Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos traição » AMARGA DOCE VINGANÇA

AMARGA DOCE VINGANÇA

Publicado em 22/08/2023 por charlinhos

CHEGUEI NA CASA DE PRAIA DOS MEUS SOGROS ENCONTRANDO MEG INDO PARA A PRAIA COM A TURMA, QUANDO ME DEU A SENHA DO PORTÃO DEPOIS DE UM BEIJO RÁPIDO SUA MÃE A QUEM CHAMAREI DE DANIELA DEU UM TREMENDO ESPORRO NELA QUE CORRENDO NA FRENTE ALCANÇOU SEU PRIMO DANDO A MÃO PARA SUA FILHINHA E ME OLHANDO COM CARA DE DECEPÇÃO MINHA SOGRA VOLTOU PARA ME ACOLHER ME MANDANDO PARA O BANHO.

QUANDO ELA FOI ME LEVAR A TOALHA ENTROU NO BANHEIRO SEM IMPORTAR QUE ESTAVA NU, DANDO UM RISINHO QUANDO VIREI DE COSTA PARA ELA PORQUE AO OLHAR O PACOTÃO DE SUA BOCETA ESTUFADA NAQUELE BIQUINE, MEU CACETE COMEÇOU CRESCER MUDANDO MINHAS INTENÇÕES PORQUE TUDO ISSO ERA PARA MEG PORQUE A DOIS DIAS NÃO DAVA UMA COM ELA, POREM SE CONSEGUISSE PEGAR AQUELA COROA DELICIODA DE CINQUENTA E DOIS ANOS QUE DEIXA MUITAS MENININHAS NO CHINELO, DARIA O GELO MERECIDO EM MEG.

DEPOIS DE ME TROCAR E COMER ALGO ENQUANTO CONVERSAVA COM A SOGRA FUI DORMIR UM POUCO COM ELA AVISANDO QUE ME ACORDARIA QUANDO A GALERA VOLTASSE PORQUE IA TER CHURRASCO A NOITE E ME DANDO UM DOS SEUS CALMANTES FALOU QUE ERA PARA EU DORMIR MELHOR.

DAVA PARA VER EXCITAÇÃO ESTAMPADA NA CARA DA SOGRA QUE DESFILAVA, AGORA DE SHORTINHO DE UM LADO PARA OUTRO PARA ME PROVOCAR, COMO SEMPRE FEZ, POREM SÓ AGORA CONSEGUIA VER ELA COMO MULHER E CONSTANTAR QUE ERA MUITO MAIS LINDA E GOSTOSA QUE MEG E FINGINDO TOMAR O COMPRIMIDO, FINGI COMEÇAR A QUERER CAPOTA COM ELA, MAIS QUE DEPRESSA ME AJUDANDO A IR PARA A CAMA ME AJUDANDO TIRAR O CALÇÃO ME MANDANDO FICAR A VONTADE, QUANDO ENCAREI ELA, FALOU QUE FICARIA MAIS FACIL PARA MEG PORQUE QUANDO VOLTASSE IA VIR PARA MIM.

VEZ OU OUTRA FINGIA NÃO VER DANIELA VINDO ME OLHAR ATÉ QUE TOCOU MEU OMBRO ME DANDO UM FORTE CHACOALHÃO E PENSANDO QUE TINHA IDO EMBORA QUASE DOMINADO PELO SONO, SENTI O LENÇOL SENDO TIRADO DE CIMA DE MIM E PELADÃO NA CAMA COM DANIELA DE PÉ AO MEU LADO MORDENDO OS LÁBIOS OLHANDO PARA MEU CACETE, NÃO CONSEGUI SEGURAR A EMOÇÃO E COM O CACETE CHEGANDO A DOER DE TÃO DURO PARECENDO MAIOR DANDO SOSO NO AR ME SEGUREI PARA NÃO DÁ BANDEIRA QUANDO AQUELAS MAOZINHAS DE FADAS SEGUROU ELE E METENDO ELE NA BOCA ME FEZ CONTORCER NÃO TENDO COMO SEGURAR UMA ESPORRADA QUE ENCHEU A BOCA DE DANI, MELANDO SEUS ROSTO COSTAS E CABELOS COM ELA CONTINUANDO CHUPANDO COM MAIS FORÇA NÃO EMDEIXANDO AMOLECER E PARECENDO ESTAR COM PRESSSA, AJOELHOU NA CAMA SENTANDO EM MEU CACETE QUE ENTROU COM DIFICULDADE EM SUA BOCETA MELADA TOMANDO TODA EXTENSÃO DELA QUE PARECIA QUERER ESMAGAR ELE COM ELA SOLTANDO GRITINHOS ENQUANTO GEMIA, SEMPRE QUE SUA BOCETA SE CONTRAIA INVOLUNTARIAMENTE PARECENDO MORDER MEU CACETE E JÁ CANSADA DE TANTO SENTAR NELE E POR JÁ TER GOZADO CONSEGUIA SEGURAR BEM, QUANDO ELA ENTRELAÇOU OS DEDOS EM SUAS MÃOS ATRÁS DE MINHA NUCA FICANDO DE CÓCORAS COMEÇOU UM REBOLADINHO GOSTOSO GEMENDO ESCANDALOSAMENTE ME DANDO MEDO DE CHEGAR ALGUÉM E OUVI, QUANDO GEMEU ALTO COM SUAS SENTADAS NA VELOCIDADE CINCO GEMEU ALTO FALANCO COISAS SEM SENTIDOS E GOZANDO FALOU QUE ESTAVA REALIZANDO UM SONHO E QUE ME PEGARIA NOVAMENTE PORQUE MEU CACETE FOI FEITO PARA SUA BOCETA E GEMENDO ALTO SENTINDO OS JATOS DE PORRA ESPIRRAR INUNDANDO SUA BOCETA TEVE MAIS UM ORGASMO CAINDO EM CIMA DE MIM ME DANDO UM DOS MELHORES BEIJOS QUE JÁ GANHEI NA VIDA E AGARRADA A MIM VEZ OU OUTRA ME ME BEIJAVA OU DAVA OS SEIOS PARA EU LAMBER E SAINDO DE MIM ME LIMPOU SE APLUMOU E SAIU.

TOMAVA CORAGEM PARA LEVANTAR E IR PARA JUNTO DA GALERA PARECENDO ESTAR COM NECESSIDADE DE PELO MENOS OLHAR PARA DANIELA ME COLOCANDO AOS SEUS CUIDADOS PORQUE PARECIA SENTIR, AINDA SUA BOCETA CRAVADA EM MINHA PICA, QUANDO ACABEI APAGANDO DORMINDO PROFUDAMENTE COM A TEMPOS NÃO DORMIA.

SONHAVA ESTAR VOANDO ENTRE NUVENS SENTINDO CALAFRIOS NA BARRIGA QUANDO DAVA VOOS RAZANTES E NUM DESSES SENTIDNO CORPO TODO ESTICAR ACORDEI ENCHENDO AQUELA BOCA GULOSA DE PORRA QUE DEPOIS DE TOSSIR ENGOLINDO O QUE DEU VEIO PARA CIMA DE MIM RESPONDENDO QUE NÃO ERA DANI E ME BEIJANDO DANDO PARA SENTIR MINHA PORRA EM SUA BOCA MISTURADA AO CHEIRO E GOSTO DE CACHAÇA, ENQUANTO FALAVA BESTEIRINHAS PARA MIM QUERENDO SABER SE ESTAVA SONHANDO COMENDO A SOGRINHA, RINDO ALTERNANDO OS BEIJOS COM CHUPADAS NOS SEIOS QUE DAVA PARA MIM MAMAR, MEG AFASTOU A CALCINHA PRETA DE LADO E SENTOU EM MEU CACETE FAZENDO ELE SENTIR SUA BOCETA MELADA COM A PORRA QUE SABIA NÃO SER SÓ DELA ESCORRENDO DE SUA BOCETA MELANDO MINHAS PERNAS E LENÇOL E AGRRANDO ELA FIQUEI POR CIMA FAZENDO ELA DELIRAR EM METIDAS FUNDAS SEM IMPORTAR COM A EXPRESSAÕ DE DOR EM SUA FACE QUANDO IA FUNDO E SEGURANDO SUAS PERNAS NO AR DEIXANDO SUA BOCETA ESCANCARADA DAVA PARA VER ELA MELADA MOLHANDO A CALCINHA PARECENDO TER FEITO XIXI NELA E SEM GRAÇA PORQUE ENCAREI ELA COM CARA DE DESCONFIANÇA QUE ELA IMPLORA PARA QUE NÃO A OLHE ASSIM, DEU PARA VER CULPA EM SEUS OLHOS E COM O CACETE DOENDO QUERENDO GOZAR, TIREI DELA DEIXANDO ELE ESCORREGAR PARA SUA BUNDA INDO ALOJAR NO MEIO DE SUAS NÁDEGAS E SEM IMPORTAR COM SEUS XINGOS, GRITOS E ARRANHÕES, ALÉM DOA MURROS NO PEITO, METI EM SEU CU FORÇANDO MEU CACETE PARA DENTRO SÓ PARANDO DE EMPURRAR QUANDO AS BOLAS BATEU EM SUA BUNDA E A GLANDE MISTUROU A COMIDA EM SEU ESTOMAGO E DANDO UM TEMPINHO PARA ELA RECUPERAR O FOLEGO, VIREI ELA DEITADA DE LADO, SEM TIRAR DELA E SEGURANDO SEU CORPO DANDO FORTES TAPAS EM SUA BUNDA E PUXANDO SEUS CABELOS COM ELA TENTANDO MORDER MEUS LÁBIOS AOS NOS BEIJAR, VENDO ELA URRANDO DE DOR E PRAZER ENCHI SEU CU DE PORRA DEIXANDO ELA JOGADA NA CAMA CHORANDO E INDO ME TRANCAR NO BANHEIRO TOMEI UM BOM BANHO E FUI EM JUNTAR A GALERA QUE AOS POUCOS FOI SE ACOSTUMANDO COM MINHA PRESENÇA PARECENDO QUEREREM SABER DE MEG.

A MADRUGADA CHEGAVA QUANDO MINHA SOGRA SENTOU AO MEU LADO NA MESA ONDE CONVERSAVA COM UMA PRIMA QUE COSTUMO PEGAR VEZ OU OUTRA PORQUE É UMA VADIAZINHA DE MÃO CHEIA APESAR DA POUCA IDADE E CONVERSANDO MESMO SEM GRAÇA DANI ACABOU CONCORDANDO COMIGO QUANDO ELA FALOU ALGO SOBRE MEG E CHAMEI ELA DE SEM VERGONHA MENTINDO FINGINDO SURPRESA POR ELA TER IDO PARA A PRAIA DE CALCINHA PRETA COM DANI FALANDO QUE ELA SÓ FEZ ISSO PORQUE SEU ÚNICO BIQUINE ESTAVA MOLHADO E ELA NÃO GOSTA DE USAR O DE NINGUÉM.

O DIA CHEGAVA QUANDO ME DESPEDI DA SOGRA COM UM BEIJO DE SURPRESA EM SUA BOCA QUE NÃO SABIA SE CORRESPONDIA, PERGUNTAVA PORQUE FIZ ISSO OU OLHAVA PARA OS LADOS COM MEDO DE ALGUÉM CHEGAR E SOLTANDO UM GRITINHO QUANDO DEI UM TAPA EM SUA BUNDA, SAIU DALI ENQUANTO FUI PARA O CARRO DORMIR.

ACORDEI COM O SOL ALTO COM MINHA SOGRA BATENDO NO VIDRO ME ENTREGANDO UM COPO DE CAFÉ E ENQUANTO A GALERA SE PREPARAVA PARA IR PARA A CACHOEIRA, NÃO VENDO MEG ENCONTREI ELA NO QUARTO JÁ TROCADA ESPERANDO SEU PRIMO QUE A LEVARIA EMBORA E ME IMPONDO CHEGANDO A AMEÇAR AGREDIR ELA CHORAMOS JUNTOS E MENTINDO QUE PERDOAVA ELA, MENTI FALANDO QUE A CULPA FOI MINHA QUE NÃO DEI A DEVIDA ATENÇÃO A ELA E QUE ACABEI FRAQUEJANDO COM ELA ME AGREDINDO FAZENDO UM TREMENDO ESCANDALO A PONTO DE SUA MÃE E TIA INVADIR O QUARTO PARA SEGURAR ELA QUANDO FALEI QUE ESTAVA TENDO CASO COM MINHA SECRETÁRIA, HORAS MAIS TARDE ELA DISPENSOU O PRIMO QUE NÃO LARGAVA ELA TENDO QUE SER RUDE COM ELE E VINDO PARA NA REDE ME PEDIU DESCULPAS FALANDO QUE NÃO TINHA O DIREITO DE ME AGREDIR, QUANDO PERGUNTEI SOBRE O PRIMO ELA FALOU QUE FICOU COM ELE DUAS VEZES PORQUE ELE SABE DAR PRAZER PARA ELA SENDO GENTIL E CARINHO, O QUE CONCORDEI PORQUE ELA DÁ PARA MIM SÓ QUANDO ESTA NO CIO, ISSO PORQUE METO COM CARINHO E CUIDADO O QUE LIMITA SUA ENTREGA PORQUE SUA BOCETINHA NÃO CONSEGUE SUPORTAR MEUS VINTE E DOIS CENTIMETROS POR SER PEQUENA E RASA, E DESDE ENTÃO ELA CONFESSOU QUE O PRIMO NÃO DESGRUDA DELA CHAGANDO A TENTAR AGARRAR ELA POR VARIAS VEZES.

OUVIA CALADO SEGURANDO A DOR NO PEITO COM AS FLEXAS ENCADECENTES DO CIUMES QUEIMANDO MINHA ALMA E ENQUANTO TODOS SE DIVERTIAM, CLONEI O CELULAR DO PRIMO E SABENDO A SENHA DO DE MEG, FUI CURTI O RESTO DO DIA SEM PREOCUPAÇÃO NEM LIGANDO QUANDO TODOS FORAM PARA A CACHOEIRA E EU E SOGRA CHEGAMOS DEPOIS COM ELA ME PEDINDO CALMA CONCORDANDO EM PEGAR UM MOTELZINHO COMIGO DEPOIS E NÃO VENDO MEG NEM O PRIMO COM A GALERA, COM ELA CHEGANDO SEM GRAÇA HORAS DEPOIS FALANDO QUE FOI CAMINHAR NA TRILHA DO MACACO, REFORCEI A IDEIA DE COLOCAR MINHA VINGANCA EM PRATICA.

QUANDO AS LEMBRANCAS DESSA VIAJEM COMEÇARAM A FICAR NA LEMBRANÇA, SABENDO QUE O PRIMO NÃO LARGAVA ELA COM ELA NÃO ME PROCURANDO MAIS COMO ANTES, TENDO SEMPRE UMA DESCULPA PARA NÃO ME  DÁ, MESMO JURANDO QUE NÃO TINHA MAIS NADA COM O PRIMO, NAQUELA TARDE LIGUEI DO CELULAR DELA PARA O PRIMO PEDINDO QUE VIESSE EM CASA E DO DELE PARA ELA FALANDO QUE EM AGUARADASSE NUA PORQUE IA COMER ELA GOSTOSO COM O CORAÇÃO E REVOLVER NA MÃO COM AS LUVAR ATRAPALAHNDO UM POUCO, ESPEREI ELE CHEGAR E ENQUANTO BEBIAM CHAMPANHE QUE ESTRATEGICAMENTE DEIXEI PREPARADOS PARA ELES ASSIM QUE ESTAVAM MEIO GROGUE COM ELE PARECENDO ESTAR MAIS, METI O PÉ NA PORTA QUASE MATANDO ELES DE SUSTO E COM O REVOLVER NA MÃO METI DUAS BALAS NELE PORQUE MORRI FICANDO CEGO DE CIUMES AO VER O JEITO QUE MEG O DEFENDIA E ELE TER VINDO PARA CIMA DE MIM E IMPLORANDO PARA QUE ATIRASSE NELA TAMBÉM AO VER O PRIMO CAINDO AO CHÃO MORRI MAIS UM POUCO COM MEGA FALANDO QUE NUNCA MAIS IA OLHAR EM MINHA CARA.

TRAVANDO O REVOLVER APONTEI PARA ELA FINGINDO NÃO CONSEGUI ATIRAR CHAMEI ELA DE VADIA, FALANDO ALTO QUE IA BUSCAR OUTRO REVOLVER NO CARRO E JÁ VOLTAVA PARA ACABAR COM ELA.

DA ESQUINA DA RUA DE CASA VI OS CARROS DE POLICIA CHEGANDO COM ELA SENDO PRESA EM FLAGRANTE ACUSADA DE MATAR ELE QUE SEGUNDO OS PERITOS INVADIU A CASA CHEGANDO DA´DÓ DOS PARENTES, PRINCIPALMENTE MINHA SOGRA ME AMPARANDO, NOS PRIMEIROS MESES DE CADEIA, CHEGUEI A IR DUAS VEZES VISITAR MEG QUE PIROU ENQUANTO METIA NELA NA CELA COM AS OUTRAS OUVINDO SEUS GEMIDOS, POREM COM O PASSAR DOS MESES, QUANDO FALEI QUE ESTAVA NAMORANDO ELA COMEÇOU A ME OLHAR FEIO, DIAS DEPOIS TIVEMOS NOSSA PRIMEIRA BRIGA COM ELA NÃO QUERENDO MAIS ME VER  CHEGANDO A PROIBIR MINHA ENTRADA LÁ E FAZENDO DRAMA CHORANDO MUITO SENDO CONSOLADO PELA JUREI NUNCA MAIS QUERER SABER DELA PORQUE SUA ADVOGADA NÃO QUIS REABRIR O PRECESSO QUANDO ELA CONTOU A REAL COM TODOS ACHANDO QUE ERA CIUMES COM ELA TENTANDO ME INCLIMINAR.

HOJE MORO FORA DO PAIS, MUDEI DE RAMO DE NEGOCIO, ARRUMEI OUTRA IDENTIDADE E MESMO CASADO COM UMA MULHER MARAVILHOSA QUE ESTA A ESPERS DE NOSSA TERCEIRA FILHA, VEZ OU OUTRA SINTO REMORSO E PELO QUE ME CONHEÇO TENHO MUITO MEDO DE ACABAR VOLTANDO PARA O BRASIL E CONTAR REALAMENTE O QUE ACONTECEU

Ajude a manter a página Club Dos Contos Eroticos, faça uma doação em PIX [email protected], SUA AJUDA É MUITO IMPORTANTE.

509 views

Contos relacionados

O SHOW APARTE DE ANNE.

Na última noite como segurança de alguns políticos não conseguia me concentrar cem por cento no trabalho não porque a dias não dormia nem comia direito e sim porque Anne me convenceu a...

LER CONTO

POR ORGULHO, PERDI UM UM GRANDE AMOR!

A FESTA DA EMPRESA DE RENATA, MINHA ESPOSA ESTAVA UMA DELICIA E ENQUANTO BEBIA E BELISCAVA O DELICIOSO CHURRASCO PAQUERAVA UMA DAS GARÇONETES MAIS POR NÃO TER O QUE FAZER PORQUE RENATA SUMIA VEZ OU...

LER CONTO

O namorado gostoso da minha melhor amiga

Olá, gostaria de enviar esse relato que aconteceu comigo e me deixou num dilema até agora. Me chamo Fernanda, tenho 23 anos, sou loira, olhos cor de mel, 1,67 de altura, seios durinhos de bicos...

LER CONTO

Meu motorista do blablacar

Sou casada, tinha que fazer uma prova em outra cidade e fui de blablacar, o motorista me atraia, mas estava focada na prova e nada aconteceu naquele dia. Começamos a conversar no whats, e marcamos de...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 1 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos