Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos traição » O Dia em que acabei com a amante do meu marido!

O Dia em que acabei com a amante do meu marido!

Publicado em 28/03/2024 por Anônima

Conto Erótico O Dia em que acabei com a amante do meu marido! 2024

Olá eu me chamo Fany, tenho 1,60, morena jambo, cabelos negros longos, seios pequenos e redondinhos bumbum médio e empinado, mais o que eu acho de belo em mim é a boca e as pernas ????

Era casada com Leandro, moreno 21 anos seu corpo não era malhado mais era um nego muito charmoso, sem contar aquela enfim ele também é dono de um pau enorme de 23 cm bem grosso que só de lembrar eu fico molhadinha, em um belo dia ele disse que trabalharia até tarde com um amigo nosso chamado Gilvan, até aí tudo bem, mais eu já estava desconfiada dessa mesma ladainha sempre aos sábados.

Então resolvi dá um tempo e ir atrás pra ver se de fato era trabalho ou outra coisa.

Cheguei no trabalho dele já me disseram que Ele e Gilvan havia ido beber na casa do Gilvan, como eu sabia onde ficava fui pra casa do Gilvan, chegando lá dei de cara com meu marido e uma garota bem jovem parecia menor de idade enfim bem jovem ao me ver ele a empurrou e ela percebendo a situação agarrou o Gilvan para disfarçar, enfim eu e ele brigamos e eu mandei ele ir pra casa do caral**..

Fiquei um tempo maquinando minha vingança daquela moça, me senti uma droga pois ela era bem mais jovem, e muito bonita.

Descobri que ela era garota de programa.

Então pedi um amigo que a contratasse, seu codinome era sapequinha…

Ela veio no local combinado (minha casa)

Ficou assustada ao chegar e ver que eu a recebi…

Sapequinha: olha eu não gosto do teu marido, ele só me contratou, por favor não me faça mau.

Eu: sorri e disse tá tudo bem, eu contratei seus serviços, aqui vc não é só amante, como também está sendo paga para prestar serviço.

Sapequinha: como assim? Eu pensei que fosse um homem.

Eu: então vc não é profissional certo?

Sapequinha: eu sou! Só nunca fiquei com mulher.

Eu: relaxa eu não quero transar, só vou passar um tempo contigo

Mais ela era legal, muito bonita, conversamos, soube que ela gostava de umas coisas pesadas (entorpecentes) e ela se abriu, e por causa dos vícios ela fazia vida.

Eu olhava o corpo dela e aquilo foi me deixa com muito tesão, ela esbarrava em mim o tempo inteiro como se tivesse jogando charme, e eu me fazendo de difícil, ela disse que sentia calor e eu disse fique a vontade, ela arrancou a blusa e abriu o zíper do short e me olhava no olhos, eu saboriei cada segundo, estava louca pra agarrar aquela garota, sentir um calor incontrolável e falei pra ela que entendi por que os homens gostariam de estar com ela.

Ela sorriu e disse:

Sapequinha: você gostaria de estar comigo também?

Eu agarrei logo aquela puta e a conduzir até meu quarto, ela era devagar, mais eu não logo a joguei na cama e comecei a beijar seu pescoço e finalmente pude apreciar cada pedacinho daqueles peitos gostosos durinhos redondinhos bicos rosados ela gemia muito gostoso, era nítido que ela tava gostando eu a virei como um brinquedo e logo dei uns tapas naquele rabo gostoso dela de quatro.

A danada não parava de rebolar, e disse que não sentia algo do tipo a muito tempo

Eu coloquei um dedinho naquela xoxota, lambendo aquele grelinho com maestria e ela chorava implorando pra gozar e eu não permitia é claro.

Aliás embora a vagabunda seja puta ela era muito apertadinha, quando já estava cansada de chupar aquela xoxota gosta eu permitir que ela gozasse bem gostoso

No final tomamos banho, e ela não quiz receber seu dinheiro.

Os anos se passaram, eu me casei novamente e em um dia qualquer encontramos a Sapequinha, ela veio sorridente e me chamou eu fiquei sem graça, ela me chamou para casa dela, disse que morava sozinha e tal

(Mais eu estava com meu novo marido)

(Confesso que ela foi uma das transas que marcou minha vida)

Ela me disse que havia assumido ser lésbica e que eu deveria assumir tbm, enfim descobrir que  gosto de garotas, mais tbm gosto de uma vara grande ou seja BI sexual, e devido meu status na sociedade não posso assumir minha sexualidade ????

696 views

Contos relacionados

AH ESSAS MULHERES!

SEMPRE GOSTEI DEMAIS DE SEXO, TANTO É QUE SE FOSSE UM POUQUINHO MAIS OUSADO E ATREVIDO, ACHO QUE TERIA TRANSADO ATÉ COM MINHA MÃE ASSIM COMO COM MINHA TIA, PRIMAS E ATÉ COM UMA DE MINHAS...

LER CONTO

O AMIGO \\\\

Minha esposa Dani ao contrário de todas tinha um melhor amigo gay super gente boa que ajudava Dani em tudo, inclusive nos estudos, por isso não saia lá de casa rendendo alguns comentários por ...

LER CONTO

Sem saber, meu marido escutava eu ser enrabada

Contos eroticos  Sem saber, meu marido escutava eu ser enrabada Por ocasião da minha festa de despedida de solteira, minhas amigas me obrigaram a ver filminhos pornô. Nós riamos e...

LER CONTO

AMORES!

QUANDO PERDEMOS NOSSO BEBE COM TRES MESES DE GESTAÇÃO, A PRINCIPIO CULPEI DEMAIS JULIANA POR NÃO GUARADAR O REPOUO MÉDICO RECOMENDADO E COM ISSO ELA FICAVA CADA DIA MAIS DISTANTE DE MIM SE...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 1 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos