Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

Fazendo um favor

Publicado em 27/11/2023 por Fatpimp

Conto erótico Fazendo um favor eu áudio.

Conto erótico Fazendo um favor eu áudio

Conto erótico Fazendo um favor eu áudio

Mais um conto real pra vocês

Me convidaram pra uma festa. Só um motivo pra galera se reunir e beber.

Fui pra casa do meu amigo Fabão. O cara é de família rica. Mora numa casa gigantesca, tipo mansão mesmo. Terreno amplo, ótima pra se fazer uma festa.

Cheguei lá pelas 22h, e a festa tava maravilhosa. O DJ contratado caprichou na setlist. Tava tomando um energético, bem relaxado… quando uma amiga, Carolina me de bobeira.

– Max… eu sabia que tu vinha. Tenho uma missão pra ti…

– Missão? Que missão?

– Tem uma amiga minha aqui na festa. Gordinha do jeito que tu gosta. Ela não transa há meses. Tá no atraso. Cola nela e arrasta pra um canto. Faz esse favor.

– Mas ela tá pra jogo?

– Hoje tá. Disse que não aguenta mais de vontade. Então…

Aceitei a missão e fui ver a tal amiga. E não me arrependi. Betina era linda. Gordinha, cabelos negros longos, seios enormes, bunduda. Meu pau ficou duro só de olhar pra ela.

– Max essa aqui é a Betina, minha amiga.

Os olhos dela brilharam, senti a oportunidade se formando. Começamos a conversar e logo tirei a gostosa pra dançar.

Durante a dança, elogiei a moça. Dizendo que achado ela muito gostosa. Ela adorou o elogio e mandou essa na lata.

– Então me leva pra algum lugar e me mostra o quanto tu me achou gostosa.

Eu conheciaa casa do meu amigo muito bem. Sabia que nos fundos da casa tinha um quartinho que ninguém usava e que a porta trancava por dentro. Perfeito pras minhas intenções.

Peguei ela pela mão e levei pra lá. Já entramos no quartinho na maior pegação. Caí de boca nos peitos dela, minha mão já foi procurando a bucetinha, meti meus dedos na rachinha da gorducha gostosa. Esfreguei o grelinho dela, a gordinha ficou toda mole.

– Ai, gato… que delícia… me pega de jeito!

Lembrei que naquele quarto tinha uma poltrona, iluminei com o celular e ela ainda estava lá.

Levei a gordinha até a poltrona. Abri o zíper da minha calça e tirei o pau pra fora. Peguei a mão dela e fiz ela pegar no bicho.

– Nossa… nunca peguei um pau assim!

– Sempre tem uma 1a vez, bebê. Fica a vontade.

Ela me empurrou pra poltrona, me sentei e ela caiu matando na piroca. Uma fome incrível, ela chupava gostoso. Dando uma atenção especial pra cabeça da caralha. Liguei a lanterna do celular só pra ver a gordinha me chupando. Era uma cena linda.

Betina deixou meu pau bem molhado. Parou de me chupar. Iluminei ela com a lanterna… ela tirou a saia jeans que usava e pude ver aquela bunda grande e deliciosa. Ela ficou de costas pra mim e tirou a calcinha mínima que ela usava. Nem precisou molhar a bucetinha pra sentar no meu pau. Betina sentava gostoso na piroca, rebolava aquele rabo gostoso.

– Tá gostando, gato… tá gostando da minha sentada?

– Tô adorando, sua gostosa.

Ela caprichou ainda mais no rebolado. Era sensacional. Como uma gostosa daquelas estava tanto tempo sem transar?

Mudamos de posição, botei ela de 4 na poltrona, a bucetinha dela ficou na altura perfeita pra eu poder meter. Sapequei a piroca na xoxota dela com gosto.

– Que delícia essa tua pica, empurra gostoso, meu gato.

Agora era a minha vez de comandar a foda. Aquela gordinha gostosa tinha uma buceta que encantava o meu pau. Eu metia ritmado, queria foder ela pra sempre. Betina gozava gostoso, dava socos na poltrona. A foda tava muito boa, pra melhorar, ela me fez um pedido.

– Gato… bota atrás… bota no meu cuzinho. Quero dar ele pra ti.

Cuspi no cuzinho dela, pincelei a cabeça da caralha no cu e fui metendo. Cuzinho apertado muito gostoso. Ela aguentou a pirocada e ainda forçava a bunda pra trás, ajudando na penetração.

– Meu Deus… que pau é esse? Soca no fundo do meu cu… me fode!!

Que rabo gostoso de foder. Fiz Betina gozar pelo cuzinho. Ela apertava meu pau com aquele cuzão gostoso.

– Gato… goza em mim, goza dentro do meu cuzinho.

Não quis nem saber. Gozei dentro do cuzinho dela. Um rio de porra.

– Gato, tu é incrível. Adorei a nossa foda. Vou agradecer a Carol por te apresentar pra mim.

– Incrível é tu, gostosa.

Nos vestimos e voltamos pra festa. Ficamos a noite inteira juntos, ainda voltamos pro quartinho pra mais um boquete rápido. Maravilhoso.

Espero que tenham gostado de mais uma história real.

Até mais!!

134 views

Contos relacionados

Minha transa intensa!

Preciso agora contar como gosto de fazer sexo! A minha familia toda acha que sou virgem pq sou um pouco nova(16 anos) mais ja namoro a algum tempo e preciso contar pra alguem como gosto de...

LER CONTO

A afilhada dos meus pais

Conto erótico A afilhada dos meus pais em áudio. Mais um conto real pra vocês Essa é dos tempos de pagode. Meus pais eram padrinhos da filha dos nossos vizinhos que moravam do outro lado da...

LER CONTO

Transmissão ao vivo 2

conto erotico Transmissão ao vivo 2 2024 Uma das coisas que eu e Roberta tínhamos combinado, era que independente se gozasse ou não iriamos fazer no mínimo uma hora e meia de transmissão....

LER CONTO

Encontro ao Acaso

Conto erótico Encontro ao Acaso em audio Era uma sexta-feira por volta de umas 21:30, após uma semana corrida e cheia de desafios nada fora da rotina, mais era daqueles dias que eu não...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos