Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

Transmissão ao vivo

Publicado em 31/01/2024 por Fernando Moreno

contos eroticos Transmissão ao vivo 2024

Se lembra de Renata, minha tia da creche? É impossível esquecer, pelo menos para mim, depois da nossa transa. Ficamos ali deitados no chão mesmo da sala, conversando e recuperando o fôlego. Confesso a vocês que acabei adormecendo, e fui acordado com ela se levantando para ir tomar banho. Fui junto, é claro, no banho resolvemos ficar um tempo nos esfregando e nos beijando. Claro, meu pau não deu sinal de vida, já estava bem esgotado. Mais em meio ao banho e à conversa, confessei que tinha vontade de filmar um sexo gostoso (ao vivo) igual àquele que tivemos, ela riu, e disse:
─Quem sabe um dia?
O que me animou, ao sair do banho, foi que ela me pediu para levá-la em casa, já que a chuva tinha passado.
Levei ela embora, só ao chegar na casa dela, dei um beijo de despedida, fui para casa e dormi igual a uma pedra. De manhã, me levantei já com uma mensagem dela, de bom dia. Respondi com uma pequena provocação, perguntando quando que a gente iria fazer aquele filme delicioso? Ela começou a entrar na brincadeira e disse para marcar. O que brinquei com ela e disse que teria que comprar alguns brinquedos para poder entreter os internautas. O que ela me passou foi uma lista, mas não deixei de anotar. Quando tive chance, passei no sex shop que fica ali no center Brasil, um shop no centro da cidade. Acabei comprando um anel peniano, gel retardante, pois iria precisar, um vibrador pequeno para presentear ela, dois tipos de plug anal, um pequeno e outros que são com bolinha de pompoar e algemas. Literalmente, a atendente ficou de boca aberta ao me ver comprar todos esses tipos de acessórios, mas não liguei muito. Ao chegar em casa, mandei foto para ela dos produtos, ela riu e me chamou de louco por comprar aquilo e perguntou se era realmente verdade o que eu tinha dito de fazer um filme com ela. Claro que a questão de filmar era mais uma zoação, porém continuei fingindo que era serio para ver até onde iria essa brincadeira. Na brincadeira, dizia que iria transmitir ao vivo, para ver a reação das pessoas que iriam assistir. Na brincadeira, disse que faria, mas colocaria uma máscara para não ser reconhecida, o que me excitou bastante, mas disse que a máscara ela teria que trazer.
─O que acha de sábado?─ perguntou ela.
─Para mim, está ótimo.
Percebi que a brincadeira estava ficando séria. O que aconteceu na sexta peguei uma filmadora que tenho e fiz o teste com o aplicativo do notebook. Pegou perfeitamente. No sábado, ela chegou, me deu um beijo e me perguntou:
─Pronto para transmissão?
─Só se for agora!
Sentamos e conversamos como nos faríamos, para não ir simplesmente fazendo sexo e acabando logo de uma vez. Decidimos todo uma trama, desde conversar com as pessoas que iriam assistir, até na hora do vamos ver.
Fiz uma conta no chaturbate, arrumei toda a cama, ela colocou uma lingerie, a máscara. Aproveitei para passar o gel anestésico logo de uma vez, e deixei agir por um tempo. Depois, já limpei o gel, recomendação da moça que me vendeu, pois ele não pode tocar na xoxota da mulher, pois ela perde a sensibilidade.
Ficamos ali sentados na frente da câmera esperando alguém entrar, depois de alguns minutos vimos que já tinha alguns telespectadores, começamos a nos beijar e provocar, ela enquanto me beijava começou a se tocar para a câmera, puxando a calcinha de lado, e de vez enquanto olhava para a filmadora e fazia caras e bocas, o que me deixava excitado. Como toda filmagem tem seus truques, combinamos algum código ou toque para quando um estiver perto de gozar, avisar o outro de forma sutil, para podermos ficar o mais tempo possível de frente com a câmera, para fazer aquela media para quem estava assistindo.
Depois que percebemos que já tinha um tanto bom de pessoas online juntamente com a gente, ela tirou meu pau, e começou a bater uma punheta para mim de leve, olhando para a câmera. Enquanto isso ajoelhei na frente dela, deixando o meu pau a merce de sua boca deliciosa. O que ela entendeu e comecou a me chupar com gosto e sempre olhando para a câmara e conversando com as pessoas dizendo:


─Olha que pau delicioso, hum, nossa que delicia.
Ficamos ali por um bom tempo, entre uma chupada e outra eu segurava a cabeça dela e começava bombar meu pau na boca dela, como se estivesse fudendo ela. O que a fazia engasgar, mais eu adorava ver essa cena.
Enquanto ela me chupava, eu comecei a dar tapas na bunda dela, de leve fui aumentando pouco a pouco, o que deixou ela com a bunda vermelha, e entre um tapa e outro comecei a enfiar o dedo dentro da xoxota dela. Quando percebi que ela estava bem molhadinha, tirei meu pau da boca dela e, como combinado, deitei na cama, ajeitei a câmera para pegar a xoxota dela e comecei a chupar a buceta dela, com ela sentada em cima de mim me sufocando. Ela pegou o teclado e começou a responder um internauta que fez um comentário. Entre uma resposta e outra, eu chupava a buceta dela, e ela respondia a mim com um gemido de uma cadela no cio. Eu, dei uns tapas na bunda dela e aos poucos foi ficando vermelho, mas mesmo assim dava uns tapas gostosos. Após chupar a buceta dela, e deixar bem molhada com a minha língua. Roberta ajeitou meu pau na entrada da sua xoxota, só que ficou ali provocando os internautas, rebolando com a cabeça do meu pau sobre a sua buceta, e entre uma rebolada e outra ela fingia que ia sentar no meu pau. Alguns dos internautas escreviam mensagens falando para ela sentar, o que mais ela gostava de provocar. Ela, por sua vez, passou um lubrificante para poder sentar, foi aí que entendi que ela iria sentar no meu pau.
Fazendo isso, ela sentou devagar mais até sentir ele todo dentro da sua xoxota, o que foi maravilhoso. Senti meu pau todo melado pelo lubrificante entrar naquela buceta gostosa. O que ela, olhando para a câmera, fazia caras e bocas, e se tocava com o meu pau dentro dela. Quando algum internauta, pegava o note e começava a responder, assim ficamos por tempo nessa brincadeira deliciosa. Depois de um tempo nessa posição, um dos internautas pediu para fuder ela de quatro. O que logo atendemos, ela se posicionou com a bunda para cima. Arrumei a câmera, mas antes de enfiar meu pau dentro da sua buceta, comecei a chupar ela, o que fez ela gemer de forma deliciosa. Depois, coloquei a cabeça do meu pau, derramei mais um pouco de lubrificante sobre o meu pau e comecei a meter na buceta dela. Como estava delicioso, tinha me esquecido de que não era para gozar logo, e que deveríamos segurar ao máximo, para entreter quem nos assistia, e comecei a bombar com força e rapidez. De forma compassada e sem parar, o que atiçou quem nos assistia, assim eles mesmos começaram a pedir para gozar no rosto dela.
O que ela atenciosamente decidiu atender, assim ela começou a me ajudar e começou a gemer e bombar juntamente comigo, quando percebi que ia gozar ela, se virou para mim, e começou a me masturbar até eu espirar porra sobre o rosto dela. Pensa numa transmissão maravilhosa.

240 views

Contos relacionados

Transando na obra

Mais um conto real pra vocês Minha irmã mais velha iniciou uma obra nos fundos da casa do meu pai. Resolveu seguir morando perto, ao invés de alçar vôos mais altos. A obra já estava bem...

LER CONTO

Dei gostoso a Buceta um velho negro em sua casa .

Meu nome é Laura tenho 24 anos solteira clara cabelos pretos lisos compridos abaixo dos ombros, tenho 1 69 altura bunda grande empinadinha, seios fofinhos durinhos e fartos , eu tenho uma cintura...

LER CONTO

Que despertador!

Contos eroticos Que despertador em audio 2024. Como eu e a Síl já tínhamos gozados e estávamos exaustos, cai sobre a cama, cansado e suado. Ela por sua vez ainda estava recuperando o folego...

LER CONTO

loirinha rodada

Conheci uma loirinha linda na ultima calourada de medicina. Fiquei manjando ela um bom tempo e perdi a conta de quantos ela beijou. Os caras puxavam pra dançar e logo enfiavam a lingua nela mas era...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 5 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos