Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

BRUNINHA X MAMÃE.

Publicado em 26/09/2023 por charlinhos

CONVERSAVA COM MINHA MÃE QUANDO AQUELA DELICIA DE MULHER ENTROU ME CHAMANDO ATENÇÃO SEU JEITO EXTROVERTIDO E DECIDIDO DE RESOLVER AS COISAS, ANTES DE SAIR ELA PERGUNTOU QUEM EU ERA COM MINHA MÃE DANDO UMA PISCADINHA FALANDO QUE ERA APENAS MAIS UM CURRICULUM QUE ESTAVA ANALISANDO, RINDO QUANDO ELA FALOU QUE APROVASSE PORQUE IA ADORAR ME ENSINAR O SERVIÇO.

VENDO MEU INTERESSE NA MENINA MAMÃE ME ALERTOU QUE TOMASSE CUIDADO PORQUE SUA GERENTE ERA GENTE BOA, POREM MUITO INTERESSA SENDO O TIPO DE PESSOA QUE NÃO MEDE ESFORÇO PARA SE DÁ BEM NA VIDA ME CONVENCENDO A ACEITAR SEU PLANO ATÉ QUE NOS CONHECESSE MELHOR.

SEGUINDO AS ORIENTAÇÕES DE MINHA MÃE, RIA QUANDO ELA ME DAVA ORDENS CHEGANDO, EM ALGUMAS VEZES SE ABOSSIVA E AUTORITARIA, MESMO ASSIM COMEÇAMAOS A NAMORAR PARA DESESPERO MAIOR DE MINHA MÃE QUANDO ALUGAMOS UM APTO E FOMOS MORAR JUNTOS.

CONFESSO QUE MORRIA DE RAIVA E CIUMES AO VER ELA NAQUELES SHORTINHOS ENTERRADOS ANDANDO A VONTADE PELO CONDOMINIO TENDO VEZES QUE IA ATÉ A PADARIA ASSIM, SEM FALAR NAS SAIAS SUPER CURTAS E NOS TOPS E BLUSINHAS QUE MAIS REVELAVAM SEUS SEIOS DO QUEE SCONDIAM.

MINHA ESPOSA, COMO E INTITULAVA NÃO PERDIA OPORTUNIDADE PARA ME HUMILHAR JOGANDO SEU CARGO E GANHOS EM MINHA CARA E COMO MAMÃE, NEM EU SABIA PORQUE AGUENTAVA ISSO COM MAMÃE FALANDO QUE ELA TINHA ME DADO CHÁ DE CALCINHA PORQUE SEMPRE QUE TENTAVA IR EMBORA ELA NÃO DEIXAVA TERMINANDO FAZENDO AS PAZES NA CAMA COM ELA ME DEIXANDO USAR E ABUSAR DE SEU CORPO DELICIOSO ME FAZENDO ESQUECER A VIDA CAVALGANDO POR HORAS EM MIM SENDO SUA POSIÇÃO PREFERIDA, FICAR DE QUATRO COMIGO ATOLADO NELA QUE REBOLANDO ME FAZIA ENCHER SUA BOCETA DE PORRA E SAINDO DE MIM VINHA ME CHUPAR LIMPANDO NOSSOS GOSTOS EM MEU CACETE, VEZ OU OUTRA SENTAVA EM MINHA CARA, ISSO QUANDO QUERIA MAIS.

PARA MEU DESESPERO E TRISTEZA NÃO QUERENDO OUVI MAMÃE QUANDO FALAVA QUE ELA ESTAVA ME TRAINDO, COMEÇEI A DAR VAZÃO A ESSE TERRIVEL PENSAMENTO PORQUE JÁ NÃO ME QUERIA COMO ANTES, POIS AGORA ERA SÓ RAPIDINHAS ONDE ME MANDAVA METER LOGO PORQUE ESTAVA COM PRESSA E ASSIM QUE GOZAVA ME EMPURRAVA ME MANDANDO SAIR DELA NÃO ME DEIXANDO TOCAR MAIS EM SEU CORPO, ME XINGANDO ALGUMAS VEZES, EM OUTRAS ME INSENTIVAVA A BATER PUNHETA E GOZAR EM CIMA DE SEU CORPO E VEZ OU OUTRA ELA ME MANDAVA CHUPAR SENDO RARO QUANDO PERMITIA QUE TERMINASSE CHUPANDO SUA BOCETA.

NUMA DESSAS ELA OLHOU FUNDO EM MEUS OLHOS COMO QUEM QUERIA DIZER ALGO E ALISANDO OS SEIOS ME ENCAROU COM CARA DE PUTA E ALISANDO OS SEIOS ABRIU A BOCETA ME INSTIGANDO MAIS, QUANDO ME DEI CONTA ESTAVA ATOLADO NELA METENDO COMO DOIDO NEM LIGANDO PARA SEUS XINGOS ENTRE GEMIDOS COM ELA ME EMPURRANDO QUANDO ENCHI ELA NOVAMENTE DE PORRA E APARTIR DISSO ELA SÓ ME DAVA QUANDO PEGAVA ELA A FORÇA ATÉ QUANDO COMEÇEI A PERCEBER QUE ELA ADORAVA ISSO, POREM SE FAZIA DE DIFICIL NÃO PERDENDO TEMPO PARA ME HUMILHAR AFIRMANDO QUE SÓ ASSIM ELA SERIA MINHA.

CONFESSO QUE SOFRIA DEMAIS COM ISSO, POREM NÃO CONSEGUIA FICAR SEM ELA PORQUE ALÉM DO SEXO SER MUITO BOM, ELA ERA UMA DAS POUCAS QUE ME AGUENTAVA DE BOA DENTRO DELA, ALEM DO ANAL QUE MESMO PEIDANDO EM MEU CACETE PEDIA MAIS, O QUE ME DEIXAVA CADA DIA MAIS APAIXONADO E DEPENDENTE DELA.

COMO MINHA ESPOSA HAVIA INFORMADO QUE CHEGARIA TARDE EM CASA POR CONTA DE REUNIÃO, ACEITEI JANTAR COM MINHA MÃE QUASE ME ENGASGANDO QUANDO VI ELA ENTRANDO RADIANTE ILUMINANDO O LUGAR COM AQUELE SENHOR SEGURANDO EM MEU BRAÇO E ME OLHANDO NOS OLHOS ME DEIXANDO NUMA CALMARIA DESCONHECIDA MINHA MÃE ME PEDIU CALMA AFIRMANDO QUE AQUELE ERA UM DOS SEUS DIRETORES E QUE DEPOIS CONVERSAVA COM ELE PORQUE ERA CASADO E NÃO ESTAVA DANDO EXEMPLO DE FAMILIA ME MANDANDO FICAR NA MINHA E NÃO FAZER ESCANDALO.

CONFESSO QUE, ALÉM DO CIUMES ME DEU INVEJA VER ELE AJEITANDO GENTILEMNTE A CADEIRA PARA ELA SENTAR DEPOIS DE SE BEIJAREM E ME ENCARANDO MINHA MÃE ME FALOU QUE ERA DISSO QUE ELA ESTAVA TENTANDO AVISAR E QUE TIVESSE POSTURA DE HOMEM E NÃO FIZESSE BESTEIRA, CASO CONTRARI ME MATARIA.

QUANDO ELA VEIO NOS CUMPRIMENTAR FAZENDO QUESTÃO DE QUERER SABER COMO EU ESTAVA E O QUE ESTAVA FAZENDO ALI COM SUA CHEFE, MINHA MÃE NÃO ME DEIXOU FALAR O QUE ELA MERCEIA OUVI E SE IMPONDO RESPONDEU QUE ESTAVA CONVERSANDO PARA VER A POSSIBILIDADE DE ME DAR UM BOM AUMENTO E ENCARANDO ELA, MINHA ESPOSA FALOU: É SÓ MAIS UM CURRICULUM, NÉ CHEFINHA?!

NÃO ME DEIXANDO LEVANTAR PORQUE QUERIA DAR UM ESPORRO NELA, ME CALEI QUANDO MAMÃE ME OLHOU DANDO PARA BRILHOS EM SEUS OLHOS E FALANDO QUE NÃO A ESPERASSE PORQUE NÃO SABIA A HORA QUE VOLTARIA PARA CASA ME MNADANDO APROVEITAR A NOITE COM A TRAIRA DE NOSSA CHEFE.

POR MAIS QUE TENTASSE NÃO CONSEGUIA PARAR DE OLHAR PARA ELA PORQUE SEU AMANTE SEGURAVA SUA MÃO BEIJANDO A E VEZ OU OUTRA ARRUMAVA SEUS CABELOS COM OS DEDOS, IGUAL EU FAZIA PRENDENDO OS ATRÁS DA ORELHA BEIJANDO SUA TESTA E PERDIDO SEM SABER O QUE PENSAR, SEGUI MINHA MÃE QUE NEM ESPEROU, COMO EU QUERIA PORQUE A NOS VER SAINDO, MINHA ESPOSA VEIO ATRÁS DE NOS FICANDO DE PÉ NA CALÇADA ENQUANTO MAMÃE ME LEVAVA DALI.

MINHA MÃE RIA DE MINHA CARA ME CHAMANDO DE TROUXA, OTARIO, ACHO QUE POR TER BEBIDO CHAMPANHE, QUANDO ME PERGUNTOU PARA ONDE EU QUERIA IR, ABAIXEI A CABEÇA ESPERANDO O ESPORRA QUANDO FALEI QUE UM MOTEL ESTAVA BOM FICANDO SURPRESO QUANDO ELA ENTROU EM UM QUE SEGUNDO ELA VEIO ALGUMAS VEZES COM MEU PAI, ME FAZENDO RIR POR DENTRO PORQUE ELE JURA QUE NUNCA FOI EM UM.

ENQUANTO MAMÃE CAMINHAVA CALMAMENTE PARA O QUARTO, ADMIRAVA SUA BUNDA ARREBITADA COM O TECIDO LEVE E MACIO DO VESTID DEITANDO NELA DANDO PARA VER A MARCA DE SUA CALCINHA, OS SEIOS EXUBERANTES ORNADOS NAQUELA CINTURA FINA NUM CORPO CURVELINEO ME DANDO CONTA QUE EM VINTE E TRES ANOS DE VIDA ESTAVA TENDO TESÃO EM MINHA MÃE PELA PRIMEIRA VEZ NA VIDA.

QUANDO ELA PAROU NA PORTA, ABRACEI ELA POR TRÁS NÃO DEIXANDO FALAR PORQUE AO VIRAR BEIJEI SUA BOCA COM ELA INDO PARANDO DE RESISTI E SEGURANDO SUA MÃO ELA ME ENCAROU ME PERGUNTANDO SE ERA ISSO MESMO QUE EU QUERIA E PUXANDO A PARA MIM BEIJEI ELA NOVAMENTE COM MAIS INTENSIDADE COM ELA FALANDO MESMO COM NOSSAS BOCAS GRUDADAS QUE NÃO FIZESSE ISSO PORQUE ERA ERRADO E ESTAVA SENDO MUITO MAU COM ELA.

QUANDO MINHAS MÃOS DESCERAM PARA SUA BUNDA DANDO PARA SENTIR A CALCINHA ENFIADA NELA DEU PARA SENTIR ELA SE ARREPIANDO E SE AGARRANDO EM MIM, INTENSIFICOU O BEIJO PULANDO EM MEU COLO ENTRELAÇANDO AS PERNAS EM MINHA CINTURA ME DANDO AVAL COMO DIZENDO QUE ERA MINHA E LEVANDO ELA PARA A CAMA ALTERNAVA OS BEIJOS EM SUA BOCA E PESCOÇO DANDO MORDIDINHA EM SUA ORELHA DEIXANDO ELA CADA VEZ MAIS LOUCO E COM SUA AJUDA FOMOS NOS LIVRANDO DE NOSSAS ROUPAS.

QUANDO DEI DE CARA COM SEUS SEIOS ELA PIROU ALTERNANDO NOSSOS BEIJOS COM CHUPÕES E LAMBIDAS QUE DAVA NELES ENQUANTO ELA SE CONTORCIA DE PRAZER CERRANDO OS OLHOS COM SEU CORPO TREMENDO FICANDO ARREPIADO QUANDO MINHA MÃO DESCEU PARA SUA XOXOTA ABAFANDO SEU GEMIDO COM BEIJO QUANDO ALISEI ELA DANDO PARA SENTIR SUA CALCINHA MELADA COM A XOXOTA PARECENDO PEGAR FOGO E CHUPANDO SEUS LÁBIOS, LÍNGUA E SEUS SEIOS, INTENSIFICAVA A MASSAGEM EM SUA BOCETA DANDO PARA SENTIR ELA MELANDO MINHA MÃO COM SEUS GEMIDOS AUMENTANDO EM NOSSAS BOCA GRUDADAS.

QUANDO METI O DEDO NELA PELA LATERLA DA CALCINHA, ELA SE ENCOLHEU GRUDANDO EM MIM E ME CHAMANDO DE FILHO DA PUTA FALOU QUE IA FAZER ELA GOZAR DANDO MEDO O ESCANDALO QUE FAZIA ENQUANTO CONCENTRAVA OS ESFREGÕES FRENETICOS EM SEU GRELO COM ELA SE DEBATENDO ATÉ CONSEGUI FUGIR DE MIM QUE MARAVILHADO ADMIRAVA ELA SE CONTORCENDO ESTICANDO O CORPO  ENQUANTO ALISAVA A BOCETA COM OS ESPASMOS SACUDINDO SEU CORPO ATÉ DESFALECER DEIXANDO O CHEIRO DE SEXO JUNTO COM UMA TERNURA IMENSA DOMINANDO O AMBIENTE.

QUANDO BEIJEI SUA BOCA ELA ME EMPURROU ME DANDO UM VACA LAMBEU COM A MÃO EM MINHA CARA ME CHAMANDO DE BOBO E MAIS QUE DEPRESA ME AJEITEI NO MEIO DE SUAS PERNAS SEM IMPORTAR COM ELA FALANDO QUE NÃO AGUENTAVA MAIS, QUE DESSE UM TEMPO PORQUE ESTAVA MUITO SENSÍVEL E A CADA LÍNGUADA QUE DAVA ENTRE SEUS LÁBIOS, MELAVA A BOCA COM SEUS PRAZER NÃO DEIXANDO QUE FUGISSE DE MIM.

QUANDO ELA ROSNOU SE DEBATENDO FAZENDO ESCANDALO TENTANDO A TODO CUSTO FUGIR DE MINHA BOCA QUE DEVORAVA FEROZMENTE SUA BOCETA, QUANDO CONSEGUI PRENDER SEU GRELO EM MINHA BOCA COM SUGADAS FORTES, ELA FOI PERDENDO AS FORÇAS CHEGANDO A DAR MEDO O ESCANDALO QUE FAZIA ANUNCIANDO ORGASMOS INTERMINÁVEIS NÃO SABENDO SE PUXAVA MEUS CABELOS, ARRANHAVA MINHAS COSTAS OU DAVA PERNADAS NO AR ENQUANTO SERPENTEAVA A PONTA DA LÍNGUA EM SEU GRELO ATÉ ELA SE DEBATER ENQUANTO ENCHIA MINHA BOCA COM SEU MEL AGARRANDO A CALCINHA NÃO ME DEIXANDO TIRAR DELA.

MAMÃE AINDA GEMIA QUANDO DEITEI EM CIMA DELA COM ELA FECHANDO OS OLHOS DE VERGONHA ME AGRADECENDO PELO PRAZER QUE DEI A ELA, PERGUNTANDO ONDE APRENDI FAZER ISSO E SENTINDO SEU CORPO ARFANDO ALISEI A PICA EM SUA BOCETA POR CIMA DA CALCINHA COM ELA FALANDO QUE ASSIM NÃO TENTANDO ME CONVENCER QUE ERA SUA VEZ DE ME CHUPAR.

SABENDO QUE  NÃO TERIA OUTRA OPORTUNIDADE PARA METER ALÉM DA CERTEZA QUE ASSIM QUE METESSA EM SUA BOCA IA ENCHER ELA DE PORRA E QUERENDO APROVEITAR MAIS O MOMENTO, QUANDO ELA RELAXOU ME AJEITEI MELHO EM CIMA DELA E BEIJANDO SUA BOCA, AFASTEI  CALCINHA DE LADO E ENTREI EM SUA BOCETA MELADA, COM CERTA DIFICULDADE MESMO TENDO TODO O CUIDADO FAZENDO ISSO COM CARINHO COM ELA NÃO SABENDO SE ME XINGAVA, ARRANHAVA MINHAS COSTAS, GEMIA OU BEIJAVA MINHA BOCA TENTANDO MORDER MEUS LÁBIOS INDO SE ENTEGRANDO MANHOSAMENTE AO PRAZER.

QUANDO MAMÃE ME XINGOU FALANDO COISAS SEM SENTIDOS, NÃO CONSEGUI SEGURAR MAIS E ENCHI SUA BOCETA DE PORRA QUE CHEGAVA VAZAR QUANDO METIA CADA VEZ COM MAIS VONTADE E COMO QUERENDO TUDO DE UMA VEZ, FIZ ELA FICAR DE QUATRO E ENTREI NOVAMENTE COM VIGOR FAZENDO ELA DELIRAR E EM POUCO TEMPO ME XINGAVA AGRADECENDO PELO PRAZER QUE ESTAVA DANDO A ELA FALANDO QUE PERDEU A CONTA DOS ORGASMOS QUE TEVE E QUE ESTAVA FACINHO ELA ME QUERER NOVAMENTE ME PEDINDO QUE PARASSE SENÃO IA MATAR ELA E SENTINDO O CORPO DERRETER COM O CACETE FORMIGANDO, ENCHI SUA BOCETA DE PORRA NOVAMENTE CAINDO COMO QUE MORTO EM CIMA DELA QUE ARFANDO JUROU ME MATAR SE FICASSE GRAVIDA.

ESTAVA NO BANHO QUANDO ELA SE JUNTOU A MIM FICANDO ENVERGONHADA AO ELOGIAR TAMANHA BELEZA E GOSTOSURA, FALANDO QUE TIVESSE CALMA QUE NÃO ERA BEM ASSIM, QUANDO ABRACEI ELA FALANDO QUE DORAVANTE SERIA MINHA MULHER E ME EMPURRANDO COM BRUTALIDADE, A JOELHOU A MINHA FRENTE PARA ME DAR A MELHOR CHUPADA QUE JÁ GANHEI NA VIDA, POREM NÃO ME DEIXOU METER MAIS QUERENDO SABER O QUE ESTAVA ACONTECENDO COMIGO AO ME VER DURO NOVAMENTE.

QUANDO RECLAMOU DE DOR NA BOCA, FALANDO QUE NUNCA MAMAOU UM GRANDÃO ASSIM, AJUDEI ELA LEVANTAR E AO TENTAR FUGIR PRENSEI ELA NA PAREDE PARA METER MAIS EM SUA BOCETA SEM IMPORTAR COM SUA RECLAMAÇÃO QUE ESTAVA ARDENDO, QUE PRECISAVA IR EMBORA E QUE SE NÃO SAISSE DELA NUNCA MAIS IA SER MINHA NOVAMENTE, QUANDO VIROU A  CABEÇA PARA ME XINGAR, SEGUREI FIRME EM SEUS CABELOS E INTENSIFICANDO O BEIJO FIZ ELA GEMER ABAFADO DANDO MAIS UM ORGASMO ENQUANTO GOZAVA NOVAMENTE EM SUA BOCETA E NOS BEIJANDO UM DEU BANHO NO OUTRO E FOMOS EMBORA DALI.

QUANDO MAMÃE ME DEIXOU EM CASA, ASSIM QUE DEITEI AO LADO DE MINHA ESPOSA, ELA LEVANTOU PARA ME XINGAR QUERENDO SABER ONDE EU ESTAVA E MESMO SEM RESPONDER FALOU QUE ESTAVA INDO MORAR COM O SENHOR QUE TINHA CONDIÇÕES DE ESTAR NO MESMO NIVEL DELA E SEM DAR OUVIDO QUANDO MANDOU EI IR DORMIR NO SOFÁ, APAGUEI, ACORDANDO DIA SEGUINTE COM O SOL ALTO NEM INDO TRABALHAR.

FALAVA COM MINHA MÃE QUANDO O SIDICO TOCOU O INTERFONE PARA PEGAR AS COISAS DE MINHA ESPOSA ME ENTREGANDO UMA CARTA ME AGRADECENDO PELOS MOMENTOS MARAVILHOSOS QUE VIVEMOS JUNTOS E QUE SEMPRE IA LEMBRAR DE MIM COM MUITO CARINHO E QUE NÃO ENTREGASSE O APTO PORQUE IA FICAR COM ELE, UMA VEZ QUE NÃO TINHA CONDIÇÕES DE PAGAR, NEM O CONDOMINIO, ME FAZENDO RIR POR NÃO SABER QUE O APTO ERA DE MINHA MÃE E VOLTANDO A FALAR COM MINHA MÃE, ELA ME PEDIU CALMA FALANDO QUE FOI MELHOR ASSIM E QUE NÃO MARCASSE NADA PARA A NOITE PORQUE IA CONVIDAR OS AMIGOS PARA UM COQUITEL EM SUA CASA E DEVIA ESTAR LÁ TAMBÉM.

ENQUANTO CONVERSAVA COM OS CONVIDADOS CIRCULANDO PELA CASA, VEZ OU OUTRA MINHA, AGORA EX VINHA CONVERSAR COMIGO QUERENDO SABER O QUE ESTAVA FAZENDO ALI, ME FAZENDO RIR AO FALAR QUE O PATRÃO IA MANDAR ME MATAR QUANDO SOUBESSE QUE ESTAVA PEGANDO A MULHER DELE SE CALANDO QUANDO APONTEI PARA A ESPOSA DE SEU HOMEM, COM ELA SAINDO AS PRESSAS DE PERTO DE MIM.

QUANDO MAMÃE PROPUS UM BRINDE, CHAMOU PARA PERTO DELA MEU PAI, A ESPOSA DO SENHOR QUE PEGAVA MINHA EX E INTEROMPENDO O BRINDE PEDIU DESCULPAS FALANDO QUE ESTAVA ESQUECENDO A PESSOA MAIS IMPORTANTE DE SUA VIDA; A RAZÃO DO SEU VIVER E QUE EM BREVE FICARIA CUIDANDO DO PATRIMONIO DA FAMILIA, E ENCARANDO MINHA EX QUE DE OLHOS ARREGALADOS NÃO ACREDITAVA NO QUE OUVIA, ABRACEI MAMÃE COM ELA SUSSURRANDO EM MEU OUVIDO QUE MANDARIA FAZER UM QUADRO COM A CARA DE MINHA EX.

PARECENDO SABER DISSO, MAMÃE NÃO DESGRUDAVA DE MIM NÃO DEIXANDO MINHA EX FICAR SOZINHA COMIGO EM NENHUM MOMENTO SUSSURRANDO EM MEU OUVIDO QUE EU SERIA DELA, RINDO QUANDO OLHEI PARA MEU PAI QUE BEBIA TODAS, PORQUE, A PEDIDO DE MINHA MÃE OS GARÇONS NÃO DEIXAVAM O COPO DELE VAZIO, POREM NAQUELA NOITE MESMO DORMINDO EM MINHA CAMA, COMO JÁ ACONTECEU OUTRAS VEZES, NADA FIZEMOS ALÉM DE BEIJOS ARDENTES E PASSADAS DE MÃOS.

DESDE ENTÃO ESTOU SENDO AMANTE DE MINHA MÃE QUE DESLIGOU O SENHOR DE SUA EMPRESA E DESDE ENTÃO MINHA EX CONTINUA TRABALHANDO, POREM NÃO MAIS COM A LIBERDADE QUE TINHA ANTES PORQUE MINHA MÃE DEIXOU CLARO QUE NÃO CONFIA MAIS NELA.

531 views

Contos relacionados

Compulsão por ser sodomizada novamente

As amigas de Leilane estavam eufóricas e excitadas vendo os toyboys dançando por entre elas em suas minúsculas sungas. Se celebrava a despedida de solteira de Leilane ali na boite da Juju, um...

LER CONTO

Submetida e depravada com o marido ao lado

Tínhamos ido a um restaurante comemorar a promoção de Rildo, meu marido. A refeição maravilhosa e leve. Rildo praticamente tomou a garrafa de vinho inteira e depois bebeu mais três doses de...

LER CONTO

POR ORGULHO, PERDI UM UM GRANDE AMOR!

A FESTA DA EMPRESA DE RENATA, MINHA ESPOSA ESTAVA UMA DELICIA E ENQUANTO BEBIA E BELISCAVA O DELICIOSO CHURRASCO PAQUERAVA UMA DAS GARÇONETES MAIS POR NÃO TER O QUE FAZER PORQUE RENATA SUMIA VEZ OU...

LER CONTO

OS AMIGOS DO MARIDO ME FAZEM DE PUTINHA.

NUMA NOITE EM QUE GU ME DEIXOU ATE VESGA ME FAZENDO GOZAR DEMAIS NÃO TEVE COMO NEGAR O CUZINHO PARA ELE E COMO PUTINHA UNTEI O BRIOCO E FIQUEI DE QUATRO COM O OMBRO APOIADO NA CARA E MA~SO LIVRES...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 1 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos