Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos empregadas » caseira safada do sitio

caseira safada do sitio

Publicado em 03/09/2023 por doug

Escute o conto  erótico  caseira safada do sitio em áudio.

Escute o conto  erótico  caseira safada do sitio em áudio. 

Escute o conto  erótico  caseira safada do sitio em áudio.

meus pais possuem um sítio no interior Paulista, onde que muitas vezes eles me colocavam pra ir lá resolver as coisas de vez em quando , ver manutenções e essas coisas do tipo, na época desse conto eu ainda tinha meus 23 anos de idade ainda , lá também  tinha uma caseira que era de extrema confiança dos meus pais, se chamavam rosa, carinhosamente chamada por meus pais de rosinha, uma coroa viuva de 50 anos,rosinha era uma galega de olhos esverdeados, era muito enxuta,e eu tinha um tesao desgramado por ela, ela tinha seios grandes, cintura violão , um traseiro arrebitado e largo, mesmo com o meu tesao secreto por ela , eu sempre a respeitava muito, uma tbm pq eu ficava com receio de me complicar com meus pais ela só usava vestidos bem colado no corpo ,que definia bem seu corpao , e as coxas grossas dela sempre me dava vontade de alisá las.,entao o primeiro vestigio que pintou entre a gente, foi um final de semana, que meus pais foram para uma ferias de comemoracao de casados , viajaram por 20 dias, me deixando inteiramente responsavel pelos afazeres o sitio, e quem sempre passava as coisas de la eea Rosinha, ela informou as prioridadeslembro , que era um sabado dos bem quentes , calor estralando no coco,e rosinha estava num shorrinho jeans bem socado,ia ela poldar umas mudas de plantas, e ficou ali com a rabetona pra cima aquela bundona redonda , e a camisetinha branca realcando seus mamilos,caralho, ela estava me deixando com um tesao desgramado,e acredito tbm no fato de ela estar mt tempo sem transar,isso ajudou bem mais,fomos para dentro da casa para sairmos um pouco do sol quente, ela tinha ido preparar algo pra comermos,e pediu para eu amarrar o laco do seu aventalna sua cintura , qnd eu me aproximeidela para fazer o laco meu pau que estava duro igual rocha,esbarrou naquela bunda , ela sentiu eu durao, mais de inicio ela fez de contaque nao havia notado,e pela primeira vez depois de mts anos de convivencia, eu falei pra ela, nossa rosinha vc é gostosa pra caralho e meio sem graca ela nao deu mt ibope,voltou pro fogao , e depois de um tempo , ela me peeguntou pqeu havia falado isso para ela , e disse q meus pais nao gostariam de saber que eu estivesse assediando ela, eu apenaa concordei e pedi desculpas e fui tomar uma ceeveja na sacada.foi qnd ela me avisou que o rango estava pronto pra ser servido a mesa.depois de nos alimentarmos , ela disse q teriamos q ir nocentro da cidade comprar mantimentos entao entramos no meu carro e fomosela era tao gostosa que nao tinha um homem que nao a encarasseqnd ela desfilava ,ate fiquei um pouco enciumado de ver os homens olhando pra ela o tempo todo,voltamos entao pro sitio , com tudo q ela precisou que comprassemos,dentro do sitiio ela nao parava um minuto se quer sem achar tarefaas pra fazeerme dava ate agonia de ver ela sempre encontrando algo que achava q tinha q fazer. afinal ela cuidava de la como se fosse dela , por isso eu acho q meus pais gostavam mt dela,qndela deu uma pausa nas tarefasela foi sentar pra relaxar um poucona muretinha da varandae qnd ela notava que eu estava olhando pras coxonas e pacotao , ela agaixava a cabecae nao encarava diretamente pros meus olhares.e eu estava investindo nas olhadas,ela depois comecou a contar historias la do sitio , e contar q me viu crescer,contando as presepadas mais engracadaas que eu ja tinha aprontado por la, caimos nas gargalhadas, e um tempinho depois ela me perguntou se na hora que eu chamei ela de gostosa , eu estava falando serio, confirmei q estavaela tirou os fios loiros que encobriam seu rostoe olhou bem no fundo dos meus olhos,e disse que jamais na vida teria imaginado que um dia se quer o filho de seus patroes , sentisse tesao por elanem em sonho ela confessou que como fica mt tempo sozinha e solitaria ali quase o tempo todonao tinha parado pra pensar que eu como homem nao a desejaria nunca, depois enfiou a mao dentro da minha bermudae sacou meu cacete pra fora, o punhetou um pouco , e deu aquela lambida ao redor da cabecinha , depois enfiou na bocapagando um boquete top,arrancou o shortizinho, e se apoiou na muretinha ficando de rabao pra cima, eu  desviei sua calcinha preta fio dental para o ladoabri aquelas nadegas redonda , e comecei a lamber , e chupar seu bucetao carnudo , e lambee seu cuzinho, gemendo pra caralho , ela falou, vem coloca logo essw cacete duro na minha buceta,eu estoquei ate o talo , e impolgadao meti forte pra caralho,ela dava uns gritinhos de prazere falava fide eu patraozinho fode me arregaca toda..me faz de sua puta faz,eu lhe puxava pelos cabelos e enfiava tapas na sua bunda gostosa, eu falei pra ela que tinha um tesao do caralho naquela bundona deliciosa dela e queria comer seu rabo..ela falou que por ela so daria se ela ficasse no controle da situacao, bptou uma banquenta, e me pediu para eu me sentar ela abracou pela nuca sentando de costas para mim , pegou vaselina, esparramou em volta do meu paupassou na bordinha do cu e depois desceu o peso do corpo para meu pau estocar na raba,ela foi começando devagarinho,e foi kikar logo em seguida, gemeu igual uma puta no cio eu apertava aqueles melões enquanto meu pau estava sendo esfolado pela raba,e gozamos pra caralhoe toda vez q eu ia no sítio comia minha putinha gostosa..

 

1653 views

Contos relacionados

Minha secretaria

Eu era comercial de uma empresa e vivia indo até outras empresas e normalmente as empresas tinham as secretárias, obviamente como um safado, sempre observava, discretamente as secretárias e tinha...

LER CONTO

Meu chefe me forçou a fazer sexo anal com ele

Meu chefe me forçou a fazer sexo anal com ele O que vou contar é verídico  e ainda está  acontecendo, sou casada a cinco anos amo meu esposo e nunca o traí  ele é  maravilhoso. Estou...

LER CONTO

Minha Diarista

Escute O conto em áudio também! Parte final Mais um conto real pra vocês Com as economias que eu tinha guardadas, realizei o sonho de comprar um apartamento. Dois dormitórios, vaga na...

LER CONTO

Conto Erotico Comendo a Doméstica do Melhor Amigo

Conto Erotico Comendo a Doméstica do Melhor Amigo 2024 Era uma sexta-feira calorenta. Mormacenta, abafada. Os pais de Cesar, há pouco, haviam ido para sua casa no litoral. Na mansão de dois...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 4 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos