Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

AH ESSAS MULHERES!

Publicado em 28/02/2023 por charlinhos

SEMPRE GOSTEI DEMAIS DE SEXO, TANTO É QUE SE FOSSE UM POUQUINHO MAIS OUSADO E ATREVIDO, ACHO QUE TERIA TRANSADO ATÉ COM MINHA MÃE ASSIM COMO COM MINHA TIA, PRIMAS E ATÉ COM UMA DE MINHAS IRMÃS, POREM QUANDO CASEI, NEM EU MESMO SEI PORQUE TODAS FUGIRAM DE MIM POR NOTAREM O QUANDO MAYRA ME AMAVA, ALÉM DO MAIS ELA SEMPRE FAZIA BARRACO AO ME VER CONVERSANDO COM AS MENINAS, RESTANDO SOMENTE TITIA QUE CADA VEZ MAIS AMIGA DE MAYRA APROVEITAVA PARA FICAR COMIGO, EM ALGUMAS VEZES COM MAYRA EM CASA POIS JURAVA NÃO CONSEGUI FICAR SEM MEU CACETE ATOLADO EM SEUS BURACOS.

COM DOIS ANOS DE CASADOS MAYRA AFIRMAVA NÃO ME AGUENTAR MAIS PORQUE BASTAVA UM SIMPLES OLHAR PARA TERMINAR EM SEXO NÃO IMPORTANDO HORA NEM LUGAR E ASSIM COMBINAMOS TER UM DIA FIXO NA SEMANA PARA ISSO ONDE TUDO SERIA PERMITIDO SÓ ANAL QUE NÃO PORQUE ELA AFIRMAVA AINDA NÃO ESTA PREPARADA, POR ISSO, SEM PUDOR ALGUM RECORRIA A TITIA QUE CHEGAVA A PEIDAR EM MEU CACETE POR GOSTAR DEMAIS DISSO TENDO NOITES QUE PASSAVAMOS JUNTOS, ISSO PORQUE MAYRA DAVA MAIS ATENÇÃO AO TRABALHO DO QUE A MIM VIAJANDO CONSTANTEMENTE A SERVIÇO COM MEU PAI POR TRABALHAR EM SUA EMPRESA.

MAYRA NÃO LEMBRAVA EM NADA AQUELA MENINA MEIGA E DEDICADA QUE DAVA O CÉU PARA ME TER, AGORA CADA DIA MAIS LINDA E GOSTOSA, TINHA VEZ QUE CHEGAVA DESFAZER DE MIM NÃO ME DEIXANDO SEQUER TOCAR NELA ALEGANDO CANSAÇO, PRINCIPALMENTE QUANDO CHEGAVA TARDE E EM ALGUMAS VEZES COM BAFO DE BEBIDA ALCOLICA, TANTO É QUE QUANDO VIAJOU COM SEUS PAIS PARA A PRAIA, APROVEITEI PARA ATENDER TITIA, POREM NO TERCEIRO DIA QUEE STAVA LÁ, MAYRA E SUA MÃE ME CONVENCERAM A ME JUNTAR A ELAS COM MINHA SOGRA COMENTANDO QUE SERIA UMA OTIMA OPORTUNIDADE DE ENTENDER E VOLTAR A SER O CASAL ROMATICO QUE SEMPRO FOMOS.

AH ESSAS MULHERES!

AH ESSAS MULHERES!

A PRAIA ESTAVA UMA DELICIA E NÃO ENCONTRANDO ELAS EM CASA FUI PARA UM QUIOSQUE E ESQUECENDO A VIDA CONTEMPLAVA O MAR COM AQUELES ANJOS PARECENDO DESFILAR PARA MIM COM SEUS BIQUINES MINÚSCULOS E COLORIDOS ENQUANTO ENTORNA CERVEJA E CAIPIRINHA SENTINDO O CACETE PULSAR DE VONTADE NÃO ME DEIXANDO ESQUECER E ATÉ DESEJAR MYARA, TANTO É QUE NEM PERCEBI SUA CHEGADA COM ELA SE JOGANDO EM MEU COLO ME DANDO UM DOS MELHORES BEIJOS DESTES ULTIMOS TEMPOS E MEIO QUE SEM GRAÇA ME APRESENTOU O AMIGO QUE TRABALHA COM ELA NO FINANCEIRO NA EMPRESA DE MEU PAI ME FAZENDO PERCEBER AO ECLARECER PORQUE USAVA A CAMISETA DO AMIGO QUE NÃO FAZIA QUESTÃO NENHUMA DE ESCONDER O BELO VOLUME DO CACETE NA SUNGA.

MAYRA PARECIA NERVOSA COM O CORPO QUENTE ENQUANTO ME CONTAVA SEM GRAÇA QUE SEU BIQUINE FICOU MUITO TRANSPARENTE TENDO QUE FICAR POR HORAS NA AGUA TANTO É QUE SE PERDEU DE SEUS PAIS E COM UM MISTO DE CIUMES RAIVA MISTURADO A BEBIDA, ALÉM DO ESTRANHO TESÃO PEDI PARA VER TENDO QUE ME SENTAR MELHOR PARA ESCONDER O VOLUME DO CACETE QUANDO ELA TIROU A CAMISETA JOGANDO PARA O AMIGO E PEGOU A MINHA AS PRESSAS SENTANDO PARA SE COBRIR ME FAZENDO RIR MALICIOSAMENTE AO VER O AMIGO DE OLHOS ARREGALADOS NÃO CNSEGUINDO DESGRUDAR OS OLHOS DO CORPO DE MINHA ESPOSA, CORPO QUE PELO JEITO CONHECIA BEM.

DAVA PARA VER DECEPÇÃO NOS OLHOS DO AMIGO QUANDO MAYRA VESTIU A CAMISETA E SENTOU DE FRENTE PARA MIM COLANDO SEU CORPO AO MEU NUM BEIJO ENLOUQUECEDOR APROVEITANDO PARA ESFREGAR DISCRETAMENTE A XOXOTINHA EM MEU CACETE ME DEIXANDO VER ELA VEZ OU OUTRA FALANDO EM MEU OUVIDO QUE DEPILOU ELA TODINHA PRA MIM.

ESTAVA QUASE COMENDO MAYRA ALI MESMO QUANDO MINHA SOGRA NOS INTERROMPEU ME DANDO CONTA QUE O AMIGO TINHA IDO EMBORA E MESMO COM O CIUMES A MIL, SENTI ALGO ESTRANHO NO AR RECEBENDO UM LINDO E MALICIOSO RISINHO DE MINHA SOGRA JUNTO COM UMA PISCADELA QUANDO ME PEGOU OLHANDO PARA SUA DELICIOSA BOCETA E VIRANDO DE BUNDA SAIU REBOLANDO MOSTRANDO O MINÚSCULO BIQUINE SOCADO NELA.

NEM OUVIA O QUE MAYRA FALAVA QUANDO PARAVA DE ME BEIJAR E DEITAVA A CABEÇA EM MEU OMBRO APROVEITAVA PARA CONTEMPLAR AS VADIAS QUE ME ENCARAVAM MESMO ACOMPANHADAS COM SEUS HOMENS DANDO PARA SABER QUE POUCAS ERAM REALMENTE DE FAMILIAS E ESTAS TINHAM MINHA PLENA DEDICAÇÃO, PRINCIPALMENTE AS NOVINHAS COM CARA DE SANTINHAS QUE BRINCAVAM DISPLICENTEMENTE SEM SABER QUE O LOBÃO AQUI DEVORAVA ELAS NO OLHAR.

QUANDO MAYARA VIROU O COPO NUM SÓ GOLE ALISOU MEU CACETE NA CARA DURA E LEVANTANDO CORREU PARA A AGUA SEM NENHUMA DESENCIA E PUDOR, E FINGINDO NÃO VER AS BEBEZINHAS PARECENDO BABAR OLHANDO MEU CORPO MASCULO E BEM CUIDADO, TIREI A BERMUDA FAZENDO QUESTÃO QUE VISSEM O BELO VOLUME DE MEU CACETE NA SUNGA, CONSEGUINDO ALCANSAR MAYRA DENTRO DAGUA E ASSIM QUE EMERGIU VINDO ME BEIJAR, ARREGALOU OS OLHOS AO PEGAR EM MEU CACETE JÁ FORA DA SUNGA E MESMO RELUTANTE CONSEGUI TIRAR A PARTE DE BAIXO DE SEU BIQUINE E ENQUANTO NOS BEIJAVA ELA ENTRELAÇOU AS PERNAS EM MINHA CINTURA, QUANDO DEITOU A CABEÇA PARA TRÁS MOLHANDO OS CABELOS LIVRE SEUS SEIOS DO BIQUINE E ENQUANTO MAMAVA GOSTOSO NELES ELA AJEITOU MEU CACETE QUE ESCORREGOU PARA O FUNDO DE SUA BOCETA QUE PEGAVA FOGO E ENQUANTO METIA NEM ME DEI CONTA QUE ALGUMAS PESSOAS NOS OLHAVA PARECENDO SABER O QUE FAZIAMOS E ASSIM QUE ELA SE TREMEU SENTINDO ME ENCHER SUA BOCETA DE PORRA MERGULHAMOS PARA NOS RECOMPOR COM O SALVA INSISTINDO QUE SAISSEMOS DALI.

QUANDO PASSAMOS POR MEUS SOGROS NO QUINTAL DE CAS ENQUANTO PEGAVA MINHA BERMUDA E CAMISETA E CONVERSAVA COM MINHA SOGRA DEIXANDO ELA OURIÇADA COM O VOLUME DE MEU CACETE NA SUNGA, DANDO PARA VER QUE SUA FRIO AO ENTRAR EM CASA FINGI NÃO VER MAYRA BRIGANDO COM O AMIGO TENDO QUE SE IMPOR PARA FUGIR DELE INDO PARA O QUARTO COM O AMIGO  SE ESCONDENDO AO ME VER CHEGANDO.

ENQUANTO TOMAVAMOS BANHO NÃO SABIA SE CONTEMPLAVA AQUELE CORPO DELICIOSO COM MARQUINHA RECENTE OU MATAVA A FILHA DA PUTA PORQUE SENTIA O SANGUE FERVER DE RAIVA E CIUMES JUNTO COM UMA ESTRANHA EXCITAÇÃO COM SEUS BEIJOS QUE NÃO CONSEGUI EVITAR QUEIMANDO MINHA ALMA PORQUE TINHA CERTEZA QUE ESTAVA DANDO PARA AQUELE CARINHA, MORRENDO MAIS UM POUCO QUANDO ELA ENCOSTOU NA PAREDE ABRINDO AS BOCETA COM AS MÃOS E  ENFIANDO A MANGUEIRINHA DO CHUVEIRO NELA ME ENCARA COM CARA DE PUTA COMENTANDO O QUE EU TINHA FEITO COM ELA ENQUANTO A PORRA ESCORRIA DE SUA BOCETA DANDO PARA VER EXCITAÇÃO EM SEUS OLHOS QUE FECHANDO OS PEDIU QUE A BEIJASSE.

QUANDO MAYRA ALISOU MEU CACETE SOLTANDO UM UAU ABAFADO EM NOSSAS BOCAS SE ABAIXOU AS PRESAS QUASE ME FAZENDO GOZAR QUANDO CHUPAVA MINHA PICA E BOLAS, COISAS QUE NUNCA FEZ DEMOSTRANDO MAETRIA NO QUE FAZIA ME DEIXANDO SEM SABER SEQUER O QUE PENSAR PORQUE MAL ME CHUPA E AGORA CHEGAVA A ENGASGAR COM MEU CACETE ATOLADO EM SUA GARGANTA E JÁ QUASE GOZANDO PRENSEI ELA NA PAREDE E METI COM RAIVA NÃO TENDO COMO ELA SEGURAR O ESCANDALO ANUNCIANDO ORGASMOS ENLOUQUECEDORES E ASSIM QUE SE ESTREBUCHOU QUASE PERDENDO OS SENTIDOS QUANDO CHEGUEI LEVANTAR SEU CORPO FAZENDO A GLANDE INVADIR SEU ÚTERO ENCHENDO ELE DE PORRA, MESMO AINDA MOLINHA ME PEDINDO CALMA FALANDO COM DIFICULDADE QUE DESSE UM TEMPO PARA ELA QUE ARREGALOU OS OLHOS ASSUSTADA AO NOTAR MINHA BRUTALIDADE E PRENSANDO ELA DE COSTAS NA PAREDE QUANTO PERCEBEU MINHA INTENÇÃO QUANTO MAIS TENTAVA FUGIR ME XINGANDO DE TUDO O QUE ERA NOME, MAIS MEU CACETE ENDURECIA E SEM PUDOR E RESPEITO MESMO OUVINDO SEUS NÃOS ALTOS E CLAROS, QUANDO CONSEGUI ENTRAR EM SEU CU SENTINDO MEU CACETE ESCORREGAR CADA VEZ MAIS PARA O FUNDO, QUANDO PUXEI SEUS CABELOS FAZENDO ELA VIRAR A CABEÇA, DESMONTEI QUANDO ELA ME ENCAROU PERGUNTANDO COM OS OLHOS CHEIOS DE LÁGRIMAS PORQUE ESTAVA TRATANDO ELA ASSIM E INERTE ME SENTINDO UM LIXO DESPREZADO PORQUE, COM CERTEZA TINHA OUTRO FAZENDO ISSO OU COISA PIOR COM ELA, POREM QUANDO PENSAVA EM SAIR DELA E DE SUA VIDA, COMEÇOU UM REBOLADINHO GOSTOSO ME XINGANDO DE FILHO DA PUTA E OUTROS NOMES ME DEIXANDO PERPLEXO PORQUE SUA RECLAMAÇÃO ERA POR TER METIDO SEM PRESERVATIVO E MORDENDO MEU CACETE COM SEU CU FICOU MOLINHA DE TANTO GOZAR ME OBRIGANDO A SEGURAR SUAS MÃOS PARA NÃO ME ARRANHAR E MORDER ENQUANTO DEIXAVA O MUNDO SABER O PRAZER QUE ESTAVA TENDO COM SEUS ORGASMOS ESCANDALOSOS E JÁ MOLINHA IMPLOROU PARA QUE GOZASSE E SAISSE DELA PORQUE JÁ ESTAVA ESFOLADA E ARDIDA E ENCHENDO SEU CU DE PORRA DEIXEI ELA JOGADA NO CHÃO DO BANHEIRO PARECENDO PENSAR NA VIDA ENQUANTO TERMINAVA MEU BANHO E SAI DALI SEM NADA DIZER UM PARA O OUTRO.

PENSAVA EM IR DORMIR QUANDO MINHA SOGRA ME PEDIU SENTAR COM ELA NO SAFÁ EMBIAXO DE SUA COBERTA ENQUANTO O SOGRÃO CHEGAVA RONCAR DORMINDO COMO MORTO NO SOFÁ AO LADO, QUANDO ELA FALAR NEM SEI O QUE PARA MINHA SOGRA ELA ME DEU UM BEIJO A PRINCIPIO CALMO, POREM CADA VEZ COM MAIS VONTADE AUMENTAVA A VOLUPIA ENQUANTO VINHA PARA CIMA DE MIM ESFREGANDO NOSSOS CORPOS CHEGANDO A MORDER MEUS LÁBIOS SUSSURRANDO EM MEU OUVIDO QUE SEMPRE ESPEROU ESSE MOMENTO, QUANDO LARGUEI NOSSAS BOCAS E DESCI PARA LAMBER MORDER E BEIJAR SEUS SEIOS, ELA PIROU ME OBRIGANDO A NÃO PARAR DE BEIJA-LA MAIS POR MEDO DE MAYRA ACORDADR, POREM QUANDO ME DEI CONTA TINHA UMA DE SUAS PERNAS EM MEU OMBRO ENQUANTO ELA MORDIA O LENÇOL PARA NÃO GRITAR MELANDO MINHA CARA COM SEU PRAZER CHEGANDO E ESGUICHAR QUANDO CHUPAVA SEU GRELÃO COM FORÇA DANDO MORDIDINHAS NELE E ENFIAVA A LÍNGUA EM SEU CU FAZENDO ELA PIRAR EM ORGASMOS INTERMINÁVEIS DEIXANDO CLARO QUE A TEMPOS NÃO SENTAVA GOSTOSO NUMA PICA.

ELA ESTAVA ENTREGUE E CONCORDANDO COM TUDO QUE DIZIA FZ ELA PARAR DE FALAR E GEMET GOSTOSO QUANDO ENTREI EM SUA BOCETA MELADA SEM IMPORTAR COM SEU ESCANDALO ENQUANTO METIA COMO DOIDO EM SUA BOCETA E ALTERNAVA OS BEIJOS COM CHUPÕES NOS SEIOS E O MEDO DE DEIXA-LOS COM MARCAS AUMENTAVA DEMAIS A EXCITAÇÃO DA SOGRINHA QUE DESFALECIA EM ORGASMOS DANDO PARA SENTIR ELA MELANDO MINHA PICA.

QUANDO ELA COMEÇOU A SE TREMER NÃO ME DEIXANDO TOCAR SEU CORPO, SAIU DE MIM AS PRESSAS E ME PUXANDO PELA MÃO FOMOS PARA O QUARTO DE HOSPEDES NO FUNDO DO CORREDOR COM ELA TRANCANDO A PORTA FALANDO QUE NÃO QUERIA SURPRESAS E COM CARA E SEIOS ENTERRADOS NA CAMA GEMEU ABAFADO QUANDO ALTERNAVA AS LAMBIDAS E CHUPÕES EM SUA BOCETA E CUZINHO RTO E NUMA SINTONIA PERFEITA PORQUE UM PARECIA SABER ONDE TOCAR, LAMBER E BEIJAR NO OUTRO, QUANDO PARTIMOS PARA UM DELICIOSO MEIA NOVE DAVA PRAZER VER MINHA SOGRINHA GOZANDO COMO ADOLESCENTE EM MINHA BOCA DESFALECENDO CAINDO COMO QUE ABATIDA AO MEU LADO QUANDO ENCHI SUA BOCA DE PORRA COM ELA VINDO ME BEIJAR DEPOIS DE ENGOLIR TUDO ME PROMETENDO DEIXAR COLOCAR EM SEU CUZINHO NUMA PROXIMA VEZ, PORQUE TENTEI POR ALGUMAS VEZES E NÃO CONSEGUI METER NELE.

E na praia?

PENSAVA IR DORMIR QUANDO ELA ME CHAMOU PARA IR À PRAIA E ENQUANTO SEGURAVA SUA CAMISETA. UNICA PEÇA QUE USAVA ME DELICIAVA COM ELA INDO E VOLTANDO DA AGUA PARA ME BEIJAR ME DEIXANDO SENTIR SEU CORPO TREMULO, POREM ME PEDIU PARA NÃO TENTAR NADA COM ELA PORQUE QUERIA SÓ CURTIR COMIGO SENDO SEU SONHO CAMINHAR NUA PELA PRAIA.

ELA RIA QUANDO FALAVA QUE NÃO VIA A HORA DE PEGAR ELA NOVAMENTE O QUE ACONTECEU POR MAIS ALGUMAS VEZES, POREM QUANDO SE DIVORCIOU E ASSUMIU SEU ROMANCE COM UMA AMIGA NÃO QUIS MAIS SABER DE MIM ATÉ AQUELA MADRUGADA QUE ME LIGOU CHORANDO PORQUE HAVIA BRIGADO E INDO CONSOLAR ELA ACABAMOS FAZENDO AMOR O QUE DEU UM TREMENDO BAFAFA PORQUE SUA NAMORADA NOS FLAGROU E SÓ NÃO TENTOU ME MATAR PORQUE ELA IMPLOROU POR MINHA VIDA, CONCLUSÃO DISSO FOI MAYRA SE DIVORCIAR DE MIM, POREM DIAS DEPOIS DESSEA CONTECIDO A NAMORADA DE MINHA SOGRA ME INTIMOU A CONVERSAR COM ELA E NESTA CONVERSA ACABAMOS NUM MOTEL COM ELA ME MATANDO DE TANTO GOZAR CHUPANDO MEU CORPO TODO SENDO SUA PREFERENCIA MEU CU O QUE ME DEIXAVA COM A PICA DURISSIMA COM ELA SENTANDO NELA PARA GOZAR GOSTOSO ENQUANTO JURAVA ME MATAR SE CONTASSE PARA MINHA SOGRA FALANDO QUE SABIA QUE IA COMER ELA NOVAMENTE ME FAZENDO PROMETER QUE COMECCE ELA TAMBEM.

657 views

Contos relacionados

Sodomia na Realeza – 2

Vassily, com quase sessenta anos, aspira o odor da jovem e belíssima Yneska que está adormecida a seu lado. Eles passaram os últimos vinte minutos em plena cópula adúltera-incestuosa. Vassily é...

LER CONTO

Minha amante eterna

Olá... Me chamo Giovanne e vou contar sobre minha amante Jenny... Somos amantes a mais de 15 anos e o tesão que ainda sinto por ela é indescritível... Só de falar com a por mensagem.. ou ouvir...

LER CONTO

Minha cunhada acordou no meio da toda e agora?

Minha cunhada acordou no meio da toda e agora? Minha esposa estava na maternidade devido ao nascimento do nosso filho, e minha cunhada veio dar uma força  aqui em casa. Uma putinha carnuda, com...

LER CONTO

Ele trabalha e outros me fodem

Ele trabalha e outros me fodem Oi, gente! Meu nome é Cintia e tenho 26 anos. Sou casada com um homem maravilhoso, que sempre cuidou muito bem de mim e nunca me deixou faltar nada. Apesar de ser...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 5 = ?
© 2024 - Club dos contos eroticos