Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Incestos » Eu e a minha deliciosa priminha

Eu e a minha deliciosa priminha

Publicado em 24/01/2024 por Marcio
Eu sou um cara de 63 anos e sou casado, mas esposa não curte muito o sexo, ai descobri que minha prima uma ruiva muito gostosa estava também com problemas sexuais com seu marido, e depois de descobrimos essa nossa necessidade começamos a sair, e descobri que Carol era um vulcão prestes a explodir de tanto que essa gostosa de minha prima estava com tesão.
Ela tem 1.60mt 56 kgs peitos médios uma bundona deliciosa e uma bocetinha cheia de tesão e um cuzinho apetitoso. A primeira vez que fomos no motel eu fiquei pasmo pela sua sede de pau, eu nem tive tempo de tirar a roupa ela já baixou minha calça e minha cueca e engoliu meu pau de 16cm x 5 cm parecia que era um remédio e que só meu pau à salvaria, sugava e lambia minhas bolas e chupava com gosto mesmo, ai ela me manda deitar na cama com o pau para cima e encaixa sua boceta no meu pau e começa a cavalgar de uma maneira louca e quando vi ela estava gozando, parecia que mijava no meu pau sentia toda a sua porra escorrer no meu saco e indo para o rego da minha bunda tanto que era a quantidade, depois ela começou tudo de novo, porque eu até então não havia gozado, e quando eu menos espero ela tira de sua boceta o meu pau e senta com tudo enfiando o meu pau naquele cuzão delicioso e começa a cavalgar mais forte ainda e enfiando 2 dedos em sua boceta e quanto menos eu espero com a outra mão ela começa a cutucar meu cu que estava quietinho, ai ela percebeu que eu gostei ai ela se virou de costas para mim, mas sem tirar meu pau de seu cu e ela começa a enfiar dois dedos no meu cu daqui a pouco era 3 e socava com gosto e estava desesperada em cavalgar o seu cu no meu cacete e gritava “ vai meu puto goza no meu cu enche o meu rabo com sua porra e ao mesmo tempo tentava enfiar os quatro dedos no meu cu, ai não agüentei e enchi seu cuzão com minha porra que corria por todos os lados foi quando eu senti ela gozar de novo, quer dizer mijar ai encheu minha bunda com sua porra ai enquanto eu gozava ela conseguiu enfiar 4 dedos no meu cu , nossa eu nunca tinha sentido esse gozo com uma mão no meu cu enquanto eu fodia um cu.
Ai deitamos de lado eu que pensei que iria descansar um pouco, que nada ela começou a mamar meus peitos e morder os bicos e voltou a colocar dois dedos no meu cu e pedindo para eu fode-la de novo, não demorou muito o meu pau ficou durão de novo e ela começou tudo de novo a chupar meu pau ficou até com a cabeça do pau doendo de tanto que ela chupava, e não tirava os dedos do meu cu, eu já estava achando aquilo louco e delicioso foi quando ela perguntou se eu topava dar para um cara , porque ela disse que tem a maior vontade de ver um homem dando para outro na frente dela, eu disse que acho que sim, eu havia gostado da sensação de ter algo no meu cu, ela não pensou duas vezes saiu pelada mesmo desceu no estacionamento do motel pegou o notebook e ligou a internet e entrou num batebapo e começou a teclar com homens chamando alguém que estivesse por perto, somos da Mooca e estávamos num motel no Ipiranga, no que foi super fácil encontrar alguém, viu no MSN a foto dele , tirou umas informações e deu o endereço onde estávamos e passou o numero do quarto , passou meia hora e toca o interfone e o cara vem ao nosso quarto , quando ela abriu a porta e vi aquele homem na minha frente, eu não sabia onde eu enfiava a cara, ela me chega e começa a tirar a roupa do cara e falando que eu estava louco para levar um pau no cu, o cara vamos chamar de Carlos também estava meio envergonhado, ele tira a roupa e vai tomar uma banho enquanto minha priminha Carol vem me encher de beijos e perguntar se eu vou deixar aquele homem foder meu cu, e eu sem dizer nada só dizia que sim, quando o Carlos sai do banheiro eu vejo ele direitinho e percebo que ele um homem sem muitos pelos 1.80mt uns 80 kgs mas com um  pau que me assustou uns 22 cm x 8 cm mas reto lindo que me deu vontade de mama-lo, no que eu não perdi tempo , nem eu nem minha Carol, dividimos cada cm do pau de Carlos chupando bem gostoso e nisso ela manda ele deitar e encaixa aquele bocetão naquele pau enorme e me manda eu continuar chupando o pau de Carlos e lambendo a sua boceta, no que fiz com muito gosto e quando eu estava com a boca toda naquela boceta e pau ela goza eu sentindo as esguichadas de porra que saia daquela boceta e nem acabou de gozar ela saiu de cima de Carlos e mandou eu trocar de lugar com ela, nossa quando eu comecei a sentar naquele pau, comecei a ver estrelas sentia cada cm rasgando o meu cu nossa que delicia e eu demorei tanto tempo assim para sentir o que e delicioso sentar numa rola ai eu comecei a cavalgar e senti Carol mamar o meu pau nossa que delicia ai Carlos mandou eu ficar de 4 ai o negocio foi foda sentir aquela tora no meu cu e o cara fodia forte quase furando minhas tripas mas quando senti o cara gozando no meu cu ele que estava com camisinha eu senti ele encher uma quantidade de porra que se ele estivesse sem o meu cu estaria transbordando de porra e nesse momento eu gozei na boca de minha querida prima Carol.
Deitamos conversamos um pouquinho e Carlos tinha que ir embora, infelizmente, mas Carol queria que eu a fodesse o cu de novo, quando Carlos se foi ela começou tudo de novo.
Agora cada 15 dias eu e Carol saímos e ela comprou uma coleção de paus de borracha para mim, quando entramos no motel ela já coloca um plug no meu cu, mas aquele plug enorme.
Se homem ou mulher ou casal estiver afim de nos conhecer, somente durante os dias de semana e durante o dia ok.
132 views

Contos relacionados

A sobrinha nos viu no banho

Tudo aconteceu sem planejar ou esperar. Vamos aos envolvidos: eu com 41 anos, minha cunhada com 38 e minha sobrinha. Sou casado a 15 anos, minha cunhada Carol a 21 e ela tem uma filha, a Lis. A Lis...

LER CONTO

TUDO EM FAMILIA II!

COMO TEMIA ESTAVA COMPLETAMENTE APAIXONADO POR MINHA IRMÃ TANTO É QUE JÁ NÃO NOS VIAMOS COMO IRMÃOS E SIM MARIDO E MULHER, TANTO É QUE NUMA NOITE DEPOIS DE UM AMOR GOSTOSINHO ONDE ME DELICIEI...

LER CONTO

No apartamento da minha irmã

contos eroticos No apartamento da minha irmã 2024 pix email. [email protected]  Telegram @digopyro  valor R$9,99 Bom, meu nome é Alex, sou moreno, um e sessenta de altura,...

LER CONTO

Quinze anos sodomizando a mãezinha I

Helga está no seu esplendor de mulher madura. Parece que seu visual de uma curvilínea mulher entrada nos quarenta, aparente não mais de vinte e cinco anos. Por instantes, ela se admira no espelho...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos