Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Cornos » FUI CORNO QUANDO NAMORAVA, NA LUA DE MEL E ATÉ DEPOIS DE CASADO.

FUI CORNO QUANDO NAMORAVA, NA LUA DE MEL E ATÉ DEPOIS DE CASADO.

Publicado em 05/04/2023 por fernandes silva brito
  • O DIA QUE CONSENTIR ELA SAIR COM OUTRO 3° PARTE: Depois de vê algumas vezes, ou até assistir minha namorada transando com outros, resolvi ir morar com ela, nas primeiras semanas ela ficou comportada, parou de ir as baladas, eu pegava ela no trabalho levava pra casa, e mesmo assim ela recebia ligações constantemente, principalmente nas sextas e nos sábados, e quando o celular tocava, ela saia de perto mim para atender, então num certo dia ela estava tomando banho quando o celular dela tocou, olhei no whatsapp da pessoa que se identificava como amigo a mensagem: vamos pra balada hoje a noite? peguei o celular e entreguei a ela e falei: seu amigo lhe convidando para ir a balada, não vai não! ela olhou pra mim e respondeu! é serio?
  • FUI CORNO QUANDO NAMORAVA, NA LUA DE MEL DEPOIS DE CASADO.

    FUI CORNO QUANDO NAMORAVA, NA LUA DE MEL DEPOIS DE CASADO.

  • falei que era sim, não era porque eu não gostava de baladas e estávamos morando juntos que iria impedir dela se divertir, além do mais, ela era uma mulher nova e tinha o direito de continuar se divertindo, ela sorriu e me deu uma beijo, terminou o banho e ligou para o amigo falando que iria, já era noite quando ela chamou um UBER e foi para a balada, fui dormir acordei por volta das 06:00 horas do domingo ela não tinha chegado ainda, liguei pra ela três vezes, e na terceira vez  atendeu com uma voz rouca que estava dormindo, só que ouvir uns gemidos de mulher transando, os gemidos era do filme porno na TV, então perguntei onde ela estava, ela falou que estava na casa desse amigo, é que ele tinha bebido muito e ficou com medo que ele fosse deixar ela em casa, então falei: tudo bem amor, se divirta e desliguei, eu fui preparar o café para quando ela chegasse, ela chegou por volta das 09:00 horas me deu um beijo e foi tomar banho, eu fui até a porta do banheiro dei um sorriso pra ela e falei que amava ela demais, depois do almoço fomos se deitar, logo em seguida eu comecei a chupar os seios e ao mesmo tempo alisava a bucetinha dela, quando já estava bem ensopada fui metendo os dedos dentro, em seguida desci a boca e passei a chupar ela, chupava que o orgasmo dela escorria pelos cantos da minha boca, nessa hora aproveitei e perguntei: e aí amor, como foi a festa? gozou muito, ela estava com tanta tesão que ignorou minha pergunta e apertou minha cabeça com as pernas confirmando que sim, logo em seguida ela mandou eu chupar bem forte que queria gozar, meti a língua bem dentro até ela começar a se contorcer e gritar que estava gozando, logo depois meti meu pau e gozei também, quando terminamos fomos conversar, foi aí que expliquei pra ela que eu sabia que ela transava com outro, era assim que eu sentia muita tesão, e que a parti daquele momento não deveria ter segredos entre nós, ela poderia sair com quem ela quisesse já que eu não dava conta do recado, e que também eu aceitava ela desse jeito, só pedi que as saídas dela fosse com responsabilidade, ela me beijou e garantiu que seria sim.
850 views

Contos relacionados

Minha Mulher Com Amigo Swing

Troca de Casais   Meu nome é Marcos e sou motorista de transportes alternativos, e sempre tive a libido aguçada, e o desejo em praticar sexo grupal; desde o princípio do meu relacionamento...

LER CONTO

Meu marido estava bebendo e falou uma besteira

Ouça o conto erótico Meu marido estava bebendo e falou uma besteira Meu marido estava bebendo e falou uma besteira Vou contar o maior segredo nas nossas vidas minha e do meu esposo. Somos...

LER CONTO

Meu marido se arrependeu ser corno

Somos casados já um tempinho. Meu marido Tildo por enquanto não pretende me engravidar, nosso relacionamento é bom e estável, mas ultimamente ele vem querendo colocar mais pimenta em nosso...

LER CONTO

Minha esposa me traiu, e eu adorei.

Contos eroticos Minha esposa me traiu, e eu adorei , em áudio Vamos colocar eu como Rodrigo, e ela como Joana (nomes fictícios). Na época, eu tinha 23 anos e ela 20. Minha esposa sempre foi...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 4 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos