Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Cornos » Como incentivei minha esposa a dar para o Ex

Como incentivei minha esposa a dar para o Ex

Publicado em 25/08/2023 por Fernando

Escute o conto erótico Como incentivei minha esposa a dar para o Ex, em áudio

Escute o conto erótico Como incentivei minha esposa a dar para o Ex, em áudio 

Escute o conto erótico Como incentivei minha esposa a dar para o Ex, em áudio

O relato que faço agora é bem real. Tenho 18 anos de casado e 49 de idade. Vamos me chamar de Fernando. Minha esposa tem 43 bem conservada. É linda com seus olhos verdes, e loira, corpo conservado para quem teve 2 filhos e vamos chamá-la de Valéria.

Sempre fantasiei em nossos momentos íntimos, ela dando para algum conhecido, e falo no ouvido sacanagens afins. Entretanto, sempre tive pra mim que ela não tinha tanto prazer quanto eu. Levava mais pra não perder o momento, mas acho que ela não tinha tanto tesão nisso.

Até que um dia fomos a um churrasco e lá encontramos um ex namorado dela, com quem eu joguei bola algumas vezes no passado, quando ainda não era namorado de Valéria e nem ele o era mais. Tempos depois descobri que foi ele quem tirou a virgindade dela aos seus 17 anos. E, no churrasco, conversamos aqui e acolá, chegou um momento em que estávamos os três conversando. Eu, pra forçar a barra sai com algum pretexto e os deixei a sós.

No retorno, comecei a falar pra ela que o vi olhando pra sua bunda, seguindo-a com olhar a toda hora (eu estava inventando), mas ele faz o tipo macho alfa bem feito. E ela, chegou a desdenhar, mas me disse algo que me pasmou completamente. “Eu peguei o telefone dele com o pretexto de entregar um currículo lá na empresa, pois ele está desempregado e tals”. Aí perguntei se ele havia pegado o dela, e ela confirmou que sim.

Ela explicou pra mim que foi uma experiência amedrontada e às pressas, o fato de ela ter perdido a virgindade. Que nem viu direito o pau dele. Que foi coisa de adolescente mesmo. Passou alguns dias e em nossa transa eu falava que certa vez em um jogo de futebol fomos tomar banho todos, e eu me pasmei com o tamanho do pau dele, que era sensacional, e ela, chegava a sentir tesão, e então ela mandou um whats pra ele dizendo que era pra ele apressar o currículo pois havia uma esperança de trabalho lá.

Com a conversinha ele mandou ao final um beijinho e coração pra ela.

Ela me mostrou, e eu então comecei a trabalhar… disse a ela… manda um de volta. Ela perguntou se eu tinha certeza… disse que sim… e ela obedeceu.

No outro dia, ao longo do trabalho o safado mandou o currículo e pediu pra sair com ela. Ela me enviou e eu disse: “aceita “. pergunta aonde ele quer ir.

À noite ela me mostrou toda a conversa, e ele respondeu que poderiam ir vendo, e que a pegaria em algum lugar determinado por ela na quinta. Ela marcou na minha frente, em um ponto de ônibus perto da Lapa, mas seu coração palpitava demais.

Quando chegou quinta ela estreou um conjunto de lingerie preto novinho. Ficou um tesão. Eu a acompanhei vestindo, e ela ficou olhando em frente ao espelho.

E foi.

Eu fiquei em casa com um tesão enorme, quase sem acreditar que a minha esposa toda recatada, tinha saído e ido a um motel com o ex namorado dela.

Bati uma punheta muito gostosa.

E quando ela retornou, eu quis ouvir tudo

E ela foi narrando, desde quando entrou no carro com ele. Ele perguntou para onde ela queria ir. Ela disse: você escolhe. Ele foi para um Motel na Raposo Tavares. Lá chegando tomaram banho juntos, ele a beijou muito. Chupou meus peitos com muita boca (disse ela). Ele me passou a mão, enfiou o dedo no meio das minhas pernas, que apesar da água do chuveiro estava toda meladinha. Me enxugou e aí eu enxuguei ele também. Seu pau estava duro, muito duro (e aí percebi tua mentira, pois o pau dele é menor que o teu). Mas aquele pau era uma delícia. E como ele mete forte, meu Deus. Parecia um cavalo batendo em mim.

E enquanto ela falava tudo aquilo, eu me deleitei com o prazer que apenas os homens resolvidos e que gostam de dar tal liberdade para obter o prazer completo de ser corninho podem experimentar. Foi tudo real. Será que consegui relatar bem?

1801 views

Contos relacionados

sobre o dominio do prazer

Imigrei juntamente com minha esposa para o Japão, logo após nos casarmos, em busca de melhorar nossas vidas. Mas por sermos ainda muito jovens, principalmente eu não conseguíamos junta nada,...

LER CONTO

Casei com o amante tendo meu marido como testemunha

Me chamo Irina, vinte e quatro anos, casada há quatro, tenho 1,65 alt. Peso 60k, meu corpo é bem feito tenho cintura fina, seios médios para grande e minhas nádegas são um pouco avantajadas. ...

LER CONTO

Meu marido estava bebendo e falou uma besteira

Ouça o conto erótico Meu marido estava bebendo e falou uma besteira Meu marido estava bebendo e falou uma besteira Vou contar o maior segredo nas nossas vidas minha e do meu esposo. Somos...

LER CONTO

Meu sogro devasso II

Sou casada a 17 anos, meu marido tem um bom emprego nas empresas de meus primos distantes. É um bom homem, um bom pai, um bom amigo, e só. O pai dele, Bruno, é o meu homem!! Conhecí Rafael, meu...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 3 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos