Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Incestos » COMO MAMÃE TEMIA, ME APAIXONEI POR ELA!

COMO MAMÃE TEMIA, ME APAIXONEI POR ELA!

Publicado em 05/02/2024 por charlinhos

conto erotico COMO MAMÃE TEMIA, ME APAIXONEI POR ELA! 2024

QUANDO DESCOBRI QUE MINHA MÃE E MEU TIO, SEU IRMÃO ERAM AMANTES E PELO VISTO A TEMPOS, TODO O RECEIO, MISTURADO AO MEDO QUE ELA TINHA DE MIM NÃO QUERENDO FICAR SOZINHA COMIGO, USANDO SEMPRE CALÇAS E MOLETONS, NÃO PERDENDO TEMPO PARA ME ESCULACHAR LEMBRANDO QUE ERA MINHA MÃE E QUE DEVIA CONTROLAR MEUS IMPULSOS MESMO PORQUE AINDA NÃO TINHA IDADE PARA ISSO, SUMIU DE UMA HORA PARA OUTRA PORQUE DORAVANTE A VERGONHA QUE TINHA, NÃO CONSEGUINDO ME ENCARAR, ACHO QUE ERA MAIS POR MEDO DE EU CONTAR PARA ALGUÉM, PORQUE ISSO DEU TREMENDO REBOLIÇO NA FAMILIA, COM MINHA AVÓ TENDO QUE MANDAR OS DOIS PARA TERAPIA COM ELES PROMETENDO, PERANTE O PASTOR DA IGREJA QUE MINHA VÓ FREQUENTAVA, QUE NUNCA MAIS FARIAM ISSO.

CONFESSO QUE NÃO CONSEGUIA OLHAR MAIS PARA MINHA MÃE PORQUE O ENCANTO E TESÃO QUE NUTRIA POR ELA DESAPARECEU DE UMA HORA PARA OUTRA, SENTINDO NAUSEAS QUANDO MEU TIO A PRESIONAVA PARA QUE FALASSE COMIGO, COLOCANDO FIM NESSA SITUAÇÃO, PORQUE ISSO ESTAVA MATANDO NÃO SÓ ELE MAS MUITO MAIS MINHA MÃE E EU.

NUMA TARDE MAMÃE ENTROU EM MEU QUARTO ME DEIXANDO SEM JEITO PORQUE DEPOIS QUE A CUMPRIMENTEI COM UM OI E NÃO MAIS COM ABRAÇO E BEIJO COSTUMEIRO, CONTINUANDO SENTADO DE COSTA PARA ELA QUE FALOU ALTO PARA EU DEIXAR DE FRESCURA ME PERGUNTANDO SE TINHA ALGUMA COISA PARA FALAR À ELA LEMBRANDO QUE A SITUAÇÃO ESTAVA FICANDO INSUPORTÁVEL.

CALMAMENTE VIREI FICANDO DE FRENTE PARA ELA ME DANDO CONTA QUE ESTAVA MAIS LINDA E RADIANTE PORQUE SEUS CABELOS DESPENTEADOS, CAIAM NA FACE REALÇANDO SEU ROSTO DE MENINA SAFADA, A BLUSINHA BEJE APERTAVA OS SEIOS SILICONADOS REALÇANDO OS AINDA MAIS E FINGINDO ME PREPARAR PARA FALAR ALGO, ENQUANTO ELA ME ENCARAVA DANDO PARA VER QUE ESTAVA BASTANTE ANSIOSA, ENGOLI SECO AO VER A CALÇA LEGGING MARCANDO A XOXOTA MAIS PERFEITA QUE JÁ VI NA VIDA, FORMANDO O FAMOSO CAPÔ E NÃO SABENDO O QUE FALAR, MESMO COM MILHOES DE PENSAMENTOS POVOANDO MINHA MENTE, ELA VEIO PARA MIM FALANDO QUE DEVIAMOS ACABAR COM AQUELA FRESCURA, PORQUE NINGUÉM ERA MAIS CRIANÇA, ME SURPREENDENDO SENTANDO NO MEU COLO DE FRENTE PARA MIM DEIXANDO MEU CACETE DURO PRENSADO EM SUA XOXOTA E ME ABRAÇANDO DEITOU A CABEÇA EM MEU OMBRO DANDO PARA SENTIR SEU CORPO QUENTE E TREMULO GRUDADO AO MEU.

MORRIA DE MEDO DELA PERCEBER MEU CACETE VIBRAR ME DANDO ENORME VONTADE DE ESPORRAR ENQUANTO SENTIA NOSSOS CORAÇÕES BATENDO ACELERADO, PARECENDO SER UM SÓ E APREENSIVO, FIQUEI MAIS AINDA QUANDO ELA AFASTOU SUA FACE CONTINUANDO ABRAÇANDO ME PELO PESCOÇO ME DEIXANDO PERCEBER O CHEIRO DE BEBIDA EM SEU HALITO, MISTURANDO COM SEU PERFUME INEBRIANTE, QUANDO CRIEI CORAGEM E ENCAREI ELA FIXANDO MEU OLHAR EM SEUS OLHOS AMENDOADOS, ELA ME SURPREENDEU COM UM BEIJO, A PRINCIPIO CALMO E ENQUANTO SUA RESPIRAÇÃO IA FICANDO CADA VEZ MAIS OFEGANTE, COM ELA SOLTANDO UM GEMIDINHO ABAFADO VEZ OU OUTRA, SE JOGAVA CADA VEZ MAIS PARA CIMA DE MIM FICANDO CADA VEZ MAIS ENLOUQUECIDA.

QUANDO ELA LARGOU NOSSAS BOCAS PARA MANDAR QUE DESSE A LÍNGUA PARA ELA CHUPAR, APOIOU O CORPO NAS PERNAS QUE ESTAVA NOS BRAÇOS DA CADEIRA E ENQUANTO ME BEIJAVA ALUCINADAMENTE ME FEZ TREMER TENDO QUE ME ESFORÇAR MUITO PARA NÃO GOZAR, O QUE CONSIGO CONTROLAR BEM POR SER UM TREMENDO PUNHETEIRO, ELA SEGUROU MEU CACETE COM SUA MÃOZINHA DE FADA, SOLTANDO UM UAU AO SENTIR O TAMANHO E ENQUANTO TIRAVA ELE PARA FORA, QUANDO LEVANTOU AS PERNAS, UMA POR VEZ, ENTENDI O RECADO E MAIS QUE DEPRESSA TIREI SUA CALÇA QUE ELA CHUTOU PARA LONGE E INTENSIFICANDO O BEIJO, TIROU A CALCINHA DE LADO ME MANDANDO SEGURA-LA E AJIETANDO MEU CACETE EM SUA BOCETA MELADA, GEMEU MUITO SOLTANDO UM INTENSO GRITINHO ENQUANTO MEU CACETE ESCORREGAVA PARA DENTRO DE SUA XOXOTA ME DANDO A MELHOR SENSAÇÃO QUE JÁ SENTI NA VIDA E DE OLHOS ARREGALADOS, FALANDO COISAS SEM SENTIDOS MISTURADA AOS INTENSOS GEMIDOS, DANOD PARA SENTIR SEU GOZO QUENTE MELANDO MEU CACETE, AGARREI ELA E COM SUA AJUDA FOMOS PARA A CAMA COM ELA NÃO CONSEGUINDO CONTROLAR MAIS O ESCANDALO QUE SE DESENCADEOU QUANDO CAIU DEITADA DE COSTAS NA CAMA ME LEVANDO JUNTO COM ELA QUE DELIRAVA NÃO SABENDO SE ME BEIJAVA, GEMIA OU ME DAVA OS SEIOS PARA MAMAR ENQUANTO DAVA ESTOCADAS CADA VEZ MAIS FUNDA E VIGOROSAS EM SUA BOCETA COM ELA TENDO ORGASMOS MARAVILHOSOS E ME SENTINDO REALIZADO, ENCHI SUA XOXOTA DE PORRA PORQUE NÃO ME DEIXOU SAIR DELA.

MAME AINDA GEMIA PERECENDO PROCURAR FORÇAS PARA CONTROLAR A RESPIRAÇÃO, POREM QUANDO SEGUREI SUAS PERNAS NO AR, TENCIONANDO PRENDA-LAS EM MEU OMBRO COMO VIA PAPAI FAZENDO NELA, ELA DEU UM FORTE GRITINHO QUANDO FUI MAIS FUNDO EM SUA XOXOTA, POREM ELA ME EMPURROU FALANDO QUE DEVIA PARAR QUE AQUILO ERA LOUCURA E QUE JAMAIS DEVIA TER FEITO UMA COISA DESSAS COMIGO E ME EMPURRANDO CORREU PARA SEU QUARTO ME DEIXANDO EXTASIADO E AINDA ESBAFORIDO SEGURANDO O CACETE MELADO COM NOSSO PRAZER ESCORRENDO NELE.

SENTINDO UMA PAZ QUE ME TOCAVA A ALMA, TENTAVA ENTENDER SE AQUILO REALMENTE ACONTECEU E PARECENDO SENTIR A XOXOTA DE MAMÃE APERTANDO AINDA MEU CACETE ME DANDO VONTADE DE MAIS, SAI DE FININHO INDO PARA O QUARTO DE MINHA MÃE PEGANDO ELA NO BANHEIRO E ME IMPONDO SEM IMPORTAR COM SEUS XINGOS, ARRANHOES E CHUTES, CONSEGUI AGARRAR EM SUA PERNAS E COM A CARA EM SUA BOCETA COMEÇEI POR EM PRATICA TUDO O QUE ASSISTIA NOS VIDEOS TENTANDO CHUPAR A BOCETA DE MINHA MÃE ENQUANTO ELA PARECIA QUE ARRANCARIA MEUS CABELOS AO ME TENTAR TIRAR DELA, POREM QUANDO CONSEGUI CHUPAR SEU GRELO PRENDENO O NA BOCA EM SUGADAS, CADA VEZ MAIS FORTE, ELA FOI SE RENDEDO ME CHAMANDO DE LOUCO E TARADO PERGUNTANDO PORQUE ESTAVA FAZENDO AQUILO COM ELA, QUANDO ME DEI CONTA, MAME ESTAVA ENCOSTADA NA PAREDE, COM UMA DAS PERNAS EM MEU OMBRO DELIRANDO DE PRAZER E GEMENDO PERGUNTOU ONDE APRENDI CHUPAR TÃO BEM ASSIM E ANUNCIANDO UM ORGASMO DELICIOSO, MELOU MINHA CARA ENCHENDO MINHA BOCA COM SEU PRAZER.

MAME PARECIA SONHAR AINDA ENCOSTADA NA PAREDE PARECENDO ACORDAR AO ME VER LEVANTAR E ME ENCARANDO ME CHAMOU DE FILHO DA PUTA ENQUANTO SEGURAVA MEU CACETE E FALANDO QUE IA SER O TERROR DA MULHERADA, ME PUXOU PARA O MEIO DE SUAS PERNAS TENDO QUE PEDIR CALMA ME MANDANDO METER DEVAGAR, POREM DESTA VEZ NÃO QUIS ME BEIJAR O QUE ME DEIXAVA CADA VEZ COM MAIS VONTADE COM ELA NÃO RESISTINDO QUANDO LEVANTEI UMA DE SUAS PERNAS FAZENDO ELA PIRAR PORQUE FUI MAIS FUNDO DENTRO DELA QUE GEMENDO SEGUROU MINHA CABEÇA PARA NOS BEIJAR E ENQUANTO GOZAVA JURAVA ME MATAR POR ESTAR JUDIANDO DELA E QUE SE FICASSEMOS APAIXONADOS ESTAVAMOS PERDIDO E ABAFANDO SEUS GEMIDOS COM BEIJOS ARDENTES CHEGANDO A MORDER MEUS LÁBIOS, GOZOU GOSTOSO SUSSURRANDO EM MEU OUVIDO QUE GOZASSE TAMBÉM PORQUE MEU PAI JÁ ESTAVA PARA CHEGAR E APOIANDO ELA DEBRUÇADA NA PIA METI COMO DOIDO FAZENDO ELA GOZAR MAIS UM POUCO E ENCHENDO SUA BOCETA NOVAMENTE DE PORRA, QUE CHEGOU ESCORRER EM SUAS PERNAS, ELA ME XINGOU MANDANDO NEM PENSAR NISSO QUANDO ALISANDO SUA BUNDA, TENDEI ENFIAR O DEDO EMS EU CUZINHO COM ELA ME MANDANDO EMBORA DALI.

SOU AMANTE DE MINHA MÃE A QUASE UM ANO E A PEDIDO DELA NÃO CONTEI PARA MEU TIO E ASSIM COMO ELE, MESMO NAMORANDO FIRME JÁ COM NOIVADO MARCADO, CHEGO A BABAR QUANDO ESTOU PERTO DE MINHA MÃE NÃO VENDO A HORA DE TE-LA EM MEUS BRAÇOS.

217 views

Contos relacionados

Gosto de ser a submissa do meu padrasto

Gosto de ser a submissa do meu padrasto Meu padrasto tem 53 anos, branco vermelho de sol, 170 de altura mais ou menos, muito peludo e corpo magro. Ele está  casado com minha mãe  faz mais de...

LER CONTO

Comi a priminha

Olá vou continuar a sacanagem com minha prima. Depois que acordamos e vimos o que fizemos ela não falou nada e foi tomar banho. Perguntei si ela queria uma pizza para jantar e ela respondeu...

LER CONTO

Meu filho me obriga usar buttplug

- O que é isso? Pergunta Laura ao seu filho Luis, segurando nos dedos um artefato parecendo uma jóia. - É um buttplug! A última moda que as mulheres adeptas do sexo anal estão usando! - Oh, não!...

LER CONTO

Conheci uma familia que curtia incesto

Oi, tudo bem?. Quando era novo e morava no interior do Ceará tinha a mania de ficar na janela vendo o movimento das outras casas. Até que um dia vi um movimento diferente… Era uma vizinha...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 4 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos