Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Cornos » Levei um amigo do trabalho pra fuder a minha esposinha

Levei um amigo do trabalho pra fuder a minha esposinha

Publicado em 09/11/2021 por Rodrigo Magnoli

Olá me chamo Rodrigo sou casado tenho 30 anos e minha esposa Patrícia 29, Patrícia é vem safadinha certa noite depois de uma foda El me revelou que uma das melhores transas da vida dela foi quando ela e a amiga fizeram um Ménage com um policial dentro de um carro de polícia, ela não poupou nos detalhes e devo admitir que fiquei muito excitado com aquela história, então ela me disse que um dos seus maiores desejos sexuais era foder com dois homens ao mesmo tempo.
semana passada cheguei ao trabalho como de costume sou motorista de ônibus, e desde o ano passado um rapaz trabalha comigo como cobrador ficamos amigos saímos para beber depois do serviço e tudo mais, seu nomen Lúcio, Lúcio é um rapaz que chama a atenção das passageiras, é alto, bombado, morenos e faz academia desde a adolescência, tem os braços fechados de tatoo e é b jovem tem 23 anos, na hora do almoço minha esposa veio me encontrar no ônibus, para me deixar minha marmita ao passar despertou a atenção dos homens no ponto, como de costume sempre vem maquiada de cabelos loiros realçando a pele branquinha em um salto preto bonito e vestindo um vestido apertado e florido, ao entrar no ônibus a primeira coisa que percebi foi a troca de olhares e de conversas entre Patrícia e Lúcio, então ela se despediu e foi, Lúcio então comentou “ bonita sua mulher hein” e eu respondi “sim e da trabalho” então terminamos o restante do nosso expediente e as 16:00 saímos encontramos um bar e fomos lá beber um pouco, então conversa vai conversa vem e Lúcio começou a me contar as suas histórias, suas aventuras sexuais e tals, então eu lhe disse sobre o que minha esposa tinha me revelado do Ménage com a amiga e disse a ele sobre o sonho dela e de como fiquei excitado com aquilo, então Lúcio me disse que era normal disse que ele mesmo já havia dividido a ex dele com vários caras amigos, então ele me perguntou se eu curtiria dividir ela com outro eu respondi que achava que sim, então mudamos de conversa para futebol então lhe convidei para ir a mi há casa assistir ao Jogo do Corinthians no Sábado já que nos dois somos corinthianos, ele aceitou então preparei o Churrasco e deixei a cerveja gelando de um dia para o outro.
Logo pelo fim da manhã Lúcio chegou já tinha iniciado o carvão e ele trouxe mais Cerveja ????, minha esposa estava toda produzida com um vestido apertado Florido branco, uma batom ???? bem vermelho toda maquiada, cabelo cumprido loiro na progressiva e um decote com um sutiã vermelho de renda bem apertado, salto alto, unhas pintadas bem vermelhas, toda sexy, então começamos a beber nós três bebemos muito e demos muita risada na hora do jogo confesso que acabei passando um pouco da conta, e fui dormir na pois estava muito bêbado, Patrícia e Lúcio estavam dançando um forró bem juntinhos no quintal, eu então dormi um pouco, mas caí na sala mesmo porém meu celular estava marcado para dispersar uma hora depois, ele tocou e eu logo despertei, costume do trampo né sabe como é que é, ao despertar fui ao banheiro e lavei o rosto minha surpresa foi quando ao chegar próximo a área avistei minha esposa de quatro em cima da mesa do quintal e Lúcio estava assentando a pica sem dó nela de quatro, Lúcio estocava nela enquanto dizia “ vc vai falará pró corninho que te desci a madeira vai sua vagabunda vai”, e ela dizia “ eu só quero sentir a sua rola grossa agora, então fode seu FDP”, e de fato a rola do garoto era grossa ele segurava os cabelos da Patrícia com uma mão e com a outra batia na bunda dela e a cada lapada ela pedia mais, “pfv não para fode com força” e cada vez que ela pedia mais fundo o rapaz metia cada estocada que ele dava era um grito que ela soltava, o pau do Lúcio era tão grande e grosso nque mal cabia ele todo, eu percebi que entrava apenas metade ele então estocava com cada vez mais força o gozo da minha mulher que jorrava da sua buceta entre as pernas respingava um pouco no chão, e eu ficava cada vez mais empolgado assistindo a cena, nunca pensei que Patrícia me trairia tão facilmente, e ainda com meu melhor amigo por fim Lúcio então na arrastou com força pelos cabelos e a colocou em cima da mesa ele se ajoelhou e caiu de boca na buceta toda gozada dela aquilo me surpreendeu pois eu jamais o faria então ele enfiava a língua ???? e o rosto com força na buceta dela ela coma as mãos forçava a cabeça dele.por entre as suas perna e gritava cada vez mais alto, fiquei espantado quando saquei o pau pra fora e comecei a me tocar, por fim então Lúcio subiu em cima da mesa e começou a estocar na buceta dela ele metia com força e ela já quase não aguentava mais e eu já tinha me gozado todo, qual foi a minha surpresa quando Lúcio olhou para os olhos da minha mulher e disse “ vou encher essa buceta de porra” e ela respondeu “ pode gozar amor eu tomo pílula” e ele então deu uma estocada tão funda que quase entrou a pica toda e uma gozada monstruosa, então quando eles acabaram voltei ao sofá para fingir que estava dormindo alguns minutos depois fingi que acordei, eles já tinham se limpado, então voltamos a beber e nos divertir como se nada tivesse acontecido, depois no começo da noite ???? com todos alegres e meio altos após falar tanta putaria então eu disse, “Amir bem que vc podia mamar nos dois para terminar em a noite hein” Ela então fingiu estar sem graça mas safadamente responde, “nossa! Mas se vcs quiserem TD bem”. Então fomos para a sala sentamos nus um do lado do outro no sofá, eu estava meio constrangido pois a rola do Lúcio era enorme, Patrícia se ajoelhou na nossa frente ela estava apenas de calcinha fio dental e salto, começou a passar a língua ???? na cabeça do meu pau enquanto batia uma para o meu amigo ela me mamava de forma carinhosa Lúcio logo ficou de pau duro e ela caiu de boca sem pensar na rola dele Chupava com vontade bem diferente do que fez pra mim então eu disse “e aí o que vc acha da mamada da minha esposinha hein” e ele respondeu “ essa vadia! Mamada! Ela gosta é de cair de boca na piroca de outros macho” então ela pegou tirou a calcinha e para minha surpresa ela sentou de gostas na pica dele a vara entrou que nem manteiga, a cada sentada ela dava uma gozada monstruosa, e eu só na punhetinha então ela pediu para que eu me levantasse enquanto em maçã sentava na rola dele, eu não aguentei muito tempo e logo gozeias pela primeira vez gozei na cara dela ela não gostava muito mas não ligou, estava cheia de tesão, então tive que assistir ela sentar na pica dele ela não parava de me olhar e dizer “ e aí tá gostando, de ver sua mulher” “ta gostando de me ver tratar bem suas visitas”, fiquei chocado quando ele disse “vou gozar” e ela então respondeu “Goza na minha boca” então ela já toda gozada saiu de cima da pica dele e se ajoelhou então ele levantou e gozou dentro da boca dela ela bebeu e ainda lambeu os dedos, após lambuzar minha mulher Lúcio foi embora e fiquei pensando que até que tinha gostado daquela situação.
No dia seguinte estávamos apenas eu e ele o único ônibus no ponto sem saída e de novo havia esquecido a marmita em casa, então Patrícia veio me trazer, ao chegar no ônibus estávamos lá eu ela e Lúcio, então ela se virou pro Lúcio e disse “ também trouxe uma coisa pra vc “ ele então respondeu “é, o quê?” ela então levantou o vestido e mostrou sua buceta sem calcinha, então Lúcio a levantou e começou a tocar nela com os dedos entrando em sua buceta ela já estava molhada Lúcio então disse “ “vamos para o banco de trás” ele também me perguntou “ou, vc não vem?” eu respondi “ não, vou ficar de vigia para ver se não vêm ninguém”, então ela olhou pra mim e gargalhou, eles forma pra trás e. Putaria começou Lúcio sentou-se no banco do meio e eu pude ver tudo, El então abriu a buceta com os dedos e sentou a buceta no seu pau enorme, ele a pegou pela cintura enquanto ela segurava nós seus bíceps largos e ele beu prazer só ia e descia a Minha esposa em cima do pau ela gozava e o gozo descia da buceta por entre a piroca e as bolas do rapaz, ela gemia muito eu então saquei o pau pra fora e comecei a me tocar, então começou a dizer pra ele “Vai fode forte que ele tá olhando mostra pra esse corno como é que se faz”, ele então a seguro firme pelos cabelos a tirou de cima a colocou de quatro sobre os banco e me gritou “olha Rodrigo, olha sou o que eu faço com essa pulga”, ele começou a estocar o cuzinho dela com vontade e ela gritava “ vai safado mete no meu cú arrebenta o cu da puta do corno”, ela então começou a gozar nos bancos enquanto ela tomava no cu ele massageava a buceta dela com os dedos, após tantas estocadas ele encheu o cuzinho dela de porra e disse “ a gora vc vai pra casa cheia da minha porra escorrendo pelas suas pernas na rua kkkk”, aí ela veio até o banco do motorista e me disse “posso pegar no seu câmbio” então ela se ajoelhou e começou a me mamar com vontade como nunca tinha feito, eu não aguento muito então logo gozei, ela olhou nos meus olhos e perguntou “ Amor o seu amigo pode ser meu amante fixo” eu fiquei meio surpreso com a pergunta aí disse a ela. “ pode sim meu amor vc é mulher demais para uma homem só”.

3256 views

Contos relacionados

Peguei a Puta da minha esposa Fudendo com o meu amigo e a fiz fuder com a tropa:

Sempre tive fantasias com a minha esposa, confesso que no começo tinha muito ciúmes dela, depois foi aumentando meus desejos e minhas fantasias sexuais com ela, uma vez comecei a perguntar a ela...

LER CONTO

Não acreritei que aquela grossura entrou nela.

Olá, eu sou o John, 45 anos e casado com Regina ha 12 anos. Regina é uma quarentona (42 pra ser exato) em última forma e muito sensual. Moramos em uma cidade fria do interior, cidadela onde...

LER CONTO

Se salvando através da devassidão

– Quero sua esposa aqui ao final do expediente… para tratarmos dos termos da sua não-demissão!! Faça com que ela não se atrase!! Agora vá… Rafer nunca gostou daquele jeito de paizão...

LER CONTO

Meu marido vacilou, dei pra outro gostoso

Meu nome é Carla, tenho 31 anos, sou loira natural, olhos azuis 1,70 de altura, cabelos compridos ondulados e seios médios empinadinhos. Tenho coxas grossas e bundinha redondinha e arrebitada com...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Nunes 08/01/2022 23:18

    Belo conto

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 2 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos