Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos locais públicos » Fui disposta a fuder no onibus

Fui disposta a fuder no onibus

Publicado em 31/08/2021 por Mih????

Sexta feira estava decidida a ser encoxada no ônibus, sai do trabalho as 18.10, mais ou menos, estava com uma calça colmeia de tecido fino e transparente puxei bem para cima, deixando a buceta repartida e bem marcada. Resolvi pegar o terminal capelinha mesmo, que n?o demorou a passar.
Entrei no onibus e ao passar a catraca já encontrei minha vitima, kkkk que olhou fixamente a pata de camelo que eu apresentava, ele estava naquele lugar reservado, logo após a catraca, foi ali que eu encostei, ele se ajeitou no banco, mas não se manifestou já estava com o braço apoiado no bracinho do banco com o cotovelo um pouco mais pra fora, ate ai ok..
O ônibus partiu, e no primeiro solavanco já rocei a buceta no braço dele, e conforme o ônibus balançava eu encostava de leve.

Dava umas boas investidas quando passava alguém atrás de mim, e ele fazendo cara de paisagem.
O colega dele no banco da janela dormia feito um anjo, e não percebia nada.

Em um determinado ponto o ônibus enche mais, conforme ele viu as pessoas entrando já se ajeitou melhor, cobriu bem o colo com a mochila e abriu mais as pernas, nesse momento percebi que ele já estava de pau duro, kkkk
Ele arqueou um pouco mais o braço e pude encaixar a buceta no braço dele certinho pro pessoal passar, nesse momento minha buceta já estava encharcada, pulsando de tesão.
Ele se quer olhou pro lado, até passarmos do terminal, e entao me perguntou se já tinha passado, e eu disse que sim, ele então acordou o amigo, e disse para descer no próximo ponto pra voltar, e eu me sentei ao lado dele..
Ele puxou um pouco de assunto, e com a perna colada a minha, uma mão a mostra, e a outra por baixo da bolsa..

Disse que ia descer no ponto final, ate ai ok..

Enquanto íamos, ele já deixou no ar que gostaria de um lugar mais tranquilo pra gente conversar, kkkk.
Chegamos, fomos ao início da plataforma no terminal, que não tem muita gente, minha buceta ansiava por uma passadinha de mãos que fosse, mas ele nao avançou o sinal, apenas elogiou meu corpo.

O proximo ônibus chegou, e ao entrarmos, na fila para a catraca, pude sentir o mastro dele na minha bunda, entramos e fui para os últimos bancos, ninguém atrás de nós, ou no banco a frente, coloquei a bolsa do lado do vidro, e ele com as pernas sempre bem abertas..
Entao passou a mãos sobre meu joelho, e partimos, elogiou minhas pernas, acariciando elas, nesse momento eu queria mais que tudo que ele me enviasse os dedos buceta a dentro, mas ele foi com calma.
Apertou um pouco, e subiu devagar, e disse: – Se eu pudesse correr a mão, ja pensou..?
Eu não respondi apenas deslizei a bunda no banco e abri um pouco as pernas, ele entendeu o recado e acariciou minha buceta, com a mão tremula, com a outra mão ele abriu o ziper da calça dele, eu apenas olhei e coloquei a mão por dentro da cueca, senti o pau dele quente, todo babado assim como sentia minha buceta, quando acariciei a cabeça daquele pau, senti o melado nos dedos.

E ao mesmo tempo, senti o meu melaço escorrer pela calcinha, foi então que ele colocou a mão por dentro da minha calça, gemeu, e deslizou os dedos pra dentro da minha buceta, que fazia barulho de tão ensopada, ficamos pouco tempo, pois eu ja ia descer..
Avisei ele, e ele tirou a mão, deslizando pelo meu clitóris, e resgatou o pau pra fora, levantei, e ele colocou a bolsa onde eu estava, abriu bem as pernas, e eu fui deslizando no colo dele até ficar em pé no corredor do ônibus.

Com as pernas trêmulas, a buceta pingando deu tchau pra ele, e fui em direção a porta do ônibus, com a sensação de que todo mundo me olhava lkkkkk.
Fui pra casa, percebi que ate minha calça estava molhada, e que a sexta feira valeu a pena.

Dormi com a buceta melada, lembrando do ocorrido, e espero que ocorra mais vezes…

4498 views

Contos relacionados

Acontecimentos diarios

Acontecimentos diarios Lendo aqui algumas contos eróticos, me deu vontade de contar o que me vem acontecendo a algum tempo nessa pandemia... Sou casada, nunca trai, amo meu marido, tenho ...

LER CONTO

Manobrista safado

Manobrista safado Trabalho em um prédio  comercial, onde tem dois manobristas, um deles sempre veio tomar um café , até  mesmo quando meus cheffs estão  por aqui, de uns tempos pra cá  ele...

LER CONTO

Fiquei Preso no elevador com a filha do vizinho

Eu moro em um prédio antigo do centro da cidade e tenho uma vizinha gostosa de uns 30 anos que tem fama de putona aqui no condomínio, apesar de eu nunca ter visto ela dar moral para ninguém. O...

LER CONTO

O namorado da minha irmã

Bom essa história é muito '' recente '' eu tinha uns 18 eu e minha família estávamos indo pro cinema era eu meu pai, minha irmã e seu namorado gostoso rs ele era muito gato. Então um dia...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Preto Carioca 18/11/2021 15:32

    Ótimo relato. Meu sonho isso acontecer comigo... quem me dera uma safadinha roçando em mim assim!!!

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 4 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos