Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos fantasias » Encoxada no Largo treze

Encoxada no Largo treze

Publicado em 06/05/2021 por Menina_carente☺

Encoxada no Largo treze

Olá pessoal lê  um conto sobre encoxada aqui, tomei coragem em  relatar um acontecimento  comigo…

Terça feria foi um dia comum, exceto pela encoxada que eu já  havia combinado na linha lilas, sempre como de costume.
Vim trabalhar com uma calça  social branca, bem apertada na bunda e com uma calcinha de renda que podia ser vista nos detalhes mesmo por cima da calça  por conta da transparência.
Encontrei ele na Estacao Santa Cruz, nos cumprimentamos, mas perdemos o trem mais lotado, então  resolvemos esperar uma nova oportunidade.
Mas, para nossa insorte cada trem que vinha, vinha mais vazio o que anterior, depois de conversarmos uns 15 minutos na plataforma, onde por muitas vezes ele esbarrava a mão  ou bem sutilmente passava pela minha bunda, resolvemos embarcar assim mesmo.
Ficamos perto da porta, mas havia uma senhora que olhava fixamente pro volume no short do moço  o que fez ele recuar um pouco, o vagão  só  ficou melhor na estação  largo 13, mas mesmo assim não  conseguimos aproveitar, então  resolvemos descer na santo amaro. Demos um pouco mais de sorte, sentia o pau dele passeando pela minha raba de um lado ao outro, o que fez minha calcinha ficar molhada de tesão, conseguia sentir ele pulsando a cabeça  pra dentro da minha bunda, maaaas um cara parou ao nosso lado e olhava para baixo fixamente, mais uma vez desanimamos, ele se afastou um pouco até  o cara descer, o que por sorte não  demorou, coloquei a bolsa ao lado esquerdo do corpo, devagar e reparando na cara das pessoas, fui passando a mão  para trás  e apalpei com gosto o mastro do rapaz, pude sentir os detalhes da cabeça daquele pau duro enquanto massageava as bolas dele, infelizmente nao demoramos muito, por que logo um pessoal desceu, e o vagão  se esvaziou, resolvemos descer também na estação  Giovanni, a está  hora eu sentia o melacao escorrendo pela calcinha de renda, e chegando na portinha de trás.
Proximo trem, entramos, estava lotado, e não  conseguimos ficar de frente para a porta, ele ficou na porta e eu de frente para outros caras, sentia ele bombando a rola cada vez com mais força, e a cada bombada minha buceta se encharcava um pouco mais.
Descemos por fim na estação  Capão, eu queria ter aproveitado as escadas pra ir sentindo aquela rola nas minhas maos, mas infelizmente não  deu.
Nos despedimos e com a mão  na minha cintura ele me apertou contra o seu corpo, e me fez sentir o pau dele forçando  minha buceta, confesso que nessa horas as pernas ate deram uma enfraquecida, kkk, e assim fui pra casa, completamente melada de tesao por sentir aquele pau tanto na minha bunda quanto na pepeka.

2904 views

Contos relacionados

Iludida com o negão dotado

Iludida com o dotadoMeu nome é Aninha, dona de casa, uma pessoa comum. Tenho 1,69cm; seios bonitos, e um corpo que não é de se jogar fora.Sempre levei uma vida modesta, e como toda moça tive o...

LER CONTO

Fui enganado pela minha esposa

Fui enganado pela minha esposaAcordei lembrando da minha ex. Quando a gente namorava ela era virgem. Nunca deixou meu pau entrar na buceta dela porque era evangelica, mas era uma puta safada .Se...

LER CONTO

Minha esposa e o cara da drogaria

Primeiramente, estou impressionado do tanto de segredos de cornos que este canal possui, eu não sabia que tinha tanto.Mas enfim, vamos la. Sou casado a 1 ano e pouco, e estou com minha esposa a 4...

LER CONTO

Comi a minha esposa junto com a amiga dela

Me chamo Rodrigo e tenho 28 anos a minha esposa se chama Cláudia e tem 27 anos, somos casados já a um tempo e minha esposa tem uma amiga chamada Luana ela é super simpática é uma amiga do...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Preto Carioca 18/11/2021 15:35

    Meu sonho!!!!

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos