Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Gays » Quando eu dormia no quarto do meu primo

Quando eu dormia no quarto do meu primo

Publicado em 24/04/2021 por Maicon

Quando eu dormia no quarto do meu primo

So pra avisar eu nao tenho o costume de escrever mas depois de ler alguns contos me deu vontade de compartilhar o que aconteceu comigo, entao espero que nao se importem com os erros de gramatica.

Quando eu era mais jovem eu ia sempre visitar minhas tias por parte de pai porque meu pai era separado da minha mae, e uma vez fui passar ferias na casa de uma tia, e ficou de eu dormir no mesmo quarto do meu primo de 26 anos, e ele sempre foi muito timido e eu também  mas como eu conhecia ele desde pequeno a gente ja conversava normal.

No mesmo dia que cheguei de viagem ja estava muito cansado e ainda ficamos eu e meus primos e prima ate tarde conversando jogando baralho ate que chegou a hora de todos ir embora, minha tia ja estava dormindo, meu primo estava fechando as janelas e trancando as portas e eu fui tomar banho, quando sai do banho e fui pro quarto com meu primo percebi que ele estava vendo um video porno que ele recebeu no grupo do WhatsApp, a gente riu e ele ficou um pouco sem graca eu estava com pressa de dormir ja logo deitei nao demorou muito e eu apaguei.

Quando Acordei estava com um gosto amargo na boca que eu nunca tinha sentido antes e um cheiro forte da onde eu estava deitado, logo fui para o banheiro escovar dentes e lavar o rosto e fiquei olhando no espelho tinha algo branco e grosso na minha boca na hora pensei que fosse normal e acabei nem pensando nisso.

Depois quando ficou de noite de novo tomei meu banho de costume pois tava suado de brincar o dia todo quando sai do banho e fui pro quarto ele tava no WhatsApp de novo mas dessa vez me mostrou o video porno que ele tava vendo e ele me perguntou se eu curtia e se eu ja me masturbei, eu respondi que ja e logo em seguida me perguntou se eu me importava dele se masturbar e eu respondi que nao me importava era so ele esperar eu dormir, e todos meu parentes sabem que durmo feito pedra, sempre me atrasando pra tudo porque sempre dormia demais e ele tambem sabia, ele concordou e eu deitei na cama pra dormir.

Como a gente teve essa conversa eu fiquei por uns momentos pensando nisso, e logo escutei ele batendo uma, e como eu tinha deitado de lado para mesa dele, abri o olho e vi ele sentado com o pau medio e grosso na mao enquanto estava no note, e na hora eu perdi meu sono mas fechei os olhos e continuei tentando dormir.

Depois de um tempo escutei ele levantar e pensei que ele ja tinha terminado mas logo em seguida escutei ele me chamando e mexendo meu braco e eu pra nao dizer que estava acordado enquanto ele se masturbou fingi estar dormindo, e na hora que ele pensou que eu estava dormindo senti algo quente encostando minha bochecha, se esfregando da ate o canto da minha boca e percebi que ele tava batendo uma punheta e se esfregando no meu rosto, escutei sua respiracao rapida e ofegante e ele gozou na minha cara, e senti a porra dele escorrendo no meu rosto todo, com essa sensacao toda acabei me mexendo e escutei ele correndo pra cama e rapidamente deitar, e com tudo isso em nem sabia o que fazer, mal podia acreditar que meu primo tinha feito isso, so conseguia sentir o cheiro da porra em mim na hora me lembrou o cheiro que eu estava sentindo antes, e fiquei imaginando a cena dele levantando so pra gozar no rosto, e fiquei com medo, confuso e com tesao ao mesmo tempo, depois muito tempo pensando nisso acabei ficando com sono pois ja estava muito cansando me virei na cama esfregando o rosto no travesseiro pra limpar e dormi.

No dia seguinte acordei pensando no que houve e de novo com um gosto amargo na boca mas nem pensei muito sobre pois estava com o que aconteceu na cabeca e fui o ultimo a acordar, fui lavar rosto e escovar os dentes, e fiquei pensando o que ele tava na cabeca, fiquei imaginando se eu realmente estivesse dormindo, e acordasse com ele gozando em mim, geralmente quando me acordam eu fico de mau humor nem imagino o que poderia ter acontecido, depois disso nao sabia o que fazer ele conversou comigo como se nada tivesse acontecido e acabei fazendo o mesmo, depois ele me perguntou como eu tinha dormindo eu respondi que dormi feito pedra logo chegou os outros parentes e agi como nada aconteceu.

Quando ficou de noite e todos foram embora de novo, minha Tia sempre foi de dormir cedo e meu primo que sempre tinha o costume de ficar assistindo TV e fechar a casa, acabou que ficou so eu e ele e eu levantei e falei que ja ia dormir, falamos boa noite e ele ficou assistindo TV, quando deitei nao conseguia dormir fiquei no celular pensando se ele iria fazer isso de novo, escutei ele desligando a TV e vindo para o quarto, apaguei meu celular e fiquei deitado, quando ele chegou ele me chamou e me mexeu pra ver se eu estava dormindo de novo, eu so conseguia pensar no que tinha acontecido e acabei ficando de pau duro, aproveitei que ele me mexeu e virei meu corpo pra baixo, pra ele nao perceber, ele me chamou de novo mexeu e eu fingi estar dormindo de novo, escutei ele tirando a roupa e ele comecou a se masturbar ali mesmo de pe dessa vez o note dele tava desligado e tava tudo escuro e eu consegui ver ele abrindo um pouco um olho, dessa vez ele veio direto em mim, pegou minha mao e fechou no pau dele, e eu fiquei segurando de forma leve e pegou no meu braco e comecou a bater uma com a minha mao e com tempo percebi que comecou a ficar cada vez mais melado e fiquei pensando muito nisso porque meu pau nao era de ficar tao melado como o dele, talvez porque ele seja mais velho, depois ele parou e tirou minha mao e comecou a esfregar no meu rosto de novo e eu pensei que ele ja ia gozar de novo e fechei meu olho mas logo em seguida ele comecou a esfregar e melar meu labios, um momento depois ele comeca a puxar meu queixo pra baixo com a mao e eu estava curioso para saber o que ele ficava fazendo comigo enquanto eu dormia e so pensava no que ele iria fazer e como estava fingindo que estava dormindo fiquei deixando minha boca bem leve e fui deixando ele abrir.

Na hora que abri ele foi colocando o pau devagar dentro da minha boca, senti gosto doce da cabecinha do pau dele todo melado de pre-gozo que deixava minha boca toda deslizante mais do que ja e, e ficou metendo devagar e sempre colocando so metade do pau dele na minha boca, eu fiquei ouvindo a respiracao forte dele e cada minuto que passava ele ia mais rapido e sua respiracao ficava ofegante, depois de um tempo ele ficou bem rapido e prendeu a respiracao por um segundo acho que pra evitar de fazer barulho mas isso so piorou porque logo em seguida e fica todo ofegante e gemendo bem baixinho, enfiou o pau o maximo que ele conseguiu e senti o pau dele pulsando e um gosto bem amargo, mais amargo que as outras vezes, se espalhando na minha boca, dessa vez metendo mais devagar e percebi que ele estava enchendo minha boca de porra, eu fiquei pasmo, nao conseguia acreditar no que tava acontecendo, so conseguia prestar atencao no pau dele pulando e no gosto amargo na minha boca como sentia os outros dias e logo minha boca estava completamente cheia, nisso ele ficou metendo bem devagar so a cabecinha por uns segundo e depois tirou bem lentamente o pau da minha boca e ao mesmo tempo empurrando meu queixo com a mao para fechar minha boca. Escutei ele indo deitar e como eu estava virando para o lado contrario da cama dele abri meu olho, estava escuro mas dava pra ver bem tudo, meu travesseiro e o canto da cama todo melado, e minha boca ainda cheia, coloquei o dedo pra tentar ver e era grosso e estava todo grudento, o sabor ja tinha ficado menos amargo e mais doce, depois de um tempo com aquilo na boca nem sabia o que fazer com aquilo entao engoli, e fui dormir pensando no que acabou de acontecer.

Depois que tudo isso aconteceu isso virou rotina, toda noite ele esperava eu ir deitar e passar um tempinho, me chamava pra ter certeza que estava dormindo e me usava.

Uma manha acordei e percebi que ele estava fazendo isso de manha tambem, acordei com o pau mexendo delicadamente rapido na minha boca e assim que me toquei no que tava acontecendo senti ele gozando na minha boca, e gemendo baixinho, ele encheu minha boca com o gosto amargo de novo e saiu do quarto assim que saiu eu fui para o banheiro e olhei no espelho, e minha boca estava cheia de leite que eu tinha que levantar a lingua para ver ela, coloquei um pouco na mao e engoli o resto e fiquei vendo por uns instantes e depois fui lavar a mao e ele ficou grudado e aspero, e eu achei muito estranho, que fiquei ate prestando atencao depois pra ver se nao tinha no rosto.

Chegou final de semana que fui pro sitio com meu tio e meu primo nao foi, depois disso voltamos e meu primo seguiu com a rotina. Quando ficou de noite a hora que meu primo veio em mim e ele veio com sede ao pote, teve que esperar 2 dias pra me ver de novo, quando tirou a roupa ele ja estava duro e ficou batendo uma ate chegar perto de mim, e comecou a esfregar e forcar meu labios como fazia e eu sempre abria a boca devagar, mas dessa vez ele fez mais rapido parecia um pouco mais confiante, ao ele puxar e abrir minha boca e por pra dentro, e ficou metendo e quando ficava um pouco mais rapido ele dava uma parada e logo voltava lentamente de novo, e ficou assim por uns minutos, com passar do tempo ele foi se empolgando e comecou a meter no ritmo mais rapido de que de costume, e eu como de costume ele virava a minha cabeca deitado pra minha direita de lado na cama e ele vira a minha cabeca bem na beirada para ficar mais facil pra ele, o pau dele e um pouco torto pra esquerda, e nesse dia conforme ele foi aumentando a velocidade para gozar ele ia metendo cada vez mais fundo, ate que ele enfiou tudo que chegou a encostar no meu rosto, todo aquele pau e comecou a gozar na minha garganta, sentia o pau dele pulando muito na boca inteira e a cabeca do pau dele na minha garganta onde mais sentia pulsar como se estivesse cutucando minha garganta com cada pulsada e sentia o jato de leite esporrando bem na minha garganta tao forte que sentia a vibracao do jato na minha garganta, eu tentei segurar mas nao consegui, enquanto ele gozava eu engasguei comecei a tossir e tentar engolir, e no momento ele nao se importou muito olhei pra ele enquanto isso acontecia e ele nem estava olhando para mim estava focado no orgasmo dele segurando minha cabeca, e depois de terminar ele tirou o pau da minha boca e eu me fiz de sonso e perguntei o que ele tava fazendo, ele olhou pra mim e disse que ta brincando comigo, e me falou que nao era nada e pediu pra eu nao contar pra ninguem, que era brincadeira nossa, fiz uma reacao de como tava sem certeza. Nisso ele foi indo para cama dele vestiu o shorts e deitou, e eu fiquei pensando nisso, do que ele iria falar pra mim depois, porque eu gostava dele pensar que eu nao sabia pois eu poderia me fazer de desentendido, quando ele fazia uns comentarios no dia a dia quando a gente estava sozinho, como dormi tao bem essa noite, nada melhor do que relaxar e dormir, e agora fiquei pensando no que ele iria me falar nos momentos que a gente ficava sozinho.

No dia seguinte ele agiu normal, mas ele sempre teve o costume de me perguntar se dormir bem, acredito que era pra ver como eu reagia a pergunta e dessa vez ele nao perguntou ficou mais na dele mas ao passar o dia ele continuou agindo como se nada tivesse acontecido.

Quando chegou umas 19:30 da noite, minha tia e tio sempre tinha o costume de deitar as 19:00 por que eles trabalha cedo, so ficou eu e ele de novo e ele me chamou pro quarto e trancou a porta, falou que queria me mostrar uma coisa, ligou o note e comecou a mostrar uns videos porno e me perguntava qual eu mais gostava e eu fiquei desconfortavel respondi que nao sei e perguntei o por que, ele abriu a sessao de oral, e comecou a falar das preferencias dele, que gostava muito de oral e de masturbar e das posic?es que ele gostava e a maioria era onde o cara dominava a cabeca da mulher. Perguntou de novo do que eu gostava, eu falei que nao tinha certeza, sempre gostei de fazer a preferencia delas. Ai ele perguntou se eu iria gostar de uma brincadeira onde, ele faria o que eu gostasse e e eu fizesse o mesmo pra ele, e eu falei que nao era melhor ele continuar se masturbando e vendo video no note enquanto eu dormia que era melhor, eu na ideia de pelo menos voltar a ser como era antes, que eu podia fingir que nada estava acontecendo mas ele estava insistente, tirou o shorts e puxou minha mao o pau dele e pediu pra eu bater so um pouco que nao ia pedir mais que ninguem nunca bateu pra ele e era o que ele mais queria, eu acabei aceitando e comecei a bater pra ele e ele estava de pe na minha frente e foi cada vez chegando mais perto, trazendo o pau dele perto do meu rosto ate ficar bem do lado e eu continuei batendo, logo ele comecou a pedir pra eu chupar ele, eu falei que nao, que ele ja tinha feito isso uma vez, ele falou que e melhor quando esta acordado, continuei falando nao, e ele veio aproximando e puxando minha cabeca enquanto fala vai por favor, depois eu faco um favor pra voce, vai por favor e ficou esfregando o pau na minha cara e depois comecou a forcar o pau nos meus labios e encostando no dente, ate que abri a boca pra falar algo e nem deu tempo ele colocou na minha boca, e ele finalmente teve o que queria, na hora que abri a boca ele falou baixinho ?iiiissoo, assim, so um pouco?, na hora ate chupei ele um pouco e depois parei falei chega, ele falou ainda nao e puxou a minha cabeca antes de eu terminar a falar e segurando minha cabeca ele comecou a meter cada vez mais rapido mesmo eu empurrando ele, ele segurava e puxava minha cabeca a forca e eu nao tive escolha a nao ser deixar rolar, depois ficou todo ofegante, ate que ele ficou bem rapido me puxou, e comecou a gozar, e dessa vez como eu estava sentado e ele de pe na minha frente, eu consegui sentir muito bem o pau dele pulsando a parte de baixo do pau dele com a lingua e encheu de leite a minha boca, logo ele parou e tirou o pau da minha boca que estava tao cheia que nem tava pra falar, e me viu engolir tudo o leite dele acho que ele gostou muito disso e falou que essa pode ser nossa brincadeira e que ficaria feliz se a gente brincar todo dia, eu falei que nao, melhor nao, e ele falou, beleza e fomos deitar pra dormir, e no dia seguinte sempre agindo normal e eu sempre fazendo o mesmo.

Chegando de noite de novo ele veio atras de mim de novo, eu estava deitado na cama, ele trancou a porta e subiu em cima de mim, como se estivesse sentado no meu peito mas ele tava de joelhos na cama em cima de mim e comecou a bater uma punheta na minha cara, dessa vez ele nao tinha mais medo em me acordar, esfregando no meu rosto e batendo uma e puxando minha mao para o pau dele, e se mexendo em cima de mim, essa hora eu abri o olho e so vi o pau dele durasso ja na minha cara e ficou pedindo pra eu abrir a boca enquanto esfregava o pau no meu rosto de um lado para o outro e eu colocando a mao e virando a cara, sempre falando nao, e cada vez mais ele comecava a pedir menos e comecar a fazer sem pedir, pegou o pau e comecou a esfregar e forcar nos meus labios, ele ficava erguendo meu labio de cima com o pau dele e forcando que doia um pouco de vez em quando ficou assim ate eu nao resistir e abrir a boca pra deixar ele terminar logo, na hora que abri ele colocou o pau pra dentro, chegou mais perto, e apoiou na cabeceira da cama e comecou a meter a vontade, nessa posicao ele em cima da minha cabeca, nao conseguia fazer nada com a cabeca no travesseiro alto pra minha cabeca ficar tao erguida que meu queixo encostava no meu peito e ele em cima de mim, na frente do meu rosto, e ao ficar rapido ele metia muito fundo, e ja estava ofegante, gozou bem fundo de novo enquanto eu empurrava ele com medo de engasgar, mas ele mesmo assim enfiou o maximo que conseguiu e pulsava um monte e o pau dele ocupava minha boca toda que enquanto ele gozava escorria nos cantos da minha boca, meu olhos se encheram de lagrimas com aquela sensacao e depois que parou de gozar tirou pau da minha boca devagar, e me perguntou se eu preferia no rosto ou na boca, eu ja estava acostumado com o gosto mas nem respondi, em seguida ele falou que gostava mais na boca mas gostava de variar e que poderiamos fazer isso sempre, eu ja nem falava nada e logo ele saiu de cima de mim e fomos dormir, e depois disso ele ficou confiante, ja nao se importava de me acordar e nem tinha mais medo da minha reacao.

No dia seguinte quando todos sairam para trabalhar e ficou ele em casa de dia mesmo ele do nada tirava o shorts e vinha pra mim na sala mesmo ja colocando pau na minha cara e eu mesmo sempre falando pra ele pra a gente parar ele nunca dava ouvidos, ficava esfregando no meu rosto e eu ficava virando a cara e ele continuava vindo enquanto o pau dele ia ficando duro e assim que ficava duro ele vinha na minha boca e eu deixava ele abrir para ele nao ficar forcando e depois disso ele nem falava nada, ja sabia que eu nao iria resistir e que iria deixar e eu nao falava mais nada ele vinha esfregava na minha cara e quando ficava duro, puxava meu queixo pra baixo pra eu abrir e eu abria e ele metia na minha boca ate gozar, so falava as vezes que estava gemendo algo ou queria que eu fizesse algo e eu obedecia para acabar mais rapido e por que mesmo nao gostando muito da situacao eu ficava com tesao de tudo aquilo.

Depois de tudo isso toda vez que ficamos sozinhos juntos e ele tinha oportunidade ele ja ficava de pau para fora puxando minha cabeca e toda noite ele vinha em cima de mim, as vezes ficava de pe do lado eu se eu usava o notebook ficava de pe comigo na cadeira, mesmo depois do que eu falei que melhor parar e que nao queria, ele sabia que eu nao iria resistir e ele se aproveitou muito disso.

A partir de tudo que houve, o meu primo ja estava vindo pra cima de mim toda vez que lhe desse vontade, comecou a se aproveitar de manha, tarde e noite depois que eu deitava, a maioria das vezes eu fingia dormir, mas ele ja nao se importava que eu acordasse.

No dia a dia ele comecou a ficar mais intimo e nao sabia disfarcar, o que causou muita raiva. Quando ficou de noite e todos sairam para ir para o sitio de novo e eu nao gostava muito de ir, acabou que ficou eu e meu primo sozinho em casa por um final de semana, e depois de usar minha boca como bem queria ele me comecou a puxar assunto mais intimo, e me contou que ele ainda era virgem, e eu fiquei chocado, pois meu primo tem 26 anos.

Quando ficou de noite eu estava deitado no celular de barriga para baixo ele chegou e foi tirando meu shorts, e ja pelado e comecou a se esfregar em mim deitado e eu fui deixando rolar, ele parou por um minuto achei que ele iria vir pra minha boca, mas logo deitou em cima de mim de novo e voltou a se esfregar em mim, e esfregava o pau na minha bunda e dessa vez estava diferente, eu olhei e vi ele colocando uma camisinha e depois comecou a esfregar o pau no meio da minha bunda e forcar pra me comer, e comecou a doer e falei pra ele parar, ele parou e comecou a ir mais devagar, mas continuou mas toda vez que ele forcava, nao entrava so doia,e eu pedi pra ele parar, e comecei a virar ele me parou e disse ta bom vou so esfregar, ele tirou a camisinha, deitou nas minhas costas e ficou metendo entre minha bunda ate gozar e me melar todo, acho que ele nao sabia fazer direito mesmo depois de gozar ele ficou deitado em cima de mim se esfregando ate ficar de pau duro de novo e esfregando pau bem forte no meio da minha bunda ate gozar de novo e melou ate minhas costas, ele me falou que so tava curioso e perguntou se eu tinha curiosidade e eu nunca tive, e ele falou que gostou de ter esfregado desse jeito, eu perguntei do que ele gostava mais? e ele falou que ele gostava mais era na boca mesmo, foi o que ele sempre teve vontade de fazer, ate me conhecer, nisso ele levantou e tava tudo grudando e minha bunda toda melada acabei que fui dormir daquele jeito e so acordei com ele metendo na minha boca e gozando na manha seguinte, e assim que acordei fui tomar banho.

Nisso minhas ferias ja estava acabando e acabou que ficou rotina de dia quando tinha oportunidade ele me fazia mamar ele e de noite ele vinha comigo deitado fazia o mesmo, maioria das noite eu voltei a continuar a fingir que estava dormindo mas ele ja nao ia com cuidado como antes, so no comeco.

Quando acabou as ferias e voltei embora ele ficava me mandando muitas mensagens e ate nude no WhatsApp, e eu falei para ele parar, E que foi algo que aconteceu so nessas ferias e que ja foi, eu saia com as Menina da minha cidade e nunca liguei de usarem meu celular para tirar fotos ou algo do tipo mas com ele fazendo isso ja nao dava, e ele nao parava, tive que bloquear ele, e ele comecou a me encher de emails ja nao sentia a liberdade de abrir email na escola para fazer trabalhos, e comecou a pegar cel da minha tia para mandar mensagem pra mim, falei para ele me adicionar no Snapchat que la pelo menos nao vai nada para a galeria e bloqueei ele de tudo o resto. e ele nunca parou de mandar mensagem e fotos no snap, ate hoje manda.

Depois de uns Anos eu fui morar com meu Pai que era perto da casa da minha Tia e eu combinei com meu Tio dele me ensinar a dirigir, e meio Tio estava ensinando e eu e meu Primo conversamos normal e nada alem disso, na Terceira vez que ele ia me levar para dirigir meu Tio chegou cansado do Trabalho e falou que se poderia ser outro dia, eu falei que tudo bem a gente vai o dia que for melhor e tranquilo pra ele, meu primo tava na sala e se ofereceu para me ensinar e meu Tio concordou, eu e meu primo saimos de carro e ele ia me levar em um lugar mais tranquilo para dirigir, mas nao era o mesmo lugar onde meu Tio ia, enquanto ele me levava ele comentava que fazia muito tempo que a gente se viu e eu concordei e ele foi puxando assunto, chegando vi que ele me levou em um lugar rural onde tinha uma plantacao muito alta parou o carro e tirou o Pau pra fora, puxou minha mao e colocou no Pau dele ja duro e mexeu meu braco e comecei a masturbar ele, e eu falei que foi so aquelas ferias e que eu ate estava ficando com uma menina da cidade, e ele falou que nao tem problema, isso aqui e so brincadeira nossa e comecou a puxar minha cabeca pra baixo e eu nao queria mas vendo e sentindo o pau dele de novo me fez lembrar daquelas ferias e o tesao me tomou conta, quando ele me puxou e eu cheguei no pau dele, comecei a chupar ele de novo, e como a gente estava no carro, dessa vez nao era ele metendo na minha boca e ele segurando minha cabeca fazendo eu mamar ele, comecei devagar com uma mao bater e chupar so a cabecinha ao mesmo, com tempo fui aumentando a velocidade, e eu escutava ele ofegante e gemendo baixinho e isso me fazia lembrar de antes, nisso quando fui ficando mais rapido ele tirou minha mao, e eu continuei colocando mais o pau dele pra dentro e fui fazendo ate onde eu conseguia ate que eu escutei ele falando ?ai que gostoso, desse jeito, isso?? ficou todo ofegante e comecou a gozar, e conforme ele ia pulsando eu ia chupando ele mais fundo que conseguia acompanhando o ritmo da pulsacao dele ate ficar devagar, e ele gozou muito que foi enchendo minha boca que comecava a escorrer e eu ia tirando o pau pra ter mais espaco, depois disso eu levantei e ele me olhou viu que eu estava de boca cheia que encheu ate as bochecha e deixou minha boca melada e pediu pra ver, eu abri a boca e mostrei e depois disso engoli e me limpei, e ele falou que tinha saudades e que eu deveria vir mais e me ensinou a dirigir mas antes de voltar me fez mamar ele de novo. Sempre que meu tio estava cansado e meu primo ia no lugar ele me levava la pra fazer de novo, Mas quando algumas vezes ele ja combinou de me levar para dirigir com meu tio e me chamava para ir mais cedo, e quando isso acontecia ele me levava pra dirigir no sitio, e antes de me ensinar ele me chamava pra entrar so pra ele poder meter na minha boca que era o que ele mais gostava.

Depois disso Acabei voltando a morar com minha mae, e ate hoje todas ferias que eu vou na casa da minha Tia, quando estou deitado para dormir ele abre minha boca e me usa as vezes ate no meio da noite ele acabou me acordando ja com o pau na minha boca por causa do vai e vem, e de dia me obriga do mesmo jeito de antes a mamar ele segurando minha cabeca e esfregando na minha boca. Ultima vez que eu fui la eu tinha 19 anos e ele 32.

511 views

Contos relacionados

Meu tio tirou minha virgidade…

Sempre fui meio bobo, nerd, só me interessava por video games e jogos, gordinho e branco como papel, não via nem a luz do sol, meninas nunca estiveram no meu rol de interesses, mesmo eu ja tendo 16...

LER CONTO

O filho me levou para conhecer a mãe dele

O filho me levou para conhecer a mãe dele Só estou relatando o que me aconteceu e se vc nao quiser acreditar pau no seu cu Enfim como sou um cara de palavra e jamais vou revelar os envolvidos na...

LER CONTO

Meu tio me iniciou agora não quero parar

Olá tudo bem, esse é meu primeiro conto meu tio me iníciou. vou me descrever, sou branco 1.72 75kg 21 anos e bem atraente, não sou afeminado, sou um rapaz comum porem sou compromissado com...

LER CONTO

Tenho fantasias com minha irmã e meu namorado

Tenho fantasias com minha irmã e meu namorado Namoro um cara que tem tudo que uma mulher deseja: trabalhador, educado, responsavel, e muito safado . Quando estamos em público  ele age...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 1 = ?
Conheça o site de contos eróticos mais quente do Brasil. Faça outras pessoas sentirem tesão apenas com sua escrita, se abra com textos bem safados. Não deixe escapar nenhum detalhes, faça as pessoas se imaginarem naquela situação. Então saiba que você será capaz de fazer muitas pessoas gozarem apenas com suas escritas. Nós contos falamos apenas coisas pessoais que aconteceram conosco, agora já imaginou contar um segredo, algo único que ninguém pode saber? Então agora temos esse espaço, se chama meu segredo, você pode nós contar seus segredos, sem medos, sem julgamento, apenas se deliciar com os comentários mais safadinhos…… Então temos a maior mistura louca aqui, você pode falar dos seus desejos e ao mesmo tempo pode contar algo que te aconteceu… Esperamos entreter sua imaginação, leia os contos que te da mais tesão, temos uma ampla categoria, alguns dos melhores temas você só encontrar conosco,temas como cdzinhas, corno. Nós não somos responsáveis pelos contos aqui, apenas divulgamos contos enviados a nós. Somos um site independente sem parceiros. Melhores contos eróticos gays, contos eróticos cnn, contos de sexo, contos porno, contos com fotos. Então clica . Ah temos uma página de segredos, igual a página "eu confesso " mas 100% brasileiro e sem problemas com sua escrita Discover the hottest erotic story site in Brazil. Make other people horny just with your writing, open up with really naughty texts. Don't miss out on any details, make people imagine themselves in that situation. So know that you will be able to make a lot of people come off just by your writing. We tales only talk about personal things that happened to us, now can you imagine telling a secret, something unique that no one can know? So now we have this space, it's called my secret, you can tell us your secrets, no fears, no judgment, just delight in the naughty comments…… So we have the biggest crazy mix here, you can talk about your desires and the at the same time you can tell something that happened to you… We hope to entertain your imagination, read the stories that make you the most horny, we have a wide category, some of the best themes you can only find with us, themes like cdzinhas, horn. We are not responsible for the stories here, we only share stories sent to us. We are an independent site with no partners. Best gay erotic tales, cnn erotic tales, sex tales, porno tales, photo stories. Then click . Ah, we have a secrets page, just like the "I confess" page but 100% Brazilian and no problems with your writing Descubra el sitio de historias eróticas más popular de Brasil. Pon a otras personas cachondas solo con tu escritura, ábrete con textos realmente traviesos. No te pierdas ningún detalle, haz que las personas se imaginen en esa situación. Así que debes saber que podrás hacer que mucha gente se destaque solo con tu escritura. Los cuentos solo hablamos de cosas personales que nos sucedieron, ¿ahora te imaginas contando un secreto, algo único que nadie puede conocer? Así que ahora tenemos este espacio, se llama mi secreto, puedes contarnos tus secretos, sin miedos, sin juicios, solo deleitarte con los comentarios traviesos ... Así que tenemos la mezcla más loca aquí, puedes hablar sobre tus deseos y el al mismo tiempo puedes contar algo que te pasó… Esperamos entretener tu imaginación, leer las historias más cachondas, tenemos una amplia categoría, algunos de los mejores temas solo los puedes encontrar con nosotros, temas como cdzinhas, cuerno. No somos responsables de las historias aquí, solo compartimos las historias que nos envían. Somos un sitio independiente sin socios. Los mejores cuentos eróticos gay, cuentos eróticos cnn, cuentos sexuales, cuentos pornográficos, historias fotográficas. Luego haga clic. Ah, tenemos una página de secretos, como la página "Lo confieso" pero 100% brasileña y no hay problemas con tu escritura.
© 2021 - Club dos contos eroticos