Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos fantasias » Desejos de um corno

Desejos de um corno

Publicado em 16/06/2021 por Sergio

Desejos de um corno

Tenho mais de 35 anos e me relacionei com algumas mulheres.

Porem, sempre imagino minhas mulheres sendo comidas por outros homens que, geralmente, sao adolescentes pauzudos. Vou dar um exemplo real de meu fetiche.

As vezes imagino que estamos (uma mulatinha com quem me envolvi, baixinha e gostosinha, daquelas de bumbum rechonchudo, e eu) deitados é  noite. Então  ele entra, ja combinado comigo, e se deita do outro lado dela, só  de cueca. A principio ela fica assustada, mas eu a abraço  e digo que está  tudo bem e que ela não  precisa se preocupar, e ela aceita sem dizer nada. Então  ele começa  a bolinar nela, tira o pau pra fora, que tem uns 25 cm e ja esta lubrificado, e passa a esfregar nas pernas dela e se masturbar com suas coxas, sendo que o pau, por ser grande, sai na parte da frente.

Ela começa  a rir e, com o tempo, a gostar. Então  ele começa  a dar mordidinhas na orelha dela e a falar coisas que não  entendo direito, até  que ela passa a não  me dar mais muita atenção.

Eu fico com ciume e com tesão  ao mesmo tempo, e tbm paralisado, mesmo sabendo que já  estava tudo combinado. Ele impede que ela se vire para ele. De repente, escuto ela gemer mais forte com um gemido de dor.

Eu perguntou baixinho o que foi, e ela diz que a cabeça  entrou! É  isso mesmo, estou recebendo chifres vindos do traseiro dela! Ele começou a encaixar o pau, que tem a cabeça  avantajada, no traseiro da mulher que eu amo! Ela continua gemendo forte como quem não  te aguentando direito. Ela pede pra ele tirar, mas ele diz que vai parar um pouco pra ela se acostumar. Ele para, e ela fica como quem tá  sofrendo, mas tá  com medo de dizer que não  quer mais. De repente, ele começa  a fazer pequenos movimentos como quem tá  forçando  mais.

Eu sinto os movimentos e entro em pânico, porque sei que ele tá  tentando pôr  mais. Eu pergunto o que tá  acontecendo.

Ela diz que ele pôs  um pouco mais. Ele continua forçando  e os gemidos dela aumentam. Eu pergunto de novo o que foi, e ela diz que acha que a metade já  entrou. Eu fico quase gozando sem precisar ninguém  pegar no meu pau, porém, ao mesmo tempo, quase chorando de ciúme ! Ele tbm começa  a gemer, aí  eu sei que a coisa tá  boa mesmo, pois, quando o homem geme, o porque o tesão  ta a mil. Ela, que continua abraçada  comigo, me diz que tá  sentindo as bolas dele nas nadegas dela.

Eu me pergunto: Será  que vou conseguir viver com essa lembrança  daqui pra frente? Fico bem pertinho do rosto dela, ouvindo os gemidos e a respiração  dela. Então  não  aguento e dou-lhe um beijo de lingua Eu não  sei mais onde estou! De repente, ela diz: Tá  sentindo o pau dele se mexer dentro de mim! Então  ouço  ele gemer varias: Ahhh, Ahhh, Oiii, Aiii! Putz, que rabo gostoso!

Eu pergunto mais uma vez a minha mulher: O que foi, amor? Ela: Ele despejou tudo em mim, querido. Ele continua bem abra?adinho a ela, entranhado entre seus cabelos, sentindo seu cheiro de cabeção  lavados com shampoo e desfrutando de toda a satisfação  posterior que o orgasmo em um cu proporciona e que só  os homens sabem entender!
O pau dele ainda tá  duro e, após  alguns segundos, ele tira de dentro dela e sai, me deixando ali, desolado por ter presenciado minha mulher ter sido usada por outro homem para satisfazer seu prazer! Eu fico imaginando como ficarei quando for comer o rabo dela de novo, sabendo que ele provavelmente vai estar mais largo que antes.
Para me consolar, ela diz: Vem, meu amor, me fode pela frente. Eu digo: Não  vai deixar eu te sodomizar tbm? Ela: Hoje não. Hoje ele ficou dolorido. Outro dia vc come. Além  disso, to sentindo o sêmen  dele em mim. Parece até  que ainda tá  me fodendo!
Aff! Aquilo é  demais pra mim! O unico jeito eu ficar com o que sobrou. Então  eu faço  o meu papel de macho alfa e proporciono o melhor orgasmo do mundo a ela e, em seguida, a mim mesmo. Fico imaginando essa transa sendo a melhor de todas pela lembrança  que o comedor “mirim” deixou em nossas mentes.
Então, vcs acham que há  alguma coisa errada comigo? Tenho algum disturbio emocional, ou e so um desejo enrustido? Olha, tudo que narrei aqui é  a mais pura verdade, eu realmente penso isso!
Agradeço  pelos comentarios!

2969 views

Contos relacionados

Arregacei a putinha no banheiro da minha casa

salve pessoal, então,faz um tempo q eu leio diversos contos aqui,eu acabei ficando com vontade de escrever uma história real aqui então aqui vou eu. Eu tenho 17 anos e me chamo ítalo (nome...

LER CONTO

Fim de semana com meu melhor amigo

Ola pessoal! Quando decidimos entrar no mundo liberal, decidimos que não iriamos sair com amigos, apenas pessoas desconhecidas, seria mais fácil manter o sigilo, porém meu melhor amigo acabou...

LER CONTO

Fui enganado pela minha esposa

Fui enganado pela minha esposa Acordei lembrando da minha ex. Quando a gente namorava ela era virgem. Nunca deixou meu pau entrar na buceta dela porque era evangelica, mas era uma puta safada . Se...

LER CONTO

Encoxada no Largo treze

Encoxada no Largo treze Olá pessoal lê  um conto sobre encoxada aqui, tomei coragem em  relatar um acontecimento  comigo... Terça feria foi um dia comum, exceto pela encoxada que eu já ...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos