Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

Roberta

Publicado em 03/07/2023 por Fatpimp

Mais um conto real pra vocês

Peguei uma gripe bem forte. Comecei a me sentir mal no trabalho e pedi pra ir pra casa.

Fui comprar os remédios, mas minha farmácia de confiança, não sei por quê estava fechada. Então decidi comprar na farmácia do Hipermercado lá perto de casa.

Chegando na farmácia, vi que eles tinham contratado uma nova atendente. Uma moça loira, bonita de rosto e gorda… muito gorda, tipo ssbbw. Confesso que fiquei super atraído por ela.

– Moça, boa noite. Me veja um coquetel antigripal, por gentileza.

porno telegram

Ela me deu seu melhores remédios para escolher. Aproveitei pra puxar papo com ela e descobrir o seu nome.

– Tu é nova aqui, né?!

– Sou… comecei semana passada.

– Prazer, me chamo Max. E você?

– Me chamo Roberta. Prazer.

Me despedi dela, já pensando em voltar num outro dia e convidar Roberta pra sair.

Dias depois, voltei na farmácia. Roberta estava lá e me recebeu com um sorriso lindo.

– Oi… melhorou da gripe?

– Estou novo em folha!

– Que bom. Fico feliz em saber que tu tá bem.

– Passei pra saber uma coisa… te achei muito interessante. Se eu te convidasse pra sair, tu aceitaria?

– Claro que sim. Pra ser sincera, mesmo gripado também te achei interessante.

Combinei com ela de sairmos para passear no domingo, dia que nossas folgas coincidiam.

No domingo, levei Roberta pra caminhar na Redenção. Um parque aqui em Porto Alegre.

Sentamos pra conversar. Foram diverso assuntos, até chegarmos no assunto VIDA SEXUAL. Então, Roberta desabafou.

– Minha vida sexual é complicada. Não transo há 2 anos. Quando quero sentir prazer, me masturbo assistindo vídeos que baixo no meu notebook. Alguns homens tem preconceito em relação ao meu peso.

– Eu não tenho preconceitos, por isso te chamei pra sair. É pra ser bem sincero, tô doido pra quebrar esse teu jejum.

– Sério? Tu transaria comigo mesmo eu sendo gorda assim?

Me aproximei de Roberta e beijei sua boca. Sendo muito bem correspondido. Ela quase me engoliu.

– E então… vamos?

– Se eu tinha alguma dúvida, depois desse beijo acabou.

Roberta cochichou no meu ouvido:

– Tô com a buceta molhada!!

Chamei um táxi e levei Roberta pra um motel bacana na zona norte da cidade. Ela achou o máximo.

– É a minha 1a vez num motel. Tô achando o máximo!!

Entramos no quarto e parti com tudo pra cima dela.

Comecei beijando sua boca, com mais vontade que da 1a vez. Minhas mãos passeavam pela bunda dela. Apertava mesmo aquele rabo gigante. Ela se sentiu mais a vontade, e começou a apalpar meu pau por cima da calça.

– Nossa… que grande, e tá bem duro!

– Tu não viu nada ainda.

Levei ela pra cama e tirei sua roupa. Deixando ela só de calcinha. Adoro lingerie preta e a dela era bem bonita.

Chupei aqueles melões enormes. Roberta gemia, mordia os lábios cheia de tesão.

Botei ela de 4 e tirei sua calcinha. Um bucetão enorme me esperava. Comecei a mamar no grelo dela, levando minha gorducha a loucura.

– Que delícia… isso é gostoso… faz tempo que levo uma chupada!

Então resolvi caprichar. Deitei ela na cama e tirei minha roupa. Roberta salivou quando viu meu pau.

Abri suas pernas e continuei mamando na buceta dela. Mas uma lambidas no grelo e Roberta gozou.

– Tu me fez gozar só me chupando. Que maravilha!

Roberta pegou no meu pau. E pediu pra me chupar.

– Deixa eu mamar nessa pica deixa. Tô doida pra fazer isso.

Ela chupava bem gostoso. Parecia estar faminta por uma piroca.

– Que pauzão gostoso e grande… vou adorar quando tu meter ele em mim!

– Tu já quer que eu meta meu pau em ti?

– Não… deixa eu te chupar mais um pouquinho…

Ela ficou mais uns 15 minutos mamando. Mas era compreensível. A guria não via uma pica fazia tempo.

Depois de chupar bastante, Roberta veio me beijar e me fez um pedido e tanto.

– Max, eu quero dar minha buceta pra ti, mas antes… por favor… mete no meu cuzinho… quero muito levar essa tora no meu rabo!

– Tem certeza?

– Tenho. Bota tudo!

Pensei em passar lubrificante no cuzinho dela, mas seria muito melhor lamber aquele cuzinho mimoso e quase virgem.

Ao sentir minha língua no seu cuzinho, Roberta se arrepiou toda. Eu mordia e dava tapas fortes na bunda.

– Ai, não me judia… mete… mete em mim por favor!

Me ajeitei atrás dela, Roberta abriu as nádegas com as mãos. Apontei a cabeça da caralha na portinha do cu e comecei a meter. O pau entrou com dificuldade, mas depois que a cabeça passou, foi que era um Dodge.

– Com um cacete de verdade é muito melhor. Me fode, Max… come essa bunda… me fode com esse pauzão!

As primeiras bombadas foram alargando o cuzinho dela. Roberta era só prazer, ela estava adorando dar o cu.

– Puta que pariu, que delícia… como é bom dar o cu!!

O cu dela ficava mais gostoso a cada brocada. Quente e apertado, era o cu perfeito.

– Tá gostando de dar o cuzinho, minha linda?

– Tô amando… mete mais… tô sentindo uma coisa boa… acho que vou gozar… mete mais rápido… eu vou gozar pelo cu!!

O cu dela apertou meu pau de um jeito muito gostoso. Roberta deu uma gozada anal fabulosa. Depois que me soltou, continuei metendo. Mas não por muito tempo, eu também estava doido pra gozar.

–  Bebê, eu quero gozar…

– Goza na minha cara!

– Não… quero fazer uma coisa que eu gosto…

– Quer me dar leitinho pra tomar?

– Sim. Tu gosta?

– Nunca fiz. Mas contigo eu quero tudo.

Tirei o pau do cu dela, Roberta veio com a cabeça pro meu lado e abriu a boca. Mal botei o pau na boca dela e a porra já veio com tudo. Foram vários jatos, tudo na boca dela. Roberta saboreou e engoliu. Chupou meu pau até tirar a última gota.

– Gostou?

– Foi diferente. Achei que não ia gostar, mas gostei. Quero mais… quero mais porra!!

Dei um beijo nela e deitei ao seu lado.

– Eu adorei dar meu cu pra ti, Max. Tô amando tudo isso.

Ela pegou no meu pau e começou a punhetar de leve. O bicho foi ficando duro de novo. Roberta já começou a chupar, metia o pau o mais fundo que conseguia na boca. Quando ficou bem duro, ela parou de chupar, deitou e pediu toda manhosa.

– Vem foder a minha buceta.

Era impossível recusar um pedido daqueles. Me ajeitei entre suas pernas e fodi ela na posição missionário. Ela fechou os olhos e deixou rolar. Meu pau deslizava naquela bucetinha molhada.

– Ai… que… delícia essa piroca… mete, meu preto… mete na tua gorducha… soca no meu bucetão!!

– Toma pau na buceta, sua gorda gostosa… toma pau de negão!!

– Me fode assim pra sempre, meu lindo… me faz de tua putinha… me chama de puta!!

– Puta safada… puta gorda… vou te fazer gozar… goza pra mim… goza, minha puta!!

Roberta se acabou no meu pau. Gozou e ficou toda mole. Eu metendo e ela querendo porra.

– Vem cá, me dá a tua porra. Me dá teu leitinho de novo. Alimenta essa putinha com o teu leite.

Sentei em cima dela, com o meu pau no meio daqueles peitões, fazendo uma espanhola. Roberta de boca aberta, esperava o meu leitinho.

– Goza pra mim, goza pra tua puta. Me dá essa porra, quero mais porra!

Gozei na boca dela de novo. Ela botou a cabeça do meu pau na boca e mamou tudinho.

– Que delícia, meu nego… tô de buchinho cheio. Que porra gostosa!!

– Vai ficar viciada em porra.

– Já estou. Quero mais daqui a pouco.

E ela não estava mentindo. Durante o nosso banho, ela me chupou até eu gozar na boca dela. Foram 3 gozadas naquela tarde.

Roberta e eu começamos uma amizade colorida naquela tarde. Ela adorou a proposta. Fodemos durante meses. Vou falar dela aqui mais vezes.

Espero que tenham gostado de mais uma história real.

Até mais!!

301 views

Contos relacionados

Dei gostoso a buceta um velho negro catador de recicláveis

Olá meu nome é Edilene moro em São Paulo  tenho 30 anos sou loira de 1, 70 altura meus seios são grandes , meus cabelos são compridos abaixo dos ombros , bunda empinada e grande, coxas...

LER CONTO

Sozinhos no Apê

Mais um conto real pra vocêsSaí com a Verônica pra fazer umas compras. Enchi minha gata de presentes.Depois de tudo feito, fomos pegar o trem, ia passar o fim de semana com ela em Canoas . ...

LER CONTO

Clara

Contos  eroticos Clara, em áudio.Sentiram minha falta?Mais um conto real pra vocêsEstava precisando perder peso, sempre gostei de correr, então achei melhor ir pra um parque que fica...

LER CONTO

Comendo o cu da minha ex

Mais um conto real pra vocêsFazia um mês que o meu namoro com a Verônica tinha terminado. As coisas começaram a ficar estranhas , então decidi terminar tudo.Era Setembro, eu estava de...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 2 = ?

Parceiros Do Site

© 2024 - Club dos contos eroticos