Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos Cornos » Se não me comer outro come!

Se não me comer outro come!

Publicado em 19/04/2021 por Casal sp

Se não me comer outro come!

Oi  tudo bem com vocês? Meu nome é Roberta, tenho 28 anos, sou loira e eu vou contar uma coisa que aconteceu comigo a 3 anos atrás mas eu só me senti bem em contar agora aqui no site depois de ver alguns casos.

Moro em Porto Seguro na Bahia, mas a um tempo atrás meu marido arrumou um emprego em São Paulo e eu acabei indo com ele, moramos lá por 2 anos. Nos primeiros meses estava tudo bem, até que ele começou a focar mais no trabalho e não me dava muito atenção. As coisas começaram a ficar bem chatas e entramos em uma rotina que realmente era cansativa e estressante, ao ponto de quando estávamos em casa trocávamos meia duzia de palavras e íamos dormir.

Três  meses depois que estávamos em São Paulo, arrumei um emprego um pouco longe de casa, era quase 40 minutos de viagem até chegar no meu trabalho. Pouco tempo de trabalho e eu comecei a perceber que um rapaz pegava condução até perto do meu trabalho. Um dia ele se sentou ao meu lado e começamos a conversar, o nome dele era Ítalo, tinha 23 anos, branco, cabelos pretos e olhos castanhos um corpo meio atlético, era estudante e segundo ele não trabalhava. Passamos algum tempo pegando ônibus juntos 3 a 4 vezes na semana, criamos uma certa intimidade e eu acabei comentando com ele como estava meu relacionamento em casa com meu marido.

Ele sempre me deu bons conselhos mas foi ai que algo estranho aconteceu comigo. Comecei a sentir uma atração bem forte por ele e tomei uma decisão, queria descobrir se eu ainda era capaz de despertar o interesse de outros homens em mim, eu precisava saber aquilo e então em uma segunda feira a gente estava no ônibus e eu começamos a conversar coisas de relacionamento e ele me contou que ele tinha uma namorada que sempre fazia umas sacanagens com ele no ônibus. Sexo oral, masturbação mas nunca chegaram a transar… Toda aquela história despertou um fetiche erótico na minha mente. Comentei sobre meu fetiche com meu marido e ele me chamou de louca, se quer me deu ouvidos. Fiquei chateada e enquanto meu marido estava no celular comecei a mandar mensagem pro Ítalo, mesmo sabendo que era bem errado, conversamos bastante durante a noite e eu percebi que algumas mensagens vinham com segundas intenções.

Na semana seguinte, pegamos o ônibus e sentamos um do lado do outro no fundo, o ônibus estava bem vazio, e nós conversando na maior putaria começamos a falar de sexo, olhei para o short dele e vi que ele estava com um baita volume nas calças. Respirei fundo e toda trêmula perguntei ele se ele tava de pau duro (Sim, mandei na lata). E o que era esperado saiu da boca dele: “Sim”. Ele colocou a mochila dele sobre o colo tentando esconder sua ereção, mas eu tava tão excitada, tão molhada que minha reação foi de atacar, encostei no ombro dele e meti a mão por baixo da mochila e comecei a pegar naquele pau enorme, grosso e ao mesmo tempo gostoso, devia ter sei lá, uns 17 ou 18cm. Era incrível e certamente maior e mais grosso do que o do meu esposo.

Como ele deixou, continuei com a brincadeira… Mesmo sendo bastante tímida, naquele dia eu estava bem safada e cheia de tesão. Coloquei a mão por dentro da cueca dele, e comecei pegar realmente no pau dele, estava duro a cabecinha toda molhada o safado estava com muito tesão. O ônibus parou em uma parada que  ficava a mais ou menos uns 25 minutos de distância do nosso destino, entrou apenas 2 senhoras e um cara que ficaram na frente conversando com o cobrador e o motorista.

Enquanto isso no fundo a gente tava na maior putaria, ele passou o braço em volta do meu pescoço e começou a me fazer carinho no rosto, desceu pela minha cintura até que me deu uma aperto na minha bunda de um jeito que nenhum homem nunca pegou. Fiquei ainda mais excitada, me deitei sobre o colo dele e tirei o pau dele pra fora, comecei a chupar ele e devagarzinho passando a língua na cabecinha da rola dele, e massageando aquelas bolas lisas e raspadinhas. O boquete ficando cada vez mais gostoso e ele me veio até o meu ponto fraco, meteu a mão na minha blusa e começou a massagear meus peitos, acariciava meus mamilos com umas mãos de macho que me enlouquecia profundamente. Já não havia uma parte da minha calcinha mais seca. Comecei a masturbar ele enquanto chupava aquele pau gostoso e relaxava com as carícias que ele me dava.

A cara de prazer que ele fazia me fazia se sentir mais mulher e mais poderosa,  era uma sensação inexplicável. Infelizmente nossa parada chegou e tivemos que descer, eu já me sentia incrivelmente saciada mas algo em mim queria mais e mais. Imediatamente peguei meu celular e comecei a mandar mensagem pra ele, ele me contou que tinha adorado o boquete, que nunca provou algo tão bom (Se é verdade ninguém sabe né), mas que se sentia mal por eu ser casada. Não sei se foi a desvalorização em casa mas sinceramente, naquele momento, toquei um foda-se pra tudo! Falei pra ele não esquentar a cabeça, por que o que ele queria eu também queria. Cheguei em casa a noite e não pensei duas vezes. Mandei mensagem pra ele de novo, (sim sou bem grudenta quando quero algo), eu estava decidida a sentir o pau dele na minha buceta. Marquei de encontrar ele no ônibus no dia seguinte, e nós dois sentamos no fundão de novo. Só que dessa vez, fui com um vestido que costumava a usar no meu trabalho, e claro, coloquei a calcinha guardada dentro da bolsa, fui cheia da maldade.

Começamos nos beijar no fundo do ônibus de novo, dessa vez com umas 5 ou 6 pessoas a mais do que havia na primeira vez, mas ninguém no fundo. O apressadinho já foi puxando minha cabeça para eu chupar o pau dele de novo, talvez ele realmente tenha gostado, bom eu também gostei. Chupei ele de novo e ele jorrava aquele líquido gostoso na minha boca em uma quantidade tão grande que por um instante imaginei que ele havia gozado na minha boca. Tava tudo gostoso, uma maravilha, mas eu não tinha muito tempo, encontrar com ele fora dali seria bem difícil então parti para o ataque. Levantei e comecei a beijar ele bem namoradinhos mesmo, e me levantei para sentar no colo dele, mas com um detalhe… Tirei o pau dele pra fora e sentei em cima, cada centímetro que entrava em mim eu sentia uma vontade louca de gemer, mas não podia, cada mexida que o ônibus dava eu sentia meu útero pedindo por mais daquilo. Em alguns segundos percebi que minha buceta já estava tão molhada que estava escorrendo na rola dele. Ele segurou na minha cintura e me puxava pra baixo, e o pau dele entrava cada vez mais fundo e forte em mim.

Comecei a dar pequenos pulinhos no colo dele, ninguém ali podia imaginar que estávamos transando e a intenção era chamar o mínimo de atenção possível.

Ele suspendeu um pouco meu vestido pra ver minha bunda e me apertava com força, aquilo me deixava mais louca ainda. Quando pensei que não poderia melhorar, ele veio com suas mãos gostosas e começou a tocar uma siririca em mim enquanto me penetrava. Foi só questão de tempos e eu gozei gostoso no pau daquele cara. Continuei sentando um pouco mais mas sempre que gozo fico com a pepeka um pouco sensível. Tentei me levantar mas ele me segurou e me puxou pra baixo de novo, nos olhos dele eu pude ouvir ele dizer “estou gozando”. Então continuei mais um pouco até que senti que ele me gozou inteira e dentro (Safado, errado, mas eu gostei sim). Sentei do lado dele e começamos a conversar como dois casalzinhos até que chegamos no nosso ponto de novo, eu tava satisfeita e feliz dessa vez.

Um pouco arrependida, mas não tanto, até por que fiz isso com ele mais umas duas vezes e até hoje trocamos mensagen.

Outro come,Outro come,Outro come,Outro come,Outro come,Outro come,Outro come

770 views

Contos relacionados

Levei um amigo do trabalho pra fuder a minha esposinha

Olá me chamo Rodrigo sou casado tenho 30 anos e minha esposa Patrícia 29, Patrícia é vem safadinha certa noite depois de uma foda El me revelou que uma das melhores transas da vida dela foi quando...

LER CONTO

Meu marido vacilou, dei pra outro gostoso

Meu nome é Carla, tenho 31 anos, sou loira natural, olhos azuis 1,70 de altura, cabelos compridos ondulados e seios médios empinadinhos. Tenho coxas grossas e bundinha redondinha e arrebitada com...

LER CONTO

Traindo meu marido com desconhecido do sexlog

  Traindo meu marido com desconhecido do sexlog Por curiosidade entrei no site sexlog e aceitei um convite. Me chamo Mayara tenho 40 anos, tenho 1,65 de altura, 68k, bunda e peitos medianos,...

LER CONTO

Meu marido estava bebendo e falou uma besteira

Meu marido estava bebendo e falou uma besteira Vou contar o maior segredo nas nossas vidas minha e do meu esposo. Somos mineiros a alguns anos a traz passamos o Carnaval no Rio de Janeiro, fomos ver...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 5 = ?
Conheça o site de contos eróticos mais quente do Brasil. Faça outras pessoas sentirem tesão apenas com sua escrita, se abra com textos bem safados. Não deixe escapar nenhum detalhes, faça as pessoas se imaginarem naquela situação. Então saiba que você será capaz de fazer muitas pessoas gozarem apenas com suas escritas. Nós contos falamos apenas coisas pessoais que aconteceram conosco, agora já imaginou contar um segredo, algo único que ninguém pode saber? Então agora temos esse espaço, se chama meu segredo, você pode nós contar seus segredos, sem medos, sem julgamento, apenas se deliciar com os comentários mais safadinhos…… Então temos a maior mistura louca aqui, você pode falar dos seus desejos e ao mesmo tempo pode contar algo que te aconteceu… Esperamos entreter sua imaginação, leia os contos que te da mais tesão, temos uma ampla categoria, alguns dos melhores temas você só encontrar conosco,temas como cdzinhas, corno. Nós não somos responsáveis pelos contos aqui, apenas divulgamos contos enviados a nós. Somos um site independente sem parceiros. Melhores contos eróticos gays, contos eróticos cnn, contos de sexo, contos porno, contos com fotos. Então clica . Ah temos uma página de segredos, igual a página "eu confesso " mas 100% brasileiro e sem problemas com sua escrita Discover the hottest erotic story site in Brazil. Make other people horny just with your writing, open up with really naughty texts. Don't miss out on any details, make people imagine themselves in that situation. So know that you will be able to make a lot of people come off just by your writing. We tales only talk about personal things that happened to us, now can you imagine telling a secret, something unique that no one can know? So now we have this space, it's called my secret, you can tell us your secrets, no fears, no judgment, just delight in the naughty comments…… So we have the biggest crazy mix here, you can talk about your desires and the at the same time you can tell something that happened to you… We hope to entertain your imagination, read the stories that make you the most horny, we have a wide category, some of the best themes you can only find with us, themes like cdzinhas, horn. We are not responsible for the stories here, we only share stories sent to us. We are an independent site with no partners. Best gay erotic tales, cnn erotic tales, sex tales, porno tales, photo stories. Then click . Ah, we have a secrets page, just like the "I confess" page but 100% Brazilian and no problems with your writing Descubra el sitio de historias eróticas más popular de Brasil. Pon a otras personas cachondas solo con tu escritura, ábrete con textos realmente traviesos. No te pierdas ningún detalle, haz que las personas se imaginen en esa situación. Así que debes saber que podrás hacer que mucha gente se destaque solo con tu escritura. Los cuentos solo hablamos de cosas personales que nos sucedieron, ¿ahora te imaginas contando un secreto, algo único que nadie puede conocer? Así que ahora tenemos este espacio, se llama mi secreto, puedes contarnos tus secretos, sin miedos, sin juicios, solo deleitarte con los comentarios traviesos ... Así que tenemos la mezcla más loca aquí, puedes hablar sobre tus deseos y el al mismo tiempo puedes contar algo que te pasó… Esperamos entretener tu imaginación, leer las historias más cachondas, tenemos una amplia categoría, algunos de los mejores temas solo los puedes encontrar con nosotros, temas como cdzinhas, cuerno. No somos responsables de las historias aquí, solo compartimos las historias que nos envían. Somos un sitio independiente sin socios. Los mejores cuentos eróticos gay, cuentos eróticos cnn, cuentos sexuales, cuentos pornográficos, historias fotográficas. Luego haga clic. Ah, tenemos una página de secretos, como la página "Lo confieso" pero 100% brasileña y no hay problemas con tu escritura.
© 2021 - Club dos contos eroticos