Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos surubas » Suruba da Segurança

Suruba da Segurança

Publicado em 15/11/2023 por Fatpimp

Conto erótico  Suruba da Segurança em áudio.

Mais um conto real pra vocês

Trabalhei muito tempo como segurança, hoje em dia não desempenho mais a função. A coisa anda muito perigosa e tenho uma família pra cuidar.

Fazia segurança de grupos do pagode nacional em sua melhor fase.

Os shows rolavam na quadra da maior escola de samba de Porto Alegre. Aquela dos leões, perto do estádio do colorado.

E uma coisa é certa. BOTOU HOMEM E MULHER PRA TRABALHAR JUNTO? VAI ACABAR EM PUTARIA.

Uma noite estávamos nos preparando para fazer a segurança do show. Um colega novo, apelidado de Moicano, se enturmando com a gente, soltou a seguinte frase:

– Eu moro num apartamento aqui perto.

Um dos líderes de grupo, o Hélio, já armou a parada pra mais tarde.

No fim do show, selecionou só os de fé e me chamou.

– Max, não vai embira agora. Vamos pro apartamento do Moicano fazer uma social.

– Ok.

Ele chamou as colegas mais gostosas da segurança feminina e partimos pro apartamento do Moicano. Eu juro, inocente, não entendi o que estava prestes a acontecer.

Foi botar o pé no apartamento e mulheres começaram a tirar as roupas.

– Hélio, que porra é essa?

– Tu já participou de uma suruba, negão?

– Não!!

– Então hoje tu vai participar. Escolhe uma aí e pode meter até cansar.

Tinha uma nega muito safada, a Gina. Magra, corpo de nega véia gostosa. Tirei o pau pra fora e botei ela pra mamar.

– Nossa… olha o tamanho dessa rôla!!

A nega deitou e rolou. Que boquete gostoso. Nesse meio tempo, uma outra colega, que eu nem sabia o nome, se chegou pra perto de mim, completamente nua. Tirou meu pau da boca da Gina e já foi esfregando buceta.

– Tu tá pronto pra mim, negão?

– Com certeza, meu bem.

Meti na puta de pé mesmo. Comia uma e beijava a Gina na boca. As duas se revezando na piroca.

O apartamento era uma gemedeira sem fim. Tinha gente fodendo por toda parte. Dois colegas comiam uma loira gordinha no sofá, duas colegas se chupando num 69 no carpete da sala. Uma loucura.

A esposa de um amigo meu, aproveitou que o marido foi trabalhar e tava fodendo com geral. Quando eu vi, ela chupava três pirocas ao mesmo tempo. Um dos colegas filmou tudo.

Eu continuava comendo as duas. Consegui levar as duas pra um quarto que vagou. Pude então comandar a foda e dar um show de piroca nas duas. Botei Gina de 4 e meti por trás, a outra colega se revezava em me beijar e chupar meu pau babado da buceta da Gina. Quando gozei, elas mamaram tudinho.

Dei um tempo e parti atrás da gordinha loira. Já cheguei chegando, metendo o pau no cu dela, que aceitou tudo numa boa.

– Que pauzão gostoso é esse enfiado no meu rabo… mete… mete tudo!

A Gina largou o que estava fazendo e veio se juntar a nós. Ofereceu a buceta pra gordinha chupar, onque ela fez sem receio algum.

Armando, dono da empresa se juntou a nós, pegou a Gina e sapecou o pau na buceta dela. Ele fez a Gina gemer feito uma cadelinha.

Tirei meu pau do cu da gordinha e dei pra ela chupar, gozei na cara dela. A colega espalhava a porra pela cara.

A suruba durou até às 15h da tarde de sábado. Fomos embora acabados de tanto foder e gozar.

Espero que tenham gostado de mais uma história real. Até mais!!

633 views

Contos relacionados

A primeira vez de Livia em tudo; traição,incesto, menage.

Lívia escuta atentamente o que o marido lhe fala pelo telefone, imperceptivelmente balançando a cabeça negativamente. - Não acho que esse seja o caminho. Ele acabou de entrar na faculdade... não...

LER CONTO

Menage incestuoso e bissexual

Amanda resistiu o quanto pôde. Mas como ficar passiva ao molhado beijo de um homem que sabe fazer isso com experiência e tem quase a metade da idade dela? O jovem a segura firmemente pelos cabelos...

LER CONTO

Loucura de suruba

Que loucura inimaginável! Bom, já sabia que a noite prometia , pois duas amigas minhas lindas e loiras me ligaram do nada perguntando o que estava fazendo. Nem pensei muito e já as convidei para...

LER CONTO

Ai a tora do Carlos….. não me segurei….aconteceu……caguei na tora do Carlos…..a puta da minha mulher adorou……

Depois que o Carlos arrombou meu cu, passei uns dias sem sentar direito, mas na verdade não esquecia o prazer de levar aquela rola no cu, odo dia ele queria e eu negava, fazendo charme, dizia que só...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 4 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos