Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos locais públicos » SANDUICHE NO ONIBUS COM A NOVINHA

SANDUICHE NO ONIBUS COM A NOVINHA

Publicado em 06/06/2022 por Abert

Hoje pela manhã já saí de casa na maldade , afinal tinha um tempinho que não conseguia encoxar mais por conta das conduções vazias, fui pegar o ônibus para o trabalho por volta de umas 7:30 da manhã e para minha surpresa veio lotado, tipo uma sardinha mesmo, no ponto já avistei duas gostosas uma ruiva que eu já havia encoxado há algum tempo atrás, estava com uma jeans marcando e logo atrás uma loira, estava com uma legging marcando sua tanguinha minúscula, uma bunda grande e bem redonda, subiu um negão atrás, já meio tiozão e ficou do lado dela, tava muito cheio que eu parei na catraca, caminhando mais um pouco na próxima parada encheu mais um pouco, e eu então, passei a catraca logo fiquei do lado do negão que estava ali não sei se tentando encoxar a loira, só sei que ele tava moscando ficou por alguns minutos me atrapalhando, e a loira com a bunda bem empinada como se tivesse pedidno “me encoxa”, logo passei pro outro lado do negão e fui chegando de vagar já de pau duro encostei de vagar pra ver qual seria sua reação, logo para surpresa ela ficou bem quietinha, eu então esfreguei devagarinho bem gostosovmeu pau naquela bunda redondinha e durinha, ela empinou mais e eu grudei gostoso meu pau pulsava de tesão, fiquei louco, só curtindo aquele momento maravilhoso.. A ruiva estava do lado, havia um japonês atrás dela que tbm estava encoxando aquele rabão… Próxima parada e eu estava me deliciando com a loira até que desceu uma galera e ela foi um pouco mais pra trás, já fazia uns 15 minutos eu estava com tesão e minha parada estava próxima, como tinha muita opção para encoxar, fui mais para atrás, pois precisava descer logo logo, quando avistei outra loirinha aparentemente de uns 23 anos e que também estava de legging, fui passando espremido até que cheguei ao lado e tava um rapaz estava muito apertado e não teve como, fiquei bem atrás da outra loira, um cara do lado ficou olhando tipo como se tivesse com inveja, mas eu estava com muito tesão meu pau tava rasgando na calça, encostei nela de vagar e ela ficou paradinha, dei uma esfregada e ela deu uma olhadinha pra tras, empinou aquela bunda redondinha e maravilhosa no meu pau, eu não estava acreditando, mas entendi o recado, não tava aguentando de tesão, uma mulher que estava sentada percebeu e começou olhar como quem tivesse gostando da cena, não me importei, há essa altura o tesão era enorme, essa loira foi muito mais intensa, encaixei bem no meio da sua bunda tava quentinho e comecei apertar meu pau contra a bunda dela, quando o busão freiava eu estocava gostoso e ela só correspondendo com a bunda bem empinada, caladinha curtindo o momento juntos, lá atrás estava tão cheio que ninguém mais reparava além da mulher que estava sentada na nossa frente, e foi assim por mais uns 15 minutos até que chegou minha parada, desci com o pau todo babado de tesão e marcando a calça, tem muito cara que viaja e não sabe chegar nas minas perde muita oportunidade, obs, não faço nada que não seja consensual, se eu chego e ela esquiva ou sai pro lado eu não insisto, basta prestar atenção nos sinais para reconhecer uma encoxatriz, enfim sempre gostei dessas aventuras, pois dão muito prazer para ambas as partes, eu saí e fui trabalhar feliz acredito que todo mundo foi trabalhar feliz.. cheguei no trabalho fui para o banheiro todo melado e terminei o serviço gozei muito para essas gostosas.

Conte um segredo aqui

4024 views

Contos relacionados

DANDO O CÚ PARA O VENDEDOR DA LOJA DENTRO DO PROVADOR

Duque de Caxias no RJ, eram quase três horas da tarde e eu acompanhei minha mulher numas compras num mercado, passamos na feira livre pra depois de deixarmos tudo em casa, irmos no calçadão central...

LER CONTO

Enfermeira submissa

Enfermeira submissa Sempre estudei tecnicas "PUA" (se não  sabe o que é , pesquise), sempre gostei de empurrar os limites, chegando nas meninas de loucura e experimentando ver no que vai dar,...

LER CONTO

Nunca sente no banco da frente do motorista uber

Era uma noite fria e tinha acabado de sair do trabalho, no ponto de ônibus sozinha e nada do ônibus passar. Pensei vou ter que chamar um Uber pra ir p/ casa, mas a parte ruim é o custo que aquela...

LER CONTO

Acontecimentos diarios

Acontecimentos diarios Lendo aqui algumas contos eróticos, me deu vontade de contar o que me vem acontecendo a algum tempo nessa pandemia... Sou casada, nunca trai, amo meu marido, tenho ...

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • Alec Felipe 08/12/2022 23:58

    Primeiro lugar esse cara que comentou aí "ocara "vtnc para de falar merda. É isso mesmo, tempos atrás eu aqui logo pela manhã no ABC Paulista no busão saindo do meu trabalho noturno e uma oriental bonita gostosa calça leggin e tipo querendo encostar num cara e o babaca com cara de tonto aí ela veio mais pro meio do busão e eu já procurei ficar próximo dela e antes disso eu já havia demonstrado pra ela que eu havia percebido ela ali e nisso eu encostava de leve minha mão na bunda dela e ela olhava para os lados tipo cuidando se alguém nos observava e encostava em mim e ficamos o percurso quase 15 minutos até o dedo no rego quentinho da bunda dela eu coloquei ,tesão do caralho Sou coroa cinquentão sou ativo para o casal e mulheres sós sou simples não sou super em nada sou educado sou honesto sou saudável quero contato com casais novinho acima de 18 anos de idade não a negros e obesos não a menores de idade sigilo total e discrição Onze nove cinco dois sete três meia dois quatro três

  • Ocara 02/07/2022 15:22

    "Ela gostou" a mulher pode estar com medo. Só n grita por medo. Sai fora. Bagulho doente. Vai pagar uma puta

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 3 = ?

Parceiros Do Site

© 2023 - Club dos contos eroticos
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

 Detectámos que está a utilizar extensões para bloquear anúncios. Por favor, apoie-nos desactivando estes bloqueadores de anúncios.