Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos surubas » Vanda e sua coleção de buttplugs II

Vanda e sua coleção de buttplugs II

Publicado em 16/05/2023 por Helga Shagger

Amanda mexe a cabeça de um lado pro outro com Teo fungando em seu pescoço. Uma das mãos dele está com os dedos acariciando internamente a xana da bela mulher vinte anos mais velha que ele. A ponta de seus dedos sente do outro lado da fina película que separa a vagina do reto anal, o seu próprio pênis deslizando num cadenciado entra e sai do cusinho dela. Eles estão na posição colher.

Amanda urra baixinho, soluça ao mesmo tempo em que tem um sorriso nos lábios semiabertos. Uma das mãos está por cima da mão de seu jovem sodomizador que lhe aperta um seio. Nesse momento ela sente o orgasmo intenso.
Enquanto Amanda se contorce como uma serpente, agarrando as mãos de Teo com força, ele se controla porque sabe que ela quer, logo em seguida, beber a forte ejaculação que está por vir.

Num esforço sobre-humano, ele retem o gozo, se afastando de entre as carnudas nádegas dela e puxa a camisinha fora. Amanda escuta o estalo que a camisinha faz e agilmente se vira com a boca aberta pronta pra capturar a rola de Teo. Sua mão afunda-se na xaninha e sua boca engole o máximo de rola que já lhe espirra parte de esperma no rosto.

– Alguma coisa pra falar pro dr. Raffer ou Joel?
– O filho de Lineo está irredutível! Mas eu sinto que meu marido tá balançando um pouco.
– Ué!? Ele é secretário do pai, um desembargador e fica mandando no pai!? Que otário!!
– Pois é. Esse é o lado bom de Lineo. Não me incomoda e sutilmente faz tudo o que eu peço. Me casei com ele logo após o divórcio pois pegava mal uma juíza ser concubina. Eu não esperava que ele tivesse um filho tão arrogante! Bem… acho que hoje a noite vamos a um restaurante. Depois te envio qual será e onde é.

À noite, Lineo e a esposa Amanda mais o filho Jorge e a esposinha Vanda foram jantar num requintado restaurante. Jorge muito carinhoso com a esposa, pois em duas ocasiões diferentes ela foi estuprada com buttplugs como recado para que o desembargador Lineo desse parecer favorável a três firmas acusadas por sonegação, licitação, tomada de preço, etc.
Nem Lineo nem Jorge saberiam qual seria o responsável ao ataque pelo ataque a Vanda.
Aparentemente Vanda não demonstrava estar traumatizada. A inserção dos buttplugs em seu anus aconteceu sem dor e os autores foram até gentis. Assim, o máximo que eles poderiam fazer com ela era sexo, caso seu sogro não cedesse a demanda desses bandidos.

Ela estava grávida de um mês e começava a ter fome e estar eternamente no cio.
– Olha só, Jorge! A coisa já foi longe demais! Nós temos toda essa aparelhagem do setor público, mas só atende quem cumpre a lei. Esses caras são poderosos e sabem que a espada da lei só pega alguns.
– Não vamos ceder pai! Já marcaram o avião e o hotel. Acho que em três dias detecto se o processo é o da refinaria!
– Olha só o que fizeram com tua esposa! Voce não leva em consideração o quanto ela está assustada!?
– Que nada pai! Vanda é uma guerreira como eu! Ela aguenta o tranco, né querida!?
– Bom… Não é nada agradável levar aquela coisa no anus! E expor meu corpo pra dois estranhos ontem e pra um hoje pela manhã! Se for só isso eu seguro as pontas!

Amanda, a tudo escuta em silencio, pega displicentemente o telefone de dentro da bolsa, dá uma ligeira olhada, clica duas vezes e o recoloca na bolsa. Depois dá um encantador sorriso e diz pegando a taça de vinho.
– O Teo vai me pegar às nove. Reunião com a junta do comércio…
– Pô, filho! Nego põe a mão no cu da tua esposa e você não acha isso demais!?
– São coisas diferentes! Um é coisa física. Pura banalidade! O outro é de moralidade da cidadania! Corrupção!
– As coisas não funcionam assim! Vamos parar com esse assunto agora. Vamos esquecer e jantar em paz!

Amanda esperou que todos acabassem a sobremesa e pediu licença, dizendo que “ia passar água no rosto”.
– Não quer vir comigo, Vanda?

Dez minutos se passaram e os dois maridos começaram a se olharem. Vinte minutos passados, entraram em pânico. Os telefones de ambos tocaram ao mesmo tempo. Na tela de cada um aparecia Amanda e Joana nuas e de quatro mostrando as nádegas com os anus decorados com buttplugs, cercadas por quatro homens encapuzados. Um deles negro, confirmando a fama de super bem dotado. Nada mais foi mostrado.
Foi através do telefone de Amanda que Lineo enviou a mensagem, concordando com os termos dos canalhas.

Vanda foi obrigada a chupar a xana de Amanda que por sua vez era beijada na boca pelo homem que parecia ser o mais velho. O mais novo penetra a xaninha de Vanda, que já começa a se entusiasmar com aquele clima de luxuria.
Acariciando a cabeleira de sua nora, Amanda interrompe o beijo e exclama com voz rouca.
– Alguém me dá um cacete pra eu mamar!!
– Pois não querida! – Responde o homem mais alto que estava ao lado do negro, observando o trio.
– Haa! Se deita por baixo dela, Teo! Vamos lhe dar a primeira experiencia de uma dupla-penetração! Voce já deve ter se acostumado em ser sodomizada, né Vandinha!?
– Sim! Mas… mas, não me leve a mal, mas eu quero ele!! – E Vanda aponta pro negro Bernardo.

Rafer, o homem mais velho, se afasta e prepara um drinque para si, ficando a observar a garganta profunda de Amanda em Joel e o esforço que Vanda faz pra aguentar as duas jebona dentro de si. Em seguida se aproxima de Amanda ajoelhada em frente a Joel e lhe sussurra no ouvido.
– Que tal você ser dupla-penetrada também!?

Parando de chupar o páu de Joel por um momento, ela balança a cabeça afirmativamente e em seguida abocanha o pauzão de Rafer. Num estado de plena euforia sexual, Amanda puxa os dois bem dotados para mais perto e tenta engolir as duas rolonas ao mesmo tempo. Mas, só consegue ter as glandes abocanhadas. Isso foi o prenúncio para que os dois homens tomassem o controle do que Amanda realmente desejava.
– Voce me penetra deitado, Joel! Quero te beijar na boca! E você Rafer, ao me penetrar, fica parado até eu arrumar e me acostumar com a rola de vocês no meu cusinho!!

Embora ainda se sentindo desconfortável com a jeba de Bernardo no cusinho, Vanda percebe que sua sogra é velha amiga dos estupradores. Gentis, mas ainda estupradores.
Teo vendo que Vanda está tensa e imóvel, ainda se acostumando com a rolona no cusinho, a abraça e gentilmente lhe beija. Parece que aquilo foi o gatilho para que ela relaxasse e retribuísse o beijo, não suavemente, mas com sofreguidão, querendo sugar toda a língua de Teo.

Com uma mão dedilhando a própria xaninha, Amanda urra dentro da boca de Joel quando atinge o pleno gozo de dois homens dentro si. Momentos depois, Rafer e Joel retiram suas toronas de dentro do cusinho dela. Eles a ajudam levantar-se e está quase se dirigindo ao banheiro quando Rafer lhe diz.
– Amor, que tal você chegar lá assim toda melada? Vai impressionar mais, não é!?
– Tem razão! Mas tenho que fazer xixi!
– E não esquece de mostrar o buttplug!

Vanda está respirando arriada em cima do tórax de Teo, se recuperando do intenso orgasmo que teve. Aparentemente, ela colocou toda sua culpa e arrependimento num canto de cérebro e fechou com chave. Ela nunca tinha estado assim antes, tão desejosa de sexo em toda sua plenitude. Se perguntava se isso era devido a gravidez.

Levantou a cabeça do peito de Teo ao escutar e ver que sua sogra estava com os cabelos desgrenhados, mas vestida. Ela levantou a parte de trás do vestido e Joel, também vestido, gentilmente lhe invade o anus com um buttplug. Ambos estão saindo quando Vanda se vê ali sozinha com três homens sem saber o que vai lhe acontecer.
– Hei!! E eu!?
– Querida! Teu sogro aceitou nossos termos e teu marido vai ter em se contentar que você resistiu a tudo bravamente! Voce agora passa a ser nossa “convidada”! Se quiser ir junto com Amanda, fica a seu critério!
– Van… Vandinha! Não se impressione! Esses homens são melhores dos que temos em casa! Por que você não fica por aqui até sair a decisão? Voce sempre poderá se justificar porque não voltou comigo! Aproveita e tenta a dupla-penetração anal! E você, Teo! Me apanha às nove amanhã!

Uma semana depois, Jorge e os sogros foram pegar Vanda no bar do mesmo restaurante que estiveram na noite do sequestro. Todo imbróglio ficou entre os quatro e Vanda confirmou que foi bem tratada e que nada sofreu o que Amanda tinha sofrido. Isso foi o suficiente pra Jorge ter paz de espirito. Mas, não pra Lineo que tinha recebido o vídeo das performances dela e de Amanda, a pedido dele para Rafer.

Por fim, sogra e nora ficaram a sós para conversar. Instantaneamente se beijaram saudosas. Amanda interrompeu o beijo e fez Vanda deitar-se de costas na beira da cama. Ávida, arrancou a fina e pequeníssima calcinha da esposa de seu enteado e, maravilhada, viu que ela apresentava dois buttplugs inseridos no anus.
– A experiencia em dupla-penetração anal foi determinante para que eu aumentasse minha coleção de buttplugs!

Convido meus leitores a visitar meu blog http://eternahelgashagger.blogspot.com.br/ onde encontrarão esses contos devidamente ilustrados. Obrigada

348 views

Contos relacionados

Minha esposa se arrepende de ser adúltera, mas eu a entendo.

Sinto um verdadeiro orgulho em ser casado com Janice. Nada é mais gratificante que o reconhecimento das pessoas à sua beleza. Suas curvas esculturais que chegam a ser um pouco avantajadas (na minha...

LER CONTO

Deixando o marido em casa para fuder

Deixando o marido em casa para fuder Durante a semana eu levava meu filho ao parque que ficava perto da minha casa e com isso, acabei fazendo amizade com várias mulheres que também levavam seus...

LER CONTO

Suruba da Segurança

Conto erótico  Suruba da Segurança em áudio. Mais um conto real pra vocês Trabalhei muito tempo como segurança, hoje em dia não desempenho mais a função. A coisa anda muito perigosa e...

LER CONTO

Fui usado pelo casal

Meu conto é que hoje na manha deste sábado 30/10, eu sai bem cedo para transar com um casal. Moro em Sobradinho-DF, andei de carro ate o Nucleo Bandeirante, tambem no DF, quase 1 h de carro de...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 2 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos