Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos zoofilia » Perdi a virgindade com um cão

Perdi a virgindade com um cão

Publicado em 07/03/2024 por Zooaninha

CONTO EROTICO Perdi a virgindade com um cão 2024

Olá meu nome é Ana tenho 18 anos, sou loira tenho 1,65 , sou bonita e tenho um corpinho tentador… kkk. mas não interessa!
hoje tomei coragem de contar para vocês como foi minha primeira transa zoofilia.
Eu tinha 15 anos , e estava a estudar em uma escola agrícola no interior , e não sei se sabem, mas passávamos 15 dias em casa e a seguir 15 dias na escola a morar e a estudar.
Eu nunca fui de ter muitas amigas e amigos, sempre fui de poucas amizades porque fui muito disciplinada em questões de namorar cedo e não ter amigas que meus pais não confiavam.
Mas sabem como é a puberdade, nos levam além das regras… E assim foi!
Estavamos quase a terminar o ciclo de 15 dias para regressar a casa, quando uma ponte que ligava a nossa escola até a cidade quebrou , e estava chovendo muito! Só tínhamos este acesso, e por questões de segurança, ligaram aos pais para avisar que não iríamos regressar este fim de semana, até concertarem a ponte.
Então uma Menina linda da minha idade , que na tentativa de ser amiga minha me chamou para ir a casa dela no Sítio próximo da escola, passar esses dias , liguei ao meus pais e fui.
Mas aconteceu que ela tinha um irmão mais velho e assim que me viu, logo começou a me olhar e tentar me seduzir, e ela fingia que não via!
Uma certa noite a gente estava brincando de esconde esconde, e o danado se escondeu junto de mim , no mesmo mato, e começamos a conversar e num piscar de olhos ja se beijando e se tocando! Eu deixei ele passar o dedo em minha Xana , mas tivemos que voltar pra casa e fui deitar toda molhadinha e com um tesão louco, que nunca tinha sentido, mas não consegui me masturbar porque estava dormindo junto da minha amiga na mesma cama.
No outro dia acordei louca de vontade estar sozinha com o ele, e o procurei mas ele tinha saído com o pai e o tio á pescaria , e só iriam voltar depois de 3 dias.
Ficamos eu , minha amiga e a mãe dela.
Fiquei triste , mas tínhamos mais coisas pra fazer, e uma das tarefas era dar banho aos cães, e então fomos.


Sem nenhum tipo de maldade , completamente ingénua! pois não conhecia zoofilia!
Os cães ficavam presos em uma parte da fazenda, numa antiga escola que já não funciona a anos , e fizeram lá uma espécie de canil enorme!
Tudo estava normal, menos minha mente que não tirava aquele tesão da cabeça, a lembrança de quase ter dado pro irmão da minha amiga a noite passada no escondidinho.
Nós começamos a dar banho nos cães juntas e a brincar com ele, e até ficamos só de calcinha porque estávamos todas molhadas e só éramos nós duas e os cães lá, mas entre risos e brincadeiras minha amiga escorregou e tentando se levantar de quatro pés, um dos cachorros montou nas costas dela , um cão enorme! como se quisesse fuder com ela, agarrou ela pela cintura e tentando penetrar o pau vermelho dele nela, mas ela na hora se levantou olhando pra mim meio sem graça e disse, ESSE DANADO NÃO PODE ME VER DE QUATRO ,QUE TENTA ME COMER.
Eu sorri, mas fiquei meio sem graça.
porém após alguns minutinhos ela volta escorregar e notei que ela esperou o cão vir e tentar fuder ela de novo, e ele veio , mas desta vez ela demorou se levantar e brigar com ele..parecia gostar de se sentir desejada pelo cão, mas se levantou brigando com ele de leve.. em seguida me mandou ficar de quatro pra ver se era só com ela que ele ia fazer isso, mas recusei meio brincanco.. mas passados uns minutinhos ela sumiu com este cão, disse que ia levar ele para secar e me mandou continuar dando banho nos outros, eu obedeci!
Mas do nada eu fiquei muito desconfiada com a atitude dela, e fui seguir ela, e quando cheguei no quarto do cão, não estava lá ninguém! nem ela nem o cão! Então eu fui olhar em silêncio no quintal onde era uma antiga horta, agora cheia de mato! E acabei vendo ela de quatro, peladinha e o cão a lamber a bucetina dela e ela se masturbando , em seguida ele começou a trepar nela ,como se ela fosse uma cadela, e fuder ela! ela gemendo baixinho e derrepente, ele e ela ficaram parados sem mais movimentos de vai e vem.. estavam grudados, ela segurando as pernas dele pra ele não descer , eu não estava acreditando no que eu estava vendo! Ela não queria que ele parasse ou descer de cima dela! mas ele conseguiu virar e ela deu um grito de susto e dor! ficaram praticamente de bunda meio de lado um para o outro, e eu me assustei mas ao mesmo tempo comecei a morrer de tesão e vontade de perguntar o que ela sentia. Mas como fiquei com medo da reação dela ao saber que eu vi. Por isso eu voltei pra terminar a tarefa que ela me mandou fazer.


Mas meu tesão só aumentava a cada segundo!
Ela apareceu novamente com o cão, como se nada tivesse acontecido, e disse que o cão escapou a estava correndo atrás dele. E me pediu para voltar a dar banho nele enquanto ela ia buscar comida na casa que a gente dormiu, ela montou na moto e saiu, eu voltei dar banho nele .. mas com aquela imagem e curiosidade na cabeça, passei a mão no pau dele e senti que não era muito grande, parecia pequeno e fino, então fingi que escorreguei e fiquei de quatro pra ele, e o danado não perdeu tempo .. pulou em mim, eu levantei e briguei com ele .. de leve! Mas tive que interromper o banho e levar ele lá para a horta onde ele tinha acabado de comer ela, só para fazer um teste, pensei só em deixar ele meter sem grudar, achei que conseguiria controlar ele.
Assim que entramos no mato ele começou a lamber minha bunda e minha calcinha, de certo sentiu meu tesão ! eu confesso que fiquei com medo e com tesão, tirei a calcinha e deixei ele me lamber, estava muito gostoso, mas tava com medo, voltei a vestir a calcinha mas fiquei de quatro pra ele subir em mim, pra mim me masturbar enquanto ele tivesse tentando me fuder, sabe? me agarrando e no movimento do vai e vem.. mas sem meter de verdade! Só de eu ficar de quatro que ele começou a trepar e a meter como se fosse a sua primeira vez com uma cadela, mas não conseguia penetração porque eu estava protegida de calcinha e me masturbando com a mão por dentro da calcinha, mas sentia umas cutucadas fortes e frequentes na boquinha da minha bucetina ele fazia o vai e nem empurrando o pau dele em mim, tentando romper o tecido forçando em busca de uma brecha para me penetrar .. foi então que notei que estava molhando minha calcinha e minha mão de um líquido quente, e que quanto mais ele tentava, cada vez mais forte ele metia e jogava esse líquido e mim! Ele não se aquetava! descia e lambia, e voltará a montar cada vez mais forte e eu escutava aquele bafo no meu pescoço então eu passei a mão no pau dele e notei que estava muito duro e que tinha uma parte com duas bolas.. logo pensei em deixar ele por só a ponta fina até encostar essas bolas duras na minha mão ..
mas assim que eu tirei a calcinha pro lado , nem deu tempo de por a mão direito ! o danado agarrou forte em meu quadril e puxou minha bunda pra ele, e em um movimento frenético e com estucadas fortes, o pau dele passou por entre meus dedos com as bolas e tudo! enfiou tudo!
Senti uma dor forte mas ao mesmo tempo minha bucetina gostava e senti ela a dilatar e a pulsar de tesão! Me joguei no chão e e empurrei o quadril dele, escutei um Ploft! E uma dor gostosa na buceta e vi escorrer um líquido da minha Xana e ela estava ardendo e se contraindo de tesão, olhei pra ele, ele estava com um pau enorme! Absolutamente enorme e grosso! Assustei e pensei, estou louca! Isso não aconteceu! Quase dei para um cão! Ele ia me arrebentar toda por dentro! Me senti como que se por uns instantes eu estivesse sida possuída por um cio !
Me recompus no meu estado menina virgem, e briguei com ele.
Passando uns minutos minha amiga ligou e disse que a moto estragou e não ia vir agora, ia esperar a chuva passar e depois viria com um amigo dela me buscar!


Eu terminei a tarefa e fiquei sentada na porta entre o canil e a horta! E meus pensamentos voltaram aquela imagem dela dando pro cão,e depois lembrando das sensações maravilhosas e inesquecíveis que senti com ele! O cio voltou! Esta notícia da demora dela vir me buscar me despertou um desejo enorme de tentar de novo! Mesmo com a perereca ardendo um pouco, Voltei chamá-lo ,mas desta vez sem calcinha.. completamente pelada! e ele nem pensou duas vezes, o danado chegou lambendo minha buceta como se estivesse acariciando e massageando ela, preparando ela para o que ia vir, ainda fiz hora com ele, fiquei deixando ele me lamber e ia me masturbando… quando ele montava em mim, eu me jogava no chão, e ele continuava seus movimentos de meter no vento, depois eu voltava e ficar de quatro pra ele voltar lamber e preparar o caminho para a rola dele passar, e voltava a deitar, mas em uma dessas deixa e não deixa, ele agarrou forte em meu quadril e puxou minha bunda pra ele, e em um movimento insistente e com o esfrega esfrega do seu quadril no meu, em uma estucadas fortes, novamente o pau dele passou por entre meus dedos novamente com as bolas e tudo! enfiou tudo! Até não ter nada mais para entrar! Passei a mão e notei que não tinha nada dele para entrar! Neste momento me senti uma cadela, e me entreguei aquele momento aproveitei cada minuto que ele ia me possuindo e gozei nele e ele em mim! Sentia seu nó inchando dentro de mim.. minha buceta mordia o pau pele com contrações do tesão! ele tentando enfiar mais pra dentro ! Mas já não tinha ! Eu tentei puxar ele pra mais dentro de mim, mas não entrava mais! De delícia!


Derrepente ele parou os movimentos .. E com isso comecei a me masturbar com ele ainda gozando dentro de mim e notei que estava escorrendo porra dele de dentro da minha Minha bucetina ! Ela custinpo de dentro pra fora meu gozo e o dele, e ele enchendo mais , pois não cabia mais dentro de mim… ! Neste momento de êxtase e orgasmo, Ele tentou sair de cima, eu tentei segurar as pernas dele, como ela fez, mas não consegui, ele desceu meio de lado , e por segundos ainda ficamos grudados seguros pela contratação da minha bucetina e pelo enorme nó que inchou dentro da minha parede vaginal! E do nada ele se desprendeu de mim, senti um dor como de tivesse rasgando minha bucetina!
Dei um grito de dor e me deitei no chão para ver o estrago que ele tinha feito em mim..! Notei que estava aberta e vazando porra , ardendo muito mas que estava satisfeita e orgulhosa de ter dado para aquele cão enorme! com o pau maior que minha mão e grosso pra caramba! Me senti mulher ! Fiquei assistindo ele a me lamber e a lamber o pau pele até ele voltar pra dentro da capa, a tal capa que me enganou, e me estrupou!
Depois voltamos para casa da minha amiga! Também reagi igual ela, como se nada tivesse acontecido!
Depois continuo a contar mais.

992 views

Contos relacionados

Noiva realiza desejo de infância – sexo com cachorro Nestor – encontros zoo

Conto erótico  Noiva realiza desejo de infância - sexo com cachorro Nestor - encontros zoo,  em áudio. Bom dia, meu nome é Leo, quero relatar algo que aconteceu semana passada,...

LER CONTO

COMPREI UM DOG ALEMÃO SÓ PARA ME FAZER SUA CADELA

Conto erotico COMPREI UM DOG ALEMÃO SÓ PARA ME FAZER SUA CADELA 2024 EU SOU SOLTEIRO, 63 ANOS E DESDE DE MUITO JOVEM PRATICO A ZOOFILIA COM CACHORROS. FUI UM DESEJO QUE APARECEU  QUANDO AINDA...

LER CONTO

Bebendo o leitinho do meu dog

Bebendo o leitinho do meu dog Tenho muito tesão  em zoofilia, e que sempre que possivel, eu masturbo o cachorro da família , um labrador. Sempre batia uma punheta pra ele e sentia o pauzao...

LER CONTO

Conto erotico OS GATOS DE TITIA.

Audio Conto erotico OS GATOS DE TITIA. OS GATOS DE TITIA. QUANDO MEUS PAIS VIAJARAM, MAMÃE QUEBROU MEU BARATO DE FICAR EM CASA SOZINHA FRUSTRANDO OS PLANOS DE ESTAR COM AS MENINAS ME...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 5 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos