos, ora engolia um ora outro, mamava os sacos até que Felipe segurou pelos cabelos e soltou jatos na sua cara, os outros vieram em seguida, era muita porra nos olhos, nariz, boca, descendo pelos peitos, barriga e coxa, ela limpou os três paus e sorriu para todos.
Simone aplaudiu.
– Mas tu é uma putona hein Tamires e todos riram.
Ela pediu um copo de cerveja e bebeu mas não deixava de esparramar esperma no peito e barriga.
– Não vai se lavar não Tamires
– Não kkkkk
**********************************

Os meninos precisaram de um tempinho para recuperar, tomaram outra ducha e ficaram nus, Simone estava inquieta de vontade de fuder, e um por um foram ficando duros novamente e Carlos pediu para Luiz gravar
Tamires e Simone ficaram fudendo com eles até às duas da manhã, todos comeram o cu das duas, elas precisavam se apoiar para andar e riam da situação.
Eles saíram as três da manhã perguntando quando poderiam repetir e Tamires respondeu.
– Eu ligo para você Erik.
Elas ficaram analisando a buceta uma da outra para ver qual tava mais inchada.
Carlos e Luiz bateram duas punhetas cada um, sujando o piso, Simone pegou o pano e limpou para que ninguém escorregasse.

No domingo Carlos ligou no hotel fazenda e conseguiram o chalé maior e ficaram até quarta, Carlos e Luiz curtiram muito o pôr do sol e vendo as montanhas, Tamires e Simone curtiram as piscinas e a maneira como viviam com seus maridos, ficaram em Camboriú até o dia 22, Tamires e Simone nunca tiveram muitas amizades mas eles se davam muito bem e dão até hoje.

Carlos e Luiz dividem o pudim.

444 views

Contos relacionados

Eu ouvi pela porta

Eu ouvi pela porta Ontem pela primeira vez o João  comeu minha esposa na minha cama comigo em casa. So que minha esposa me trancou no quarto. Ele encostou o carro na garagem e entrou. Assim que...

LER CONTO

Assisti minha esposa transando parte final

Já na banheira, estávamos os 3, porém resolvi sair e deixar os dois sozinhos lá, fiquei de longe assistindo os dois, pareciam um casal de namorados, ela sentou no pau dele e ficou beijando ele...

LER CONTO

Minha Mãe Me Deixa Puto (Parte 4 – Ela Aguentou Dois)

Contos Eróticos Minha Mãe Me Deixa Puto (Parte 4 - Ela Aguentou Dois) 2024 Após instalar as câmeras escondidas lá em casa, eu já obtive sucesso e consegui assistir a minha mãe com um...

LER CONTO

Assisti minha esposa transando parte 2

Como relatei na parte 1 minha esposa ficou acariciando eu e o Lucas, estávamos os 3 deitados na cama e minha esposa cheia de leite na xota da minha gozada, porém uma atitude do Lucas me surpreendeu,...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos