Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Club dos contos eroticos » Contos lésbicas » Rio 40 graus, mimo de minha amiga Malu

Rio 40 graus, mimo de minha amiga Malu

Publicado em 10/10/2023 por Roberta

Contos eroticos Rio 40 graus, mimo de minha amiga Malu , em áudio.

Contos eroticos Rio 40 graus, mimo de minha amiga Malu , em áudio.

Contos eroticos Rio 40 graus, mimo de minha amiga Malu , em áudio.

Depois que dei minha cadela melina como mimo para minha amiga Domme Malu e sua cadela Sonia como relatei em contos anteriores, mantivemos uma grande amizade, mesmo ela morando no Rio tínhamos contato constantemente.

Até que recebi uma mensagem da minha amiga Malu para passar um final de semana no apartamento dela, seria a retribuição do mimo que dei para ela e sua cadela Sonia, como não tinha nada agendado para esse dia, aceitei o convite e fui passar o final de semana no Rio desfrutando a hospitalidade dela.

Fui sozinha, não levei minhas cadelas camila e melina, deixei elas passarem o final de semana com suas famílias, mas com minha ordem de estarem todos os dias plugadas no cu, como boas cadelas obedeceram sem questionar.

No sábado peguei um avião logo cedo, destino ao Rio, assim que desembarquei já avistei minha amiga Malu, estava com um macacão preto e mostrava suas coxas grossas de malhação, o calor era insuportável e eu acabei indo de calça jeans e uma blusa de alça preta.

Ela veio em minha direção e me deu um beijo e fomos com o carro dela, o ar condicionado ajudou bastante, era umas 12 horas e ela convidou para almoçar em um restaurante, aceitei o convite pois estava com muita fome, fomos para um restaurante a beira mar, pedimos frutos do mar e ela uma cerveja e caipirinha, não sou de beber nada de álcool, então pedi um suco.

Ficamos conversando e comendo, ela uma pessoa muito agradável e percebi ela um pouco delicada por se tratar de uma Domme, mas até então estava uma conversa descontraída, riamos bastante e ela muito alegre, não sei se era da bebida ou seu jeito mesmo de ser, estava nos conhecendo melhor.

Já eram quase 15 horas e ainda permanecíamos no restaurante, até que ela pediu a conta e fez questão de pagar como forma de agrado e por ter feito o convite, depois de pagar fomos com o seu carro até seu apartamento, um belo apartamento e muito bem decorado, assim que entramos ela me mostrou meu quarto e me deixou a vontade para me acomodar, uma suíte bem aconchegante, a porta do meu quarto ficava bem em frente ao quarto dela.

Organizei minhas roupas em um guarda roupa, mas deixei meus acessórios na mala, como uma Domme sempre  levo comigo alguns dildos em viagens, assim que me acomodei fui tomar um banho, o calor era insuportável, o quarto tinha ar condicionado e isso foi um alivio, tomei um belo de um banho e coloquei um shorts até o meio das coxas e uma camiseta larga, estava bem a vontade com aquela roupa.

Assim que me troquei fui para a sala de estar, para minha surpresa me deparo com a minha amiga Domme Malu, estava apenas de calcinha e sutiã, uma calcinha um tanto pequena que entrava um pouco na sua bunda, tinha umas coxas grossas de quem faz academia, uma bunda empinada e seus peitos médias e duros que se percebia os bicos se destacando, confesso que fiquei excitada vendo ela naquela hora.

Ela também tinha tomado um banho e imaginei que ela estava a vontade pois estava na casa dela, vejo em sua mão uma latinha de cerveja, sentei no sofá e ficamos conversando, me ofereceu uma cerveja mas recusei, pedi uma água e ela se levantou para buscar, olho e vejo sua calcinha bem enfiada na sua bunda, estava ficando muito excitada vendo ela daquele jeito, ela me entregou a água e ficamos conversando.

Já estava escurecendo e logo chega uma de suas cadelas, uma linda cadela de pele bem clara e seus cabelos pretos cumpridos, em seguida chegou mais duas, duas cadelas loiras, tinha ao total três cadelas no apartamento, confesso que estava esperando a cadela Sonia, estava louca para pegar ela, era uma linda cadela loira com um corpo perfeito, uma das mais belas cadelas que vi até hoje, queria devorar aquela cadelinha, mas ela não apareceu, eu não sei se ela ainda era ou não cadela da minha amiga Domme Malu.

As três cadelas estavam nuas e logo colocaram uma musica e começamos a nos divertir, uma delas sentou ao meu lado e comecei a beijar sua boca, apalpar seus peitos e passar meus dedos em sua boceta, minha amiga Malu estava com as suas duas cadelas, uma de cada lado sentadas no sofá logo em frente, foi quando de repente tudo mudou, Malu se levantou e se sentou ao meu lado, a cadela com que eu estava foi no sofá junto com as outras e ficaram nos observando.

Fiquei esperta pois já dominei muitas Dommes no meu apartamento e sei muito bem essas táticas de dominação, Malu se sentou ao meu lado e começou a me beijar, correspondi seus beijos e tomei a iniciativa mostrando ser uma dominante, coloquei uma mão no seu seio e fiquei apalpando, Malu não impediu e pelo contrario, deu um leve gemido mostrando ter gostado, seus bicos estavam duros como pedra, ela estava excitada comigo, então me posicionei como dominante e comecei a domina la.

Beijando sua boca e ao mesmo tempo tirei seu sutiã, deixei seus peitos livres e comecei a chupa los, ela segurou minha cabeça me puxando ainda mais contra seu corpo, eu mamava e sugava seus bicos duros, as três cadelas permaneceram sentadas e observando sua Domme sendo dominada e sem entender nada assim como eu, mas não perdi a oportunidade, pois a Malu é uma linda mulher.

Então levei uma de minhas mãos até sua boceta e comecei a passar meus dedos, estava toda molhada, comecei a passar nos lábios e penetrar um dedo, brincava com seu grelinho deixando Malu alucinada, ela mordia meus lábios de tanto tesão, então coloquei dois, depois três dedos e comecei a foder ela com minha mão, Malu gemia sem parar até que entrou em um orgasmo forte ali mesmo no sofá.

Nessa hora, não pensei duas vezes, peguei Malu pelo braço e a levei para o seu quarto, joguei ela na cama e fui até o outro quarto onde estava minha mala, peguei minha cinta e prendi no meu corpo, fui até a Malu, tirei sua calcinha e comecei a penetrar meu dildo dentro dela, Malu gemia alto, comecei a foder Malu com toda força, beijei sua boca, mamei seus peitos e suguei seus bicos fazendo Malu ter vários orgasmos.

Então, como Domme tinha que finalizar meu domínio, virei Malu de bruços, posicionei no seu cuzinho o meu dildo que já estava lubrificado com seu gozo e forcei, Malu tinha um cuzinho bem apertado, fui forçando e vendo meu dildo entrando dentro dela, Malu gemia alto, apertava suas mãos no lençol da cama enquanto eu forçava aos poucos até que entrou tudo dentro dela, meu dildo estava todo dentro do rabo da Malu, nessa hora olho na porta e vejo suas cadelas presenciando tudo, não me importei e continuei.

Comecei a socar com toda força, Malu gemia alto, o som de nosso corpo se chocando com as minhas socadas misturadas com seus gemidos eram de dar muito tesão, logo Malu teve um intenso orgasmo sendo enrabada com toda força, eu estava com muito tesão sentindo sua bunda malhada batendo no meu corpo, vendo aquele dildo enorme entrando e saindo de dentro do seu rabo, seus gemidos eram de dor com excitação, ela estava gostado de ser arrombada e ser feita de minha submissa.

Depois de um tempo Malu já não gemia, só seu corpo se mexia com as socadas que dava dentro dela, ela apagou, ainda fiquei um bom tempo socando sem parar, até que tirei meu dildo e fiquei observando ela de bruços com sua deliciosa bunda para cima, então, dei um beijo na sua bunda e uma bela chupada, deixando uma marca avermelhada, uma bela marca de chupão.

Me levantei e fui para o meu quarto, olho na porta e vejo suas cadelas que ficaram assistindo tudo, desde o começo, antes de sair ainda beijei a boca de cada uma delas e fui para o meu quarto, fechei minha porta e fui tomar um banho para dormir, até hoje não sei o que as cadelas dela fizeram, se foram cuidar dela ou se aproveitaram para enrabar sua Domme desacordada.

No outro dia, me levantei, me troquei e fui para a sala, olho e vejo Malu na cozinha tomando um café, estava com sua calcinha bem na entrada da bunda e se via claramente meu chupão, estava com sua bunda marcada por mim, fiquei um pouco sem graça e sem saber o que falar, mas agi naturalmente como se nada tivesse acontecido, Malu agiu da mesma forma, não comentou nada, apenas me cumprimentou me desejando um bom dia, mas nitidamente percebi seu rosto corar e uma mudança de comportamento.

Mas continuamos a conversar normalmente, até hoje não sei se foi o efeito da bebida ou um desejo que ela tinha de ser possuída por uma Domme, ou os dois casos, mas independente disso não deixei passar essa oportunidade e peguei sem dó ela fazendo de minha cadelinha, passamos o dia juntas como amigas, me levou em alguns pontos turísticos e no final da tarde ela me levou até o aeroporto e voltei para São Paulo, mantemos contato até hoje e agimos como se nada tivesse acontecido.

Mas uma coisa é fato, eu peguei sem dó o rabo dela, se ela se tornou uma cadelinha ou não, eu não faço ideia, mas foi muito gostoso o mimo que ela me deu, seu próprio corpo.

1856 views

Contos relacionados

Minha esposa bissexual com prima

Minha esposa bissexual com prima Meu casamento com a Pâmela sempre foi regado com uma vida sexual intensa, nunca tivemos problema com infidelidade; até que um dia a minha prima Laís, a mesma...

LER CONTO

Cunhadinha e sua amiga

A minha sogra se divorciou do meu sogro tem um tempo mas eles continuavam morando juntos. So que essa de separar e continuar morando juntos nao dura muito e como eles estavam se desentendendo...

LER CONTO

Relato de uma amiga parte 2

Esse é mais um pouco do relato de uma amiga, ela me autorizou a enviar, depois que ela e a amiga também professora transaram gostoso, elas dormiram, minha amiga acordou e foi tomar café com as...

LER CONTO

Esposa Bissexual pega no flagra

Esposa Bissexual pega no flagra Sou Gildete casa e com excelente relacionamento com Nivaldo meu esposo; com a vida sexual totalmente ativa ao longo dos 17 anos de casamento. O Nivaldo (esposo)...

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • Lucas 22/10/2023 10:42

    Pode te certeza que as cadela dela aproveitaram e foderam o cu dessa Malu, deve te acordada toda arrombada e ainda com a marca na bunda da chupada, que top Kkkk

  • Paulinha 10/10/2023 19:43

    Pegou ela de cadela e ainda deixou uma marca de chupada na bunda dela, foi um belo mimo que vc ganhou

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos