Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos fantasias » Eu e minha gerente na empresa

Eu e minha gerente na empresa

Publicado em 10/05/2021 por Roberto

Eu e minha gerente na empresa

Eu não  costumo lembrar-me dos meus sonhos, poucos dias atrás  tive um sonho tão  realista que acordei com o coração  acelerado. O sonho não  sai da minha da minha cabeça  e escrevo aqui para virar a pagina, afinal era apenas um sonho. O sonho:

“Estava aguardando minha vez para realizar o teste de COVID-19 na empresa onde trabalho, quando chega o gerente de SMS e começa  a conversar com as pessoas que iam testar. Em determinado momento ele me questiona porque estava com a manga do macacao rasgada, mas eu não  tinha percebido e fiquei com vergonha, pois parecia um morador de rua. Na frente de todos o gerente de SMS disse que eu nao podia ficar na unidade com o uniforme rasgado e deveria ir no almoxarifado de EPI da unidade realizar a troca. Reclamei que já  estava fechado, mas ele insistiu dizendo que Ellen estava realizando trabalho interno e poderia entregar-me um novo macacão.

Fui até  ao almoxarifado, que é  proximo do auditorio onde estava, e fui na porta lateral que o gerente tinha me informado. Passo por uma sala cheia de caixas e entro na sala onde efetivamente eh realizada a entrega. Ellen não  tinha percebido que eu tinha entrado na sala e para minha surpresa ela estava trocando de roupa em plena sala de entrega de EPI.

Ela estava apenas com roupa intima, uma calcinha de renda branca minúscula  e sem sutiã. Quando me viu ela deu um grito e colocou as maos tampando os seios. Eu muito sem graça  pensei em explicar a situações  mas o que saiu dos meus labios foi: – Seus seios sao lindos e parecem muito gostosos!

[Ellen eh uma mulher que geralmente normalmente vejo de uniforme, logo nunca tinha reparado que ela tinha um corpao. Com uma bunda enorme, coxas grossas e seios medios.]

Diante da situação  constrangedora, pergunto se posso tocar os seios dela e para minha surpresa ela pede que sente na cadeira. Começou  a acariciar os seios com as mãos, mas em pouco tempo ela da um suspiro e atrevo-me a tirar a mascara e cair de boca em um peito, equanto continuo a acariciar o outro com a mao. Meu deus! Neste momento meu pau estava pulsando. Fazia circulos com a lingua e dava pequenas mordidas, que fazia ela suspirar mais forte.

Gradativamente fui descendo uma mão  para alcancar a bunda dela. Que bunda de respeito, grande e firme. Minha mão  conseguia acariciar apenas parte dela. E nada de calcinha, era uma fio dental que estava totalmente enfiada na bunda. Neste momento sinto gozando… tive uma ejaculação  precoce só com as caricias!

Apesar de estar todo melado por ter gozado sem intenção  nao paro com as caricias e vou descendo minha boca gradativamente e quando chego perto da calcinha ela toma a iniciativa de tirar a minuscula calcinha e eu sinto o odor delicioso de quem jah esta toda meladinha.

Coloco-me de joelhos e ela levanta uma perna para que eu acesse mais facilmente sua xoxota. Caio de boca numa xoxota linda, daquelas onde os pequenos labios saem para fora dos grandes labios. Uma xoxota carnuda com babadinho.

O suco da xoxota eh delicioso e volumoso, em alguns momentos tenho de engolir um pouco para nao babar, mas nao paro e continuo com a lingua macia e frenetica enquanto com as maos acaricio aquele bundao. Ela suspira forte e em poucos minutos sinto ela tremendo por inteiro. Gozou de forma intensa e mais liquido saiu daquela xoxota quase me fazendo engasgar.

Ela afastou minha cabeca, empurrou um computador para o lado e sentou-se na mesa com o corpo enclinado para tras e pediu: – Me come! Nao perdi tempo, jah fui tirando o macacao, mas quando fui tirar a cueca dei daquela limpada disfarcada para ela nao perceber que ja tinha ejaculado precocemente.

Penetrei nela facilmente, pois estava absurdamente molhada, e comecei aquele movimento delicioso de vai e vem com ela sentada na mesa, corpo inclinado, enquanto acariciava seus seus seios. Neste momento pensei: Porra, pelo mesmo lugar que entrei na sala outra pessoa pode entrar! Pensei tarde, pois quando olhei para o lado estava o gerente de SMS com a cara espantada olhando para gente. Ele disse: – Que porra eh essa que voces est?o fazendo!

Ficamos sem reacao. N?o sabia se parava, se corria, se tentava se justificar, mas para nossa felicidade ele simplesmente disse: – Eu tambem quero! E jah comecou a tirar o macacao e masturbar-se. Ele se aproximou de Ellen que come?ou a masturba-lo enquanto eu continuava a bombar naquela xoxota molhada.

Quando estava para gozar tirei meu pau para fora e gozei na barriga dela. Ela pegou um pedaco de papel e limpou-se e gerente de SMS come?ou a come-la enquanto eu me reestabelecida. Depois de alguns minutos vendo a cena jah estava com vontade de mais sexo (pau duro como uma rocha). Ellen disse: – Nao quero masturbar mais ninguem os pois podem me comer simultaneamente.

Nisso fomos para uma outra sala anexa onde tinha um colchao no chao [Nao me pergunte porque nao utilizamos o colchao antes, isso eh sonho, nao eh um relato real!!!]. O gerente de SMS deitou-se colchao e ela sentou-se sobre ele. Virou-se para mim e disse: – Voce vai comer minha bunda! Fiquei mais empolgado apesar de jah ter gozado duas vezes (uma precocemente, mas ainda sim duas vezes).

Nao perdi tempo, comecei a lamber a bunda dela e dei uma linguada molhada no cuzinho dela para lubrificar. Comecei ejá enfiei meu pau naquele bundao, neste momento ela deu um gemido forte e pediu para parar um pouco, ate se acostumar com dois paus simultaneos. Depois de um tempos para se acostumar fomos bombando. Eu na bunda e gerente de SMS na xoxota. Ela gemia muito gostoso… depois de alguns minutos senti o cuzinho “piscando”. Ela estava gozando novamente isso gerou uma reação  em cadeia. Gozei na bunda dela, mas desta vez nao tirei o pau. Foi porra para dentro daquele cuzinho. Eu levantei e ela tambem e vi a porra escorrendo pelas suas pernas. O gerente de SMS tambem tinha gozado dentro dela. Neste momento ele falou para Ellen: – Isso fica entre nos, senao voce esta na rua!”

O sonho termina por ai, acordei literalmente gozado. Isso não  me acontece desde a adolescencia, mas assim como acontecia na adolescencia, tive que bater uma para aliviar a tensão . kkk

ATENÇÃO  Isso eh apenas o relato de um sonho. Não  tem qualquer relação  com a realidade. Não  pretendo em hipotese alguma importunar a contratada. A vida continua cada um para o seu lado.

2054 views

Contos relacionados

Foi igual na minha fantasia

Foi igual na minha fantasia Fizemos um encontro entre amigos aqui em casa, churras, cerveja e tals... alguns casais, outros solteiros... a festa foi ate de tarde e alguns começaram  a ir embora,...

LER CONTO

Fotos da esposa para um amigo

Mostrei algumas fotos da minha esposa para um amigo no meu celular, falei que era esposa de um cara de Suzano e queria um amante pra esposa , ele me pediu para enviar pra ele e acabei enviando algumas...

LER CONTO

Lucio e Rose (III). Escolhemos bem a segunda troca.

Lucio e Rose (III). Escolhemos bem a segunda troca. Passado algum tempo da primeira troca que fizemos (já publicado), resolvemos realizar outra, mas desta vez queríamos com o primeiro casal que...

LER CONTO

A imobiliária

Meu nome e Bruna, sou corretora de imoveis aqui em BH e namoro um cara ja a 4 anos nunca tinha traido ele ate então. Fui mostrar um apartamento pra um rapaz, tinha mais ou menos a minha idade e tava...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 2 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos